Abrir menu principal

Pi Phoenicis

estrela
π Phoenicis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Phoenix
Asc. reta 23h 58m 55,78s[1]
Declinação -52° 44′ 44,91″[1]
Magnitude aparente 5,133[1]
Características
Tipo espectral K0III[1]
Cor (B-V) 1,122[1]
Astrometria
Velocidade radial -13,49 ± 0,14 km/s[2]
Mov. próprio (AR) 57,95 mas/a[2]
Mov. próprio (DEC) 62,38 mas/a[2]
Paralaxe 12,4413 ± 0,1067 mas[2]
Distância 262,2 ± 2,2 anos-luz
80,4 ± 0,7 pc
Magnitude absoluta 0,6
Detalhes
Raio 13,4[3] R
Luminosidade 74,8 ± 0,8[2] L
Temperatura 4600 ± 80[2] K
Outras denominações
π Phoenicis, CPD-53 10561, FK5 901, HR 9069, HD 224554, HIP 118234, SAO 248087.[1]
Pi Phoenicis
Phoenix constellation map.png

Pi Phoenicis (π Phoenicis) é uma estrela na constelação de Phoenix. Tem uma magnitude aparente visual de 5,13,[1] sendo visível a olho nu em boas condições de visualização. Com base em sua paralaxe medida pela sonda Gaia, está a cerca de 262 anos-luz (80 parsecs) de distância da Terra.[2] Não possui estrelas companheiras conhecidas.[4]

Pi Phoenicis é uma gigante de classe K com um tipo espectral de K0III,[1] indicando que é uma estrela evoluída que já abandonou a sequência principal. Está brilhando com 75 vezes a luminosidade solar e possui uma temperatura efetiva de 4 600 K.[2] Seu diâmetro angular, obtido fotometricamente e corrigido do efeito de escurecimento de bordo, é de 1,546 ± 0,021 milissegundos de arco.[5] Considerando a distância até a estrela, esse valor corresponde a um raio de 13,4 vezes o raio solar.[3]

Referências

  1. a b c d e f g h «* pi. Phe -- High proper-motion Star». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 21 de setembro de 2018 
  2. a b c d e f g h Gaia Collaboration: Brown, A. G. A.; Vallenari, A.; Prusti, T.; de Bruijne, J. H. J.; et al. (2018). «Gaia Data Release 2. Summary of the contents and survey properties». Astronomy & Astrophysics. 616: A1, 22 pp. Bibcode:2018A&A...616A...1G. arXiv:1804.09365 . doi:10.1051/0004-6361/201833051.  Catálogo Vizier
  3. a b Lang, Kenneth R. (2006), Astrophysical formulae, ISBN 3-540-29692-1, Astronomy and astrophysics library, 1 3 ed. , Birkhäuser . O raio (R*) é dado por:
     
  4. Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A. (setembro de 2008). «A catalogue of multiplicity among bright stellar systems». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 389 (2): 869-879. Bibcode:2008MNRAS.389..869E. doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x 
  5. Mérand, A.; Bordé, P.; Coudé du Foresto, V. (abril de 2005). «A catalog of bright calibrator stars for 200-m baseline near-infrared stellar interferometry». Astronomy and Astrophysics. 433 (3): 1155-1162. Bibcode:2005A&A...433.1155M. doi:10.1051/0004-6361:20041323