Piedade dos Gerais

município brasileiro do estado de Minas Gerais

Piedade dos Gerais é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 4.299 habitantes.

Piedade dos Gerais
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico piedadense [1]
Localização
Localização de Piedade dos Gerais em Minas Gerais
Localização de Piedade dos Gerais em Minas Gerais
Mapa de Piedade dos Gerais
Coordenadas 20° 28' 15" S 44° 13' 37" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Belo Vale, Bonfim, Crucilândia, Piracema, Desterro de Entre Rios, Jeceaba
Distância até a capital 95 km
História
Fundação 31 de dezembro de 1962
Aniversário 31 de dezembro
Administração
Prefeito(a) Rogerio Mendes da Costa (PR, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 260,633 km²
População total (Censo IBGE/2010[4]) 4 645 hab.
Densidade 17,8 hab./km²
Clima Tropical de altitude
Altitude 784 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35476-000 a 35477-999[2]
Indicadores
IDH (PNUD/2000[5]) 0,694 médio
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 26 414,924 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 5 595,20
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Piedade[7]

Piedade dos Gerais, localiza-se na mesorregião metropolitana de Belo Horizonte. Limita-se ao norte com Bonfim, a leste com Belo Vale, a sudeste com Jeceaba, ao sul com Desterro de Entre-Rios, a sudeste com Piracema e Crucilândia. O município está localizado a aproximadamente 95 km da capital e 76 km de Itaúna.

O clima é do tipo tropical de altitude, com estiagem no inverno. A temperatura média do município fica em torno de 20°C. No verão pode ultrapassar os 30°C, e no inverno as noites podem ser bastante frias, com temperaturas próximas de 0°C, e às vezes geadas. No mesmo dia a temperatura pode oscilar em até 15°C.

A principal atividade econômica do município é a agropecuária, com maior destaque para a pecuária leiteira. Os principais produtos agrícolas são: cará, batata doce, cana-de-açúcar, milho, mandioca e outros.

HistóriaEditar

Não se sabe exatamente o ano de fundação do arraial de Nossa Senhora da Piedade dos Gerais. No entanto, há documentos que já registravam sua existência em 1754. Já em 1836, este povoado já tinha uma população significativa. Em 3 de abril de 1840, este foi elevado à condição de freguesia ao ser desmembrado de Bonfim pelo presidente da Província. Em 25 de julho de 1923 ocorreu a simplificação oficial do então distrito de Nossa Senhora da Piedade dos Gerais para apenas Piedade dos Gerais. Em 1940, o resultado apresentado pelo IBGE apontava o distrito de Piedade como o mais populoso: 491 habitantes na área urbana e suburbana, 4849 na zona rural, num total de 5340. No dia 30 de dezembro de 1962, o distrito foi elevado à condição de município.

TurismoEditar

Este município é rico em recursos hídricos.

Existem cachoeiras maravilhosas e ótimos lugares para acampar.

Piedade é lugar de ar puro, céu aberto, sol brilhante. É um lugar para descansar, entrar em contato com a natureza e aproveitar todas as maravilhas que o município e os moradores têm à oferecer. Atualmente o município de Piedade dos Gerais teve sua principal via para Belo Horizonte asfaltada o que influencia muito o fluxo de turistas

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  • Dossiê Histórico de Piedade dos Gerais – Janeiro de 2000

Referências

  1. https://dicionarioegramatica.com.br/publicacoes-fixas/gentilicos-brasileiros/ Dicionário de Gentílicos brasileiros
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 12. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.