Abrir menu principal

Wikipédia β

Pinheiros (bairro)

Disambig grey.svg Nota: Se procura o distrito de mesmo nome, veja Pