O Peugeot 406 é um modelo de porte médio-grande produzido pela Peugeot entre 1995 e 2004, sendo substituto do Peugeot 405.

Peugeot 406
Visão geral
Produção 19952004 (Europa)
19972005 (406 Coupé)
19962008 (Egito)
Fabricante Peugeot (Grupo PSA)
Modelo
Classe Sedan Médio
Coupé
Carroceria Sedan de 4 portas
Coupé de 2 portas
Perua de 5 portas
Designer Pininfarina
Modelos relacionados
Honda Accord
Mazda 626
Opel/Vauxhall Vectra
Volkswagen Passat
Ford Mondeo
Toyota Avensis
Cronologia
Peugeot 405
Peugeot 407

O 406 foi lançado pouco tempo após a estreia no Salão de Frankfurt no ano de 1995, sendo produzido até 2004 (2005 para o cupê), quando foi substituído pelo Peugeot 407, e até 2008 no Egito. Compartilhava a mesma plataforma do Citroën Xantia sem a suspensão hidro-pneumática Hydractive porem usando a suspensão traseira multilink.

Foi projetado pelo estúdio italiano Pininfarina, e teve 3 carrocerias: sedã, perua e cupê. Em 1999 recebeu um facelift externo.[1]

406 Toscana

editar

Em 1996 foi apresentado uma variação do 406, era o carro conceito chamado de 406 toscana, fazendo alusão a cidade de Toscana era um conversível tipo Targa semelhante ao Sedan, cujo designe pega emprestado os ideais e proporções clássicas dos artistas renascentistas italianos, o que fez dele uma escultura com movimento, assim se referia a Peugeot sobre o carro na época, desenhado pelo estúdio de Pininfarina, o conceito dá origem ao conhecido 406 coupé.[2][3]

Motorização

editar

Gasolina

editar
  • 1.6L de 88 cavalos
  • 1.8L de 90 e 112 e 117 cavalos
  • 2.0L de 132 e 136 ou 139 cavalos
  • 2.0L Turbo de 147 e 140 cavalos
  • 2.2L de 158 cavalos
  • 2.9L (3.0) V6 com 190 ou 207 ou 194 cavalos

Diesel

editar
  • 1.9L TD de 90 cavalos
  • 2.0L HDi de 109 cavalos
  • 2.1L TD
  • 2.2L HDi de 133 cavalos.

Curiosidades

editar
  • O carro ganhou fama por aparecer como um táxi turbinado nos filmes Taxi, Taxi 2 e Taxi 3.
  • Foi recordista em consumo no ano de 2002, percorrendo uma distancia de 2.348 km com apenas um tanque de Diesel
  • A versão coupé vendeu 100.000 unidades.[2]

Referências

  1. Oliveira, Ricardo de (21 de fevereiro de 2020). «Peugeot 406: história, estilo, motores (e versões cupê/perua)». Notícias Automotivas. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  2. a b «PEUGEOT 406 TOSCANA CONCEPT: O PROTÓTIPO QUE ADIANTOU O PEUGEOT 406 COUPE». Planetz CarsZ. Consultado em 16 de julho de 2021 
  3. «Concept oublié - Peugeot 406 Toscana (1996)». Motor1.com (em francês). Consultado em 16 de julho de 2021 

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Peugeot 406
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.