Abrir menu principal
O charlatão, 1757.

Pietro Longhi (Veneza, 5 de novembro de 1701 – 8 de maior de 1785) foi um pintor e desenhista da Itália.

Era filho do ourives Alessandro Falca e de sua esposa Antonia. Aprendeu o ofício com Antonio Balestra e Giuseppe Crespi e adotou o nome Longhi quando iniciou sua carreira artística. Suas obras iniciais tratam de temas religiosos e mitológicos, mas logo se voltou para a cena de gênero, onde deixaria obra numerosa e importante como vivaz e muitas vezes bem humorada crônica da vida veneziana do século XVIII. Foi casado com Caterina Maria Rizzi, deixando um filho, Alessandro Longhi, também pintor de renome.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.