Abrir menu principal

Pierre-Gilles de Gennes

Pierre-Gilles de Gennes Medalha Nobel
Nascimento 24 de outubro de 1932
Paris
Morte 18 de maio de 2007 (74 anos)
Orsay
Sepultamento Cemitério de Montrouge
Nacionalidade Francês
Cidadania França
Filho(s) Claire Wyart
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Ocupação físico, físico teórico, professor, professor universitário
Prêmios Prêmio Holweck (1968), Racah Lectures in Physics (1976), Medalha de Ouro CNRS (1980), Medalha Matteucci (1987), Medalha Lorentz (1990), Prêmio Wolf de Física (1990), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1991)
Empregador Collège de France, Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade de Leiden, Universidade Paris-Sul, Universidade de Leiden
Causa da morte câncer
Instituições Collège de France
Campo(s) Física

Pierre-Gilles de Gennes (Paris, 24 de outubro de 1932Orsay, 18 de maio de 2007) foi um físico francês.

Recebeu o Nobel de Física de 1991, pela descoberta que os métodos desenvolvidos para estudar os fenômenos de ordem em sistemas simples podem ser generalizados a formas mais complexas da matéria, em particular aos cristais líquidos e aos polímeros líquidos. Seus trabalhos incentivaram diversos estudos relacionados tanto com a física e a físico-química fundamental, como com as ciências aplicadas.[1]

Referências

  1. Joanny, Jean-François; Pincus, Philip A. (2007). «Obituary: Pierre-Gilles de Gennes». Physics Today. 60 (8): 71–72. Bibcode:2007PhT....60h..71J. doi:10.1063/1.2774111 

Ligações externasEditar