Abrir menu principal


Como ler uma infocaixa de taxonomiaPimenta racemosa
pimenta-coroada, bay-rum
Pimenta racemosa
Pimenta racemosa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Subclasse: Rosidae
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Subfamília: Myrtoideae
Tribo: Myrteae
Género: Pimenta
Espécie: P. racemosa
Nome binomial
Pimenta racemosa
(Mill.) J.W.Moore, 1933[1]
Sinónimos
Pimenta racemosa, em primeiro plano, no jardim de uma casa em Curiepe, Estado de Miranda (Venezuela).
Folhas e bagas secas.
Bagas secas.
Grãos secos (bagas) cortados transversalmente do ápice ao pedúnculo, com sementes in situ e sementes soltas.
Sementes soltas.

Pimenta racemosa é uma espécie arbórea de plantas com flor da família Myrtaceae, oriunda das Antilhas e Guiana, de cujas folhas são obtidos as bagas e os óleos essenciais, fortemente aromáticos, comercializados comercializados sob o nome de pimenta-racemosa, pimenta-coroada ou bay-rum.[2][2]

Índice

DescriçãoEditar

A espécie Pimenta racemosa é uma árvore de 4–12 m de altura, de tronco recto e copa frondosa. São árvores de crescimento lento, raízes profundas e vida bastante longa.[3][4]

As folhas apresentam pecíolos de 3–10 mm de largura e limbo inteiro, obovado, oblanceolado ou elíptico de (1,5)4-10(12,5) cm de comprimento e 2,5–6 cm de largura, coreáceo, basalmente agudo, finamente reticulado e marmoreado, de coloração verde bastante escura, brilhante na face superior, sem brilho e pálido na face inferior. As folhas apresentam-se finamente pontuadas de glândulas das quais emana o odor aromático característico da espécie.

As flores ocorrem em inflorescências do tipo cime, pedunculadas, com flores de cerca de 10 mm de diâmetro, com cálice de 5 sépalas basalmente soldadas e igual número de pétalas brancas, de ovário ínfero, com um único estilo e numerosos estames.

O fruto é uma baga, em sentido alargado, pois estritamente é uma pseudobaga pois deriva de um ovário ínfero— globular de 7–12 mm de diâmetro, de superfície finamente granulada, de coloração castanho-escuro a acinzentada na maturidade, com restos do estilo e do cálice no ápice (em forma de coroa, daí um dos nomes pelo qual as bagas são conhecidas: pimenta-coroada). Encerra 1-2 sementes, de cutícula enrugada e forma ovóide-reniforme.[3]

A espécie tem distribuição natural nas Antilhas[5] e na Guiana. É cultivada em diversas regiões dos trópicos, em particular na Oceânia, onde, em algumas ilhas apresenta comportamento invasivo (Tonga, Fiji, ilhas Cook).[4][6]

A espécie é cultivada e comercializada para diversos usos, nomeadamente como especiaria, em perfumaria e como planta medicinal.

Para fins alimentares, é uma apreciada especiaria, já que de todas as partes do arbusto é exalado um odor aromático e estimulante, particularmente forte nas bagas e folhas. Apesar das semelhanças, não deve confundir-se com a Pimenta dioica, a conhecida pimenta-da-jamaica, já que as sementes de P. dioica são tóxicas e as de P. dioica são utilizadas como especiaria.

Diversos extractos da planta são utilizados como remédio tradicional para uso externo. As folhas são consideradas estimulantes e, uma vez destiladas com rum (daí o nome de bay-rum) produzem uma loção tónica e refrescante de variados usos em perfumaria, uma água de colónia de acentuada fragrância conhecida por bay rum.[7] Apesar de bay-rum ser essencialmente rum, a alta concentração de óleos essenciais nele presente torna-o tóxico e impróprio para beber. Este produto foi muito utilizado em perfumaria na primeira metade do século XX, mas presentemente de uso muito menos frequente.[8] Apesar disso, ainda se fabrica em algumas ilhas da Caraíbas, sendo usada em massagens e fricções contra o cansaço, as dores de cabeça, os golpes e os hematomas e para refrescar o corpo.[9]

Variedades e seus sinónimosEditar

A espécie tem como sinonímia:

A espécie inclui as seguintes variedades aceites e sinónimos taxonómicos:[10]

