Pico Lassen

Pico Lassen,[1] também conhecido como Monte Lassen, é o vulcão ativo mais meridional na Cordilheira das Cascatas. Localizado na região de Shasta Cascade, no norte da Califórnia, Estados Unidos, o Lassen sobe 600 metros acima do terreno circundante e tem um volume de 2 km³, o que o torna um dos maiores domos de lava na Terra.[2] Foi criado a partir do flanco nordeste destruído do antigo Monte Tehama, um estratovulcão 300 metros mais alto que o Lassen Peak. É parte do Arco Vulcânico das Cascatas, que se estende do sudoeste da Colúmbia Britânica ao Norte da Califórnia.

Pico Lassen

Em 22 de maio de 1915, uma poderosa erupção explosiva em Lassen Peak devastou áreas próximas e espalhou cinzas vulcânicas para 300 km a leste.[2] Esta explosão foi a mais poderosa de uma série de erupções que ocorreram entre 1914 e 1917. O Lassen Peak e o Monte Santa Helena foram os dois únicos vulcões no Estados Unidos continentais a entrar em erupção no século XX.[3] O Parque Nacional Vulcânico Lassen foi criado no condado de Shasta, Califórnia, para preservar as áreas devastadas como eram para observação, estudos e para preservar as características vulcânicas próximas.

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Lassen Peak». Geographic Names Information System (em inglês). Serviço Geológico dos Estados Unidos. Consultado em December 11, 2008  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b «Eruptions of Lassen Peak, California, 1914 to 1917». U.S. Geological Survey Fact Sheet 173-98. USGS. Consultado em 23 de agosto de 2012 
  3. Osterkamp, W.R.; Hedman, E.R. (1982). Perennial-Streamflow Characteristics Related to Channel Geometry and Sediment in Missouri River Basin. [S.l.]: United States Geological Survey. p. 7. Consultado em 21 de maio de 2011 

Ligações externasEditar

  •   Media relacionados com Pico Lassen no Wikimedia Commons
  Este artigo sobre vulcões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.