Pietro Fittipaldi

Automobilista brasileiro

Pietro Fittipaldi da Cruz[1] (Miami, 25 de junho de 1996)[1] é um automobilista brasileiro nascido nos Estados Unidos. É piloto da Rahal Letterman Lanigan Racing na IndyCar. Também é um dos dois reservas da Haas F1 Team, junto com Oliver Bearman. Ele também é criador de conteúdo como Youtuber e Streamer. Compete também no automobilismo virtual.

Pietro Fittipaldi
Pietro Fittipaldi
Informações pessoais
Nome completo Pietro Fittipaldi da Cruz
Apelido(s) Pi Fitti
Nacionalidade norte-americano
brasileiro
Nascimento 25 de junho de 1996 (27 anos)
Miami, Flórida
Altura 1,72 m
Progenitores Mãe: Juliana Fittipaldi
Pai: Carlos da Cruz
Parentesco
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2020
Equipes 1 (Haas)
Número do carro 51
GPs disputados 2
Primeiro GP GP de Sakhir de 2020
Último GP GP de Abu Dhabi de 2020
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2018, 2021
Equipes Dale Coyne Racing
Corridas 8
Pontos 115
Primeira corrida Phoenix, 2018
Última corrida 500 Milhas de Indianápolis de 2021
Registros no Mundial de Turismo
Temporadas 2019, 2021
Equipes W Racing Team
Team Rosberg
G-Drive Racing
Corridas 17
Títulos 0
Pódios 0
Pole positions 0

Apesar de jovem, ele acumula conquistas como Hickory Motor Speedway - Limiteds (categoria júnior da NASCAR, sendo aos 15 anos de idade o primeiro latino-americano a conquistar um titulo nas divisões NASCAR), Protyre Formula Renault Championship, MRF Challenge Formula 2000 e a World Series V8 3.5.[2] Tem o prêmio 'Festest Rookie Indy 500' da Indy 500.

Carreira

editar

Pietro iniciou sua carreira como Kartista nos Estados Unidos, onde permaneceu nas competições entre 2004 e 2009, entre elas a WKA Florida Championship Series e a Florida Winter Tour, além da Grand Nationals e a International Racing em todas evoluindo e mudando de categoria conforme adquiria maior experiência.

Ele mais a diante retornaria aos karts para o famoso Desafio Internacional das Estrelas de 2011 e 2012.

Nova categoria e título inédito

editar

Iniciando a sua carreira fora dos karts na Hickory Motor Speedway - Limiteds 2011, Pietro somou 892 pontos para se sagrar o grande campeão da categoria, o primeiro latino-americano a conquistar o título entre um grid inteiro de Americanos. Apesar de nascido em Miami, Pietro já optava por correr sob bandeira Brasileira.

Estreia nos Fórmulas

editar

Em 2013 pela Formula Renault Championship - Autumn Cup, Pietro entrou oficialmente pela primeira vez em um carro de fórmula para competir, e na Jamun Racing Services ele foi o sexto colocado no campeonato, com um pódio em três corridas. Na BRDC Formula 4 Winter Championship de 2013, Pietro novamente foi o sexto no campeonato com 127 pontos pela Mark Goodwin Racing, com três pódios em oito corridas, em um MSV F4-013 de motor Duratec.

Na Protyre Formula Renault Championship, Pietro encerrou as dezesseis em oitavo no campeonato, com um Tatuus FR2000, e encerrou o ano de 2013 na BRDC Formula 4 Championship novamente pela Mark Goodwin Racing dessa vez em um carro MSV F4-013 de pneus Duratec onde ele venceu uma das dezoito etapas.

2014 título e continuidade na carreira

editar

A Fórmula Renault 2.0 veio a carreira do novato Fittipaldi em 2014, com os campeonatos Eurocup e Alps, nas equipes Koiranen GP e MGR Motorsport, ambas com um carro Tatuus FR 2.0-13. Porém o destaque do ano foi o seu segundo título da carreira na Protyre Formula Renault Championship com uma campanha soberba de 10 vitórias em 15 corridas, além de um pódio como segundo colocado e dois como terceiro somadas com três poles e 7 voltas mais rápidas.

Pietro rumo a F1

editar

Com uma atuação tão incrível, em 2015 a Fórmula 3 Europeia da FIA foi o próximo passo na carreira de Pietro, uma competição FIA automaticamente torna a chegada na Fórmula 1 uma meta para qualquer piloto. Ele também competiu na Fórmula V8 3.5 antes de conquistar um novo título na carreira.

