Abrir menu principal

Pinhal (Rio Grande do Sul)

município do Rio Grande do Sul
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Balneário Pinhal.

Pinhal é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Município de Pinhal
Bandeira de Pinhal
Brasão de Pinhal
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 29 de abril de 1988 (31 anos)
Gentílico pinhalense
CEP 98345-000
Prefeito(a) Edmilson Pedro Pelizari (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Pinhal
Localização de Pinhal no Rio Grande do Sul
Pinhal está localizado em: Brasil
Pinhal
Localização de Pinhal no Brasil
27° 30' 39" S 53° 12' 54" O27° 30' 39" S 53° 12' 54" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Noroeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Carazinho IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cristal do Sul, Rodeio Bonito, Novo Tiradentes, Jaboticaba e Seberi
Distância até a capital 340 km
Características geográficas
Área 68,217 km² [2]
População 2 613 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 38,3 hab./km²
Altitude 368 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,720 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 42 433,210 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 20,112 51 IBGE/2012[5]

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 27º30'39" sul e a uma longitude 53º12'54" oeste, estando a uma altitude de 368 metros.

Pinhal está localizado na região noroeste do Rio Grande do Sul, no Médio Alto Uruguai. Possui uma área de 68,208 km2 e sua população estimada em 2014 era de 2 606 habitantes. Faz divisa com Rodeio Bonito, Seberi, Jaboticaba, Novo Tiradentes e Cristal do Sul.

HistóricoEditar

O local onde hoje está localizado o município de Pinhal era ponto de passagem obrigatório de tropeiros que se dirigiam da Região Nonoai à Chapecó, vindos dos Campos da Palmeira. Por volta de 1900, Antônio de Gasperin aqui se estabeleceu com armazém de secos e molhados. A proximidade com a cidade de Palmeira das Missões contribuiu para que, logo após o fim das lutas políticas, se desenvolvesse a imigração e início da colonização regular da região. As primeiras famílias oriundas da Região Colonial Italiana iniciaram o desbravamento do sertão e estabeleceram as primeiras lavouras diversificadas e a criação de suínos, sendo introduzido também o cultivo do trigo. A origem do nome Pinhal remonta o início da colonização da região. Os imigrantes encontraram a denominação do Lajeado Pinhal nos Registros da Inspetoria de Terras e aproveitaram o mesmo para nomear a localidade.

PolíticaEditar

Esta é uma lista de prefeitos e vice-prefeitos de Pinhal.

Nome Partido Início do mandato Fim do mandato Observações
Luiz Gustavo de Souza PMDB 1 de janeiro de 2001 31 de dezembro de 2004 Prefeito eleito
Paulo Barcarolo PDT 1 de janeiro de 2001 31 de dezembro de 2004 Vice-prefeito eleito
Sérgio Valentim Tres PDT 1 de janeiro de 2005 31 de dezembro de 2008 Prefeito eleito
Edmilson Pedro Pelizari PP 1 de janeiro de 2005 31 de dezembro de 2008 Vice-prefeito eleito
Sérgio Valentim Tres PDT 1 de janeiro de 2009 31 de dezembro de 2012 Prefeito reeleito
Cleomar Antônio de Bona PP 1 de janeiro de 2009 31 de dezembro de 2012 Vice-prefeito eleito
Edmilson Pedro Pelizari PP 1 de janeiro de 2013 Atual Prefeito eleito
Luiz Carlos Pinto Ribeiro PMDB 1 de janeiro de 2013 Atual Vice-prefeito eleito

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar