Abrir menu principal
Pietro Fittipaldi
2017 World Series Formula V8 3.5, Silverstone Circuit (33258758673).jpg
Informações pessoais
Nome completo Pietro Fittipaldi da Cruz
Nacionalidade brasileiro
norte-americano
Nascimento 25 de junho de 1996 (23 anos)
Miami, Flórida
Registros no Mundial de Endurance
Temporadas 2018-19
Equipes DragonSpeed
Corridas 1
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2018 - presente
Equipes Dale Coyne Racing (2018-)
Corridas 0
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pole positions 0
Títulos
2017: World Series Formula V8 3.5
2015-16:MRF Challenge
2014:Fórmula Renault Britânica
2011:NASCAR Whelen All-American Series

Pietro Fittipaldi da Cruz[1] (Miami, 25 de junho de 1996)[1] É um piloto de automóveis brasileiro nascido nos Estados Unidos. Ele é filho de Juliana Fittipaldi com Carlos da Cruz, neto de Emerson Fittipaldi e irmão mais velho de Enzo Fittipaldi. Conquistou, aos 15 anos de idade, o título de 2011 do campeonato norte-americano na categoria Limited Late Model da Nascar, sendo o primeiro piloto de ascendência latino-americana a conquistar um título em uma divisão da Nascar.[2]

No dia 21 de setembro de 2014, Pietro sagrou-se Campeão da temporada 2014 da F-Renault Britânica. Em treze provas já disputadas, ele venceu dez.

Contratado pela equipe Fortec para a temporada de 2016 da F3.5 V8, antiga World Series by Renault. Em 2017, sagra-se campeão da categoria - o último, visto que a F3.5 V8 está oficialmente encerrada.[3]

Apesar de nascido nos Estados Unidos da América, de ter vivido e competido neste país, Pietro recebeu 1 milhão de reais de verbas públicas da União através da Lei de Incentivo ao Esporte para um programa intitulado "Programa de Formação do Piloto Pietro Fittipaldi, na Fórmula Nascar".[4]

Pietro ia ter muita atividade em 2018, disputando a IndyCar Series com a equipe de Dale Coyne, a Super Fórmula Japonesa com Team LeMans e o Campeonato Mundial de Endurance da FIA com DrangonSpeed. Porém, durante a clasificação para as 6 Horas de Spa-Francochamps pelo Mundial de Endurance, teve um accidente, ficando lesionado em ambas as pernas. Portanto, só disputou uma corrida pela Super Formula e seis pela IndyCar (onde obteve um nona posição como melhor resultado).

Em 2019, Pietro mudou-se ao campeonato Deutsche Tourenwagen Masters num Audi RS5 Turbo DTM.

Fórmula 1Editar

Haas (2019-presente)Editar

No dia 9 de novembro de 2018, Pietro Fittipaldi foi confirmado como piloto de testes da Haas e realizou seu primeiro teste após o encerramento da temporada 2018 da Fórmula 1 no Circuito de Abu Dhabi.[5] Apesar de, atualmente, estar em uma equipe de Fórmula 1, ele ainda não possui os pontos necessário para a superlicença, tendo até o momento, 36 dos 40 pontos necessários.[6]

Referências