 
Pietro Fittipaldi em Spa pela F3

Na MRF Challenge Fórmula 2000, com etapas na Ásia foram 4 vitórias em quatorze etapas, incluindo duas poles e duas voltas mais rápidas, além de dois pódios como segundo e três como terceiro colocado, Pietro era novamente campeão campeão com 244 pontos em um Dallara Formulino Pro.

 
Pietro na World Series Fórmula V8 3.5

Abrindo o ano de 2017 de volta a Fórmula V8 3.5, Pietro vence o campeonato no seu segundo ano disputando a categoria, foram 6 vitórias em dezessete etapas, com incríveis dez poles positions e uma volta mais rápida, chegando em segundo por três vezes. E uma vez em terceiro com um Dallara FR 35-12 da equipe Lotus de motores Zytek 3.4 V8, foram 259 pontos conquistados, ele entrou para a história como último campeão da categoria que foi encerrada ao final da disputa.[3]

2018, 2019 e chegada a Fórmula Indy

editar

Como piloto multicategoria que é, durante seu desenvolvimento como piloto, Pietro fez algumas participações, testes e acertos de carros em categorias sem disputar o campeonato inteiro, caso da Super Fórmula em 2018 em corrida única em Suzuka com a Uomo Sunoco Team LeMans de motor Toyota com Dallara SF14. Em seguida ele foi a LMP World Endurance Drivers em seu BR Engineering BR1 de motor Gibson 4.5. Logo após veio a etapa da FIA World Endurance Championship - LMP1 de 2018 onde também pela DragonSpeed ele manteve o mesmo modelo do BR Engineering BR1 porém com um motor AER 2.4 Turbo[4] Em Spa, ele bateu forte e teve fraturas expostas nas pernas, a lesão afastou o piloto das pistas por meses.

 
Fittipaldi (por dentro) e Robert Wickens por fora pela Indy 2018 em Pocono

O Auge na América veio quando Pietro chegou a Indy em 2018,[5] onde disputou seis etapas, (sendo elas; a segunda em Phoenix e a sequência da decima terceira á decima sétima e última etapa do ano, contando com Mid-Ohio, Pocono, Gateway, Portland e Sonoma) pela Dale Coyne Racing, em um Dallara DW12 de motor Honda e pneus Firestone, com destaque para a nona colocação em Portland.[6]

A DTM também fez parte das atenções de Pietro em 2019, por dezessete etapas na WRT Team Audi Sport, com um Audi RS 5 DTM de motor Audi 2.0, ele anotou duas voltas mais rápidas durante o ano em Hockenheim e Brands Hatch, somando 22 pontos.

Chegada em definitivo na Fórmula 1

editar

Depois da saída do seu primo Christian Fittipaldi ao final da temporada 1994, Os Fittipaldi voltavam a ser um nome presente na Fórmula 1 quando Pietro assina de forma oficial como piloto de testes da Haas F1 Team para o ano de 2019.[7][8]

Estreia na Fórmula 1

editar
 
Haas WF-20 que Pietro assumiria com o número 51

Após o chocante acidente de Romain Grosjean na primeira volta do Grande Prêmio do Barém na temporada 2020 da Fórmula 1, Pietro saiu do posto de terceiro piloto para assumir a Haas VF-20,[9] sem a possibilidade de fazer testes para se adaptar ao carro fora das seções de treinos oficiais, respeitando o regulamento da FIA para a categoria. A estreia ocorreu no GP de Sakhir, acabando com a ausência de um Brasileiro no grid da categoria desde a aposentadoria de Felipe Massa ao fim da temporada 2017. Pietro entrou para história sendo o primeiro neto de piloto de Fórmula 1 a largar em uma corrida em 70 anos de categoria.[10][11] Pietro terminaria a frente de seu companheiro de equipe Kevin Magnussen, porém nas últimas voltas ele foi chamado aos pits para uma troca de pneus extra,[12] onde o Dinamarquês recuperou a posição frente ao Brasileiro.[13]

Ainda sem condições de competir devido a queimaduras principalmente nas mãos, como nos pés, Grosjean ficou de fora da sua última corrida sob contrato com a Haas,[14] Pietro se manteve no carro 51 para o último Grande Prêmio de 2020 em Yas Marina, onde novamente completou a corrida em uma elogiável condução para um piloto que não teve maiores oportunidades de testar a sua maquina competindo frente a pilotos habituados com seus carros ao longo do ano.[15] Chegou a se cogitar a permanência de Pietro para a temporada 2021 já que Grosjean e Magnussen não seguiriam na equipe, porém Mick Schumacher e Nikita Mazepin foram os selecionados pela equipe, que manteve Pietro Fittipaldi como terceiro piloto para as temporadas 2021 e 2022.[16][17]

