Abrir menu principal
Petare
Petare2004-8.jpg
Centro histórico de Petare (2004)
Estado Miranda
Município Sucre (Miranda)
População (2008) 1.000.000 habitantes
Cidade da Venezuela Flag of Venezuela.svg
Fotografia de uma rua em Petare.

Petare é uma cidade venezuelana e capital do município de Sucre, Miranda (estado). Possui a maior Favela da América e do Ocidente, e está localizada na região metropolitana de Caracas.

A Favela de Petare ocupa um território três vezes maior do que o da Rocinha, a maior favela do Brasil, no Rio de Janeiro. A sua população é muito grande, entre 360,000 e 600,000[1] habitantes.

Na Venezuela as favelas são chamadas de 'barrios' e os 'barrios', igual ao Brasil são muito comuns nas cidades.

A vida dos Marginales (forma preconceituosa venezuelana de se chamar os moradores de barrios) de Petare e da maioria das favelas venezuelanas vivem pior que os favelados do Brasil. Diferente do Brasil, onde um traficante manda na favela e forma um espécie de "segurança" para os moradores que são seus amigos, Na Venezuela os 'barrios' não são dominadas por traficantes, e a violência é muito grande em seu interior. A violência é gerada por gangues internas que brigam frequentemente.

A gigantesca Petare é cercada por altos prédios residenciais e comerciais, o que mostra um contraste. Alguns dos melhores hotéis da Venezuela tem uma vista para Petare.

Já aconteceu de os moradores de Petare, revoltados com o descaso do governo, invadirem os prédios.

O povo petariano é muito infeliz com sua vida e com poucas esperanças de mudança, mesmo assim tentam melhorar a comunidade limpando os becos e dando uma boa aparência. Outra coisa que piora a vida na favela é o fato de, diferentemente do Brasil, não existirem ONGs a promoverem ações sociais.

Referências

  1. City Population sítio da Web, acessível em [1], acessado em 24 de agosto de 2006
  Este artigo sobre Geografia da Venezuela é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.