Phil Hine

escritor britânico

Philip M. Hine (nascido em 1963)[1] é um escritor, artista, resenhista e ocultista da Magia do Caos. Ele é um dos mais importantes autores e expoentes sobre o assunto, e ficou internacionalmente conhecido por meio de suas obras Pseudonomicon, Condensed Chaos e Prime Chaos, bem como por vários ensaios sobre os tópicos da magia do caos e da magia dos Mitos de Cthulhu. É considerado um dos autores mais práticos, realistas e acessíveis sobre ocultismo. Ao contrário dos escritos mais complexos de autores como Aleister Crowley, seus trabalhos são considerados muito bem-sucedidos no que diz respeito a eliminar os jargões místicos da escrita mágica.

Phil Hine
Foto de Perfil no Twitter
Nascimento 1963
Inglaterra
Ocupação escritor,
Página oficial
http://enfolding.org

Normalmente costuma enfatizar, provavelmente sob forte influência de Peter Carroll, Robert Anton Wilson e da Programação Neurolingüística, que as estruturas metafísicas usadas por certas escolas de magia e seus objetivos para o praticante não são princípios absolutos e imutáveis, mas, para o mago do caos, questões de estilo e praticidade. Ao invés de dar explicações metafísicas de por que algo deve funcionar, ele descreve algumas técnicas básicas para alterar estados de consciência, e insiste que a única maneira de descobrir mais sobre magia é pela experiência. Hine geralmente concorda com a opinião de que certas formas de magia são executadas em um estado de gnose, mas não o faz rigidamente.

Vida e carreiraEditar

Crescendo em Blackpool, Phil Hine envolveu-se com a teoria da magia do caos em West Yorkshire na década de 1980. Isso aconteceu logo após ter contato com "a lendária edição branca de Liber Null de Peter J. Carroll, no Sorcerer's Apprentice"[2]. Posteriormente, Hine publicou uma série de livretos sobre xamanismo urbano e uma cartilha mágica que, desde então, foi intitulada Condensed Chaos. Este livro foi descrito por William S. Burroughs como "a declaração mais concisa da lógica da magia moderna".

Phil Hine foi fundador e co-editor da Pagan News em parceria com Rodney Orpheus[3] e é ex-editor e colaborador da revista Chaos International, de Ian Read. Ele mediou workshops e seminários sobre a prática da magia moderna na América e na Europa e contribuiu para uma ampla gama de periódicos ocultistas, tendo sido mais ativo no período de 1986-1996.

Desde 1997 ele reside na região localizada ao sul de Londres.[2]

Hine é bissexual e escreveu muitos artigos sobre o assunto dentro do ocultismo.[4]

ObraEditar

Livros em inglêsEditar

Livros sendo ainda traduzidos para o portuguêsEditar

Contribuições para antologiasEditar

  • Are You Illuminated? in The Book of Lies – the Disinformation Guide to Magick & the Occult 2003
  • Foreword, to Chaotopia!: Magick & Ecstasy in the PandaemonAeon, Dave Lee, Attractor 1997
  • "Cthulhu Madness" in The Starry Wisdom, Mitchell (ed), 2nd Edition, Creation Press 1996
  • Riding the Serpent, in Secrets of Western Tantra, New Falcon Publications, 1996
  • "Sexual Magick: A Chaos Perspective", in Sex, Magick, Tantra & Tarot, New Falcon Publications, 1996
  • "Responses to Chaos Culture", in Rebels & Devils, Hyatt (ed), New Falcon Publications 1996
  • Foreword, to Chaos Ritual, Steve Wilson, Neptune Press 1994
  • "Bitter Venoms", in A Taste of Things to Come, Revelations 23 Press, 1991
  • "The Physics of Evocation", in The Nox Anthology, Sennitt & Hewitson-May (eds), New World Publishing, 1990
  • "Dark Entries", in Starry Wisdom, Pagan News Publications, 1990

Editar

  • Walking Between The Worlds: Techniques of Modern Shamanism Vol.1 (1989)
  • Two Worlds & In between: Techniques of Modern Shamanism Vol. II (1989)
  • Touched By Fire: Techniques of Modern Shamanism Vol. III (1990)
  • Starry Wisdom (Collected essays from the Esoteric Order of Dagon, 1990)
  • Chaos Servitors: A User Guide (1991) ASIN B00I0UN89M
  • Condensed Chaos (original booklet, 1992)

Obras relacionadasEditar

  • Estudo de caos condensado de Phil Hine, por Tesla di Murbox

ReferênciasEditar

  1. Eden, Paul; Eden, John; Lee, Dave; Marie (29 de agosto de 2004) [1993]. «BARBAS, BARRIGAS DE CERVEZA & BISEXUALIDAD: Phil Hine entrevistado por OV Magazine». TOPY (em espanhol). OV Magazine. Consultado em 26 de junho de 2021. Arquivado do original em 29 de agosto de 2004 
  2. a b Gyrus (outubro de 1997). «Chaos and Beyond: An Interview with Phil Hine». Dreamflesh. Consultado em 25 de junho de 2021 
  3. Hine, Phil (29 de maio de 2009). «Occult magazine publishing». Consultado em 25 de junho de 2021 
  4. Hine, Phil. «Breeding Devils in Chaos: Homosexuality & the Occult». This essay was written in 1991 as part of a presentation for the Talking Stick discussion forum in London – at the time I was identifying as being Gay, and have since settled on identifying as Bisexual. 

Links externosEditar

ArtigosEditar

TextosEditar

ResenhasEditar

  Este artigo sobre magia do Caos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.