Automobilismo virtual

editar

Nas competições oficiais no modo online Pietro e os demais pilotos de nível mundial se uniram aos competidores de exclusividade virtual para correr em seus simuladores espalhados ao redor do mundo, o tempo livre com os cancelamentos de corridas e adiamentos das etapas levaram o jovem Pietro a sentar em seu simulador para disputar ao longo de 2020 a NASCAR PEAK México iRacing Series (com um pódio em três corridas), 24H Le Mans Virtual - LMP2, Veloce Esports - Not the GP, Veloce Pro Series, Race for the World, Real Racers Never Quit by Team Redline e a F1 Esports Virtual Grand Prix (com uma pole position em sete corridas).

Multicategorias durante 2020-2022

editar

Pietro foi a F3 Asiática Asiática em 2020 onde somou um pódio e terminou o campeonato na quinta colocação pela Pinnacle Motorsport em um Tatuus F3 T-318 de motor Alfa Romeo.

 
Pietro Fittipaldi pela DTM

Ele estreou em Interlagos pela Porsche Endurance Series - Carrera Cup em 2021 onde terminou em 9º com o Porsche 911 GT3 Cup 911 ll de motor Porsche 4.0. Seguindo no turismo Brasileiro, Pietro com seus anos de NASCAR debutou na Stock Car Pro Series em 2021, pela Full Time Bassani em um Toyota Corolla V8 nas duas etapas do já extinto Autódromo Internacional de Curitiba, ele fechou a segunda corrida em 8º.[18]

Em 2021 pela LeMans European Series LMP2 Class, Pietro correu pela G-Drive Racing e em apenas uma corrida chegou na sétima posição em seu Aurus 01 de motor Gibson 4.2 e pneus Goodyear, a disputa ocorreu em Barcelona.

2022 foi aberta com o FIA Endurance Trophy for LMP2 Drivers pela equipe Inter Europol Competition, com um Oreca 07 de motor Gibson 4.2 e pneus Goodyear em Le Mans, ele chegou na décima quarta colocação. Pela European Le Mans Series LMP2 Drivers Trophy daquela temporada pela mesma Inter Europol Competition, foram seis corridas com destaque para o pódio conquistado em Spa, a segunda colocação foi a melhor posição já alcançada na história da equipe, a última etapa do ano ainda teve uma quarta colocação no Algarve, as etapas anteriores contaram com corridas em Paul Ricard, Imola, Monza e Barcelona que somadas renderam 32 pontos [19].

Também em 2022, Pietro esteve de volta a Stock Car para correr em Interlagos nas corridas de duplas á convite do seu amigo pessoal Tony Kanaan, ele assumiu o carro em vigésimo e encerrou a corrida em quinto.[20]

Retorno a Fórmula Indy

editar

Pietro retornou a Indy em 2021 pela novamente Dale Coyne Racing with RWR em três etapas, uma dupla no Texas e a estreia dele nas 500 Milhas,[21][22] curiosamente nessas corridas por contrato ele novamente substituiu novamente Grosjean que nas datas das corridas nesses ovais tinha outros compromissos em outras categorias, e por coincidência Grosjean ocupava o carro de número 51, número escolhido pelo Brasileiro na Fórmula 1. Ele ganhou o 47º prêmio 'Festest Rookie Indy 500' dado ao estreante mais veloz em uma volta das 500 Milhas de Indianapolis com uma volta feita em média de 370km/h, além de ter seu nome e marca gravado no troféu que fica no museu do autódromo, Pi Fitti recebeu uma placa personalizada com a marca, presentes dos patrocinadores, um cheque de 10 mil dólares e o famoso leite do vencedor oferecido pela associação dos produtores de leite da região em um dia de gravações com a equipe de produção de conteúdos da Indy [23].

Criador de conteúdo

editar

Junto com o seu irmão mais novo, Enzo Fittipaldi, Pietro forma o canal do Fittipaldi Brothers no Youtube com vídeos as terças e sextas mostrando as rotinas de treinos e vida pessoal de ambos em seus eventos, seja junto ou em diferentes pontos do mundo com mais de 80 mil inscritos. Na Twitch o canal Fittipaldi Brothers tem mais de 110 mil inscritos, lá ocorrem as lives e gameplays dos jogos de automobilismos além das conversas com os fãs. O lema dos canais é a tag Fitti Force.[24]