  • Pimenta racemosa var. grisea (Kiaersk.) Fosberg, Amer. Midl. Naturalist, 27: 762, 1942 (da República Dominicana às ilhas Virgens.
    • Pimenta acris var. grisea Kiaersk., Bot. Tidsskr., 17: 289, 1890
    • Amomis caryophyllata var. grisea (Kiaersk.) Kiaersk., Bot. Jahrb. Syst., 19: 575, 1894
    • Amomis grisea (Kiaersk.) Britton, Sci. Surv. Porto Rico & Virgin Islands, 6: 28,1925
  • Pimenta racemosa var. hispaniolensis (Urb.) Landrum, Brittonia, 36: 242, 1984 (Hispaniola).
    • Amomis hispaniolensis Urb., Ark. Bot., 20A(5): 21,1926
    • Pimenta hispaniolensis (Urb.) Burret, Notizbl. Bot. Gart. Berlin-Dahlem, 15: 511, 1941
    • Amomis pauciflora Urb., Ark. Bot., 21A(5): 21, 1927
    • Pimenta pauciflora (Urb.) Burret, Notizbl. Bot. Gart. Berlin-Dahlem, 15: 511,1941
    • Pimenta crenulata Alain, Moscosoa, 1: 29, 1976
  • Pimenta racemosa var. ozua (Urb. & Ekman) Landrum, Brittonia, 36: 242, 1984 (centro e norte da Hispaniola).
    • Amomis ozua Urb. & Ekman, Ark. Bot., 22A(10): 22, 1929
    • Pimenta ozua (Urb. & Ekman) Burret, Notizbl. Bot. Gart. Berlin-Dahlem, 15: 511, 1941
    • Amomis anisomera Urb. & Ekman, Ark. Bot., 22A(10): 23 (1929).
    • Pimenta anisomera (Urb. & Ekman) Burret, Notizbl. Bot. Gart. Berlin-Dahlem, 15: 511,1941
  • Pimenta racemosa var. racemosa (região do Caribe até ao norte da Venezuela).
    • Myrtus caryophyllata Jacq., Observ. Bot. 2: 1, 1767, nom. illeg.
    • Myrtus acris Sw., Prodr., 79, 1788
    • Myrtus citrifolia Poir. in J.B.A.P.M.de Lamarck, Encycl., 4: 410, 1798
    • Myrcia acris (Sw.) DC., Prodr., 3: 243, 1828
    • Myrcia pimentoides DC., Prodr., 3: 243, 1828
    • Eugenia tabasco (Willd. ex Schltdl. & Cham.) G.Don, Gen. Hist., 2: 866, 1832
    • Myrtus pimentoides (DC.) T.Nees in M.F.Weihe & al., Pl. Offic., Suppl., t. 89, 1833
    • Pimenta acris (Sw.) Kostel., Allg. Med.-Pharm. Fl., 4: 1526, 1835
    • Pimenta citrifolia (Poir.) Kostel., Allg. Med.-Pharm. Fl., 4: 1525, 1835
    • Pimentus cotinifolia Raf., Sylva Tellur., 105, 1838
    • Amomis oblongata var. occidentalis O.Berg, Handb. Pharm. Bot., 340, 1855
    • Amomis acris (Sw.) O.Berg, Linnaea, 27: 417, 1856
    • Amomis acris var. grandifolia O.Berg, Linnaea, 27: 418, 1856
    • Amomis acris var. obtusata O.Berg, Linnaea, 27: 418 (1856).
    • Amomis acris var. parvifolia O.Berg, Linnaea, 27: 418, 1856
    • Amomis oblongata O.Berg, Linnaea, 27: 421, 1856
    • Amomis pimento O.Berg, Linnaea, 27: 418, 1856
    • Amomis pimento var. jamaicensis O.Berg, Linnaea 27: 419, 1856
    • Amomis pimento var. surinamensis O.Berg, Linnaea 27: 419, 1856
    • Amomis pimentoides O.Berg, Linnaea, 27: 420, 1856
    • Pimenta acris var. pimentoides (DC.) Griseb., Fl. Brit. W. I., 241, 1860
    • Pimenta pimento Griseb., Fl. Brit. W. I., 241, 1860
    • Pimenta acuminata Bello, Anales Soc. Esp. Hist. Nat., 10: 270, 1881
    • Amomis caryophyllata Krug & Urb., Bot. Jahrb. Syst., 19: 573, 1894
    • Pimenta tabasco (Willd. ex Schltdl. & Cham.) Lundell, Wrightia, 2: 58, 1960
  • Pimenta racemosa var. terebinthina (Burret) Landrum, Brittonia, 36: 243, 1984 (norte da República Dominicana).
    • Pimenta terebinthina Burret, Notizbl. Bot. Gart. Berlin-Dahlem, 15: 511, 1941.

Referências

  1. Bernice P. Bishop Mus. Bull., 102, p. 33, 1933.
  2. a b «Taxon: Pimenta racemosa (Mill.) J. W. Moore». Germplasm Resources Information Network. United States Department of Agriculture. 22 de maio de 1997. Consultado em 31 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 14 de maio de 2009  |accessdate= e |acessodata= redundantes (ajuda)
  3. a b «Pimenta racemosa en PIER- Pacific Island Ecosystems at Risk» pro parte
  4. a b Pacific Island Ecosystems at Risk (PIER): Myrtaceae: Pimenta racemosa (by J.W.Moore)
  5. «Pimenta racemosa en USDA-GRIN Taxonomy for Plants». Consultado em 31 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 14 de maio de 2009 
  6. «USDA PLANTS Profile» 
  7. d West Indian Bay Tree, Bay Rum Tree
  8. «West Indian Bay Tree, Bay Rum Tree» .
  9. «Bois d'Inde en Ladfograve, Médecine des plantes» .
  10. «Pimenta racemosa». Royal Botanic Gardens, Kew: World Checklist of Selected Plant Families. Consultado em 29 de abril de 2010 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pimenta racemosa
O Wikispecies tem informações sobre: Pimenta racemosa