Vida pessoal

editar

Nascido nos Estados Unidos, é filho de Juliana Fittipaldi e Carlos da Cruz, neto de Emerson Fittipaldi e irmão mais velho do também piloto Enzo Fittipaldi atualmente na Fórmula 2. Pietro Fittipaldi é declarado e um dos torcedores símbolos do Palmeiras[25] e por esse motivo usa o número 51 quando pode selecionar uma numeração. O número faz alusão ao Torneio Internacional de Clubes Campeões do ano de 1951 do qual o Palmeiras foi o campeão.[26]

Registros na carreira

editar

Sumário

editar
Temporada Categoria Equipe Corridas Vitórias Poles V.M.R. Pódio Pontos Classificação
2011 NASCAR Whelen All-American Series Lee Faulk Racing 20 4 3 ? 13 400 1.º[a]
2012 NASCAR Whelen All-American Series Lee Faulk Racing 23 1 2 ? 3 355 5.º
2013 Protyre Formula Renault Championship Jamun Racing Services 16 0 0 0 0 163 8.º
Protyre Formula Renault Autumn Cup 3 0 0 0 1 45 6.º
BRDC Formula 4 Championship MGR Motorsport 18 1 0 1 1 165 15.º
BRDC Formula 4 Winter Championship 8 0 0 0 3 127 6.º
2014 Protyre Formula Renault Championship MGR Motorsport 15 10 3 7 12 431 1.º
Fórmula Renault 2.0 Alpes 8 0 0 0 0 43 9.º
Eurocopa de Fórmula Renault Koiranen GP 2 0 0 0 0 0 NC[b]
2015 Campeonato Europeu de Fórmula 3 da FIA Fortec Motorsports 33 0 0 0 0 32 16.º
Masters of Formula 3 1 0 0 0 0 N/A 13.º
2015–16 MRF Challenge MRF Racing 14 4 2 2 9 244 1.º
2016 Formula V8 3.5 Series Fortec Motorsports 18 0 0 0 1 60 10.º
2017 Formula V8 3.5 Lotus 18 6 10 2 10 259 1.º
2018 IndyCar Series Dale Coyne Racing 6 0 0 0 0 91 26.º
Super Fórmula Japonesa UOMO Sunoco Team LeMans 1 0 0 0 0 0 22.º
2018–19 Campeonato Mundial de Endurance da FIA DragonSpeed 0 0 0 0 0 0 NC[b]
2019 Deutsche Tourenwagen Masters (DTM) Audi Sport Team WRT 15 0 0 2 0 22 15.º
Audi Sport Team Rosberg 2 0 0 0 0
2019–20 Campeonato Asiático de Fórmula 3 Pinnacle Motorsport 15 0 0 0 1 119 5.º
2020 Fórmula 1 Haas F1 Team 2 0 0 0 0 0 23.º
2021 IndyCar Series Dale Coyne Racing com Rick Ware Racing 3 0 0 0 0 34 32.º
European Le Mans Series - LMP2 G-Drive Racing 1 0 0 0 0 6 26.º
Stock Car Brasil Full Time Bassani 2 0 0 0 0 0 NC[b]
Formula 1 Haas F1 Team Piloto de teste/reserva
2022 European Le Mans Series - LMP2 Inter Europol Competition 4 0 0 0 0 2 16.º[c]
Stock Car Brasil Full Time Bassani 1 0 0 0 0 0 NC[b]
Formula 1 Haas F1 Team Piloto de teste/reserva

Resultados na Fórmula 1

editar

Legenda: Corridas em negrito indicam pole position; corridas em itálico indicam volta mais rápida.

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Class. Pontos
2020 Haas F1 Team Haas VF-20 Ferrari 065 1.6 V6 AUT
EST
HUN
GBR
70
ESP
BEL
ITA
TOS
RUS
EIF
POR
EMI
TUR
BAR
SKR
17
ABU
19
23° 0

Resultados na IndyCar Series

editar

(Legenda)

Ano Equipe Chassi Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Class. Pontos
2018 Dale Coyne Racing Dallara DW12 Honda STP PHX
23
LBH ALA IMS INDY DET DET TXS RDA IOW TOR MDO
23
POC
22
GTW
11
POR
9
SNM
16
26º 91
2021 Dale Coyne Racing
w/ Rick Ware Racing
Dallara DW12 Honda ALA STP TXS
15
TXS
21
IMS INDY
25
DET DET ROA MDO NSH IMS GTW
POR LAG LBH 32.º 34

500 Milhas de Indianápolis

editar
Ano Chassi Motor Largada Término Equipe
2021 Dallara Honda 13 25 Dale Coyne Racing com Rick Ware Racing

Notas

  1. Fittipaldi não ganhou o campeonato nacional; ele foi o campeão individual da Hickory Motor Speedway
  2. a b c d Como Fittipaldi era um piloto convidado, ele não era elegível para pontos no campeonato.
  3. Temporada ainda em andamento

Referências

  1. a b http://www.driverdb.com/drivers/pietro-fittipaldi-da-cruz/
  2. «Neto de Emerson, Pietro Fittipaldi é campeão na Nascar aos 15 anos». GloboEsporte.com. 25 de setembro de 2011. Consultado em 24 de outubro de 2011 
  3. Ross, Karisson. «Dados da carreira de Pietro». Driver Data Base 
  4. Publiracing, Redação / Revista (4 de maio de 2018). «Endurance: Piloto brasileiro Pietro Fittipaldi sofreu acidente grave durante os treinos para as 6 Ho». revistapubliracing. Consultado em 1 de março de 2022 
  5. «Pietro Fittipaldi assina contrato para correr na Indy em 2018 - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 1 de março de 2022 
  6. «Pietro Fittipaldi encerra temporada da Indy destacando conquistas em ano de estreia». www.f1mania.net. 19 de setembro de 2018. Consultado em 1 de março de 2022 
  7. «Haas confirma contratação de Pietro Fittipaldi como piloto de testes e desenvolvimento». GloboEsporte.com. 9 de novembro de 2018. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  8. «Pietro Fittipaldi assina contrato e passa a ser piloto reserva da equipe Haas na F1». globoesporte.globo.com. 26 de março de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  9. «F1: Haas confirma Pietro Fittipaldi no lugar de Grosjean para o GP do Sakhir». motorsport.uol.com.br. 30 de novembro de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  10. «Pietro Fittipaldi, neto de Emerson, se diz pronto e comemora estreia na Fórmula 1 - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 1 de março de 2022 
  11. «Pietro Fittipaldi estreia na F1 no lugar de Grosjean no GP de Sakhir». Agência Brasil. 30 de novembro de 2020. Consultado em 1 de março de 2022 
  12. «Fittipaldi revela superaquecimento no motor que forçou pit-stop em Abu Dhabi». Grande Prêmio. 13 de dezembro de 2020. Consultado em 1 de março de 2022 
  13. «Pietro Fittipaldi lamenta pit stop extra, mas festeja evolução em 2° GP na F-1». Terra. Consultado em 1 de março de 2022 
  14. «Haas anuncia que Grosjean não correrá em Abu Dhabi e confirma Pietro Fittipaldi para segundo GP». motorsport.uol.com.br. 6 de dezembro de 2020. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  15. «F1: Fittipaldi volta ao Bahrein, local de estreia na categoria». motorsport.uol.com.br. Consultado em 1 de março de 2022 
  16. «Pietro Fittipaldi assina renovação de contrato com a Haas e segue como reserva em 2021». globoesporte.globo.com. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  17. «F1 - Haas: Pietro Fittipaldi será 1ª opção na ausência de Mazepin». motorsport.uol.com.br. Consultado em 1 de março de 2022 
  18. «Pietro Fittipaldi estreia na Stock com oitavo lugar em Curitiba». motorsport.uol.com.br. Consultado em 1 de março de 2022 
  19. «Le Mans: Pietro Fittipaldi destaca primeira participação nas 24h». motorsport.uol.com.br. Consultado em 30 de novembro de 2022 
  20. «Pietro Fittipaldi volta à Stock Car e vê parceiro Kanaan "como lenda"». Grande Prêmio. 12 de fevereiro de 2022. Consultado em 1 de março de 2022 
  21. «Indy 500 e foco em programa completo: como Pietro Fittipaldi projeta 2022». Grande Prêmio. 2 de janeiro de 2022. Consultado em 1 de março de 2022 
  22. «Pietro Fittipaldi estreia na Indy 2021 no Texas após pódio no ELMS em Barcelona». www.f1mania.net. 28 de abril de 2021. Consultado em 1 de março de 2022 
  23. «Fittipaldi receives fastest Indy 500 rookie qualifier award». www.motorsport.com (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2022 
  24. «Fittipaldi Brothers inicia transmissões ao vivo de provas na Twitch neste sábado». www.f1mania.net. 16 de abril de 2021. Consultado em 1 de março de 2022 
  25. «Pietro Fittipaldi visita estádio do Palmeiras e recebe camisa do clube do coração». ge. Consultado em 1 de março de 2022 
  26. «Pietro Fittipaldi homenageia Palmeiras com número do carro na F1; clube responde». ge. Consultado em 1 de março de 2022 

Ligações externas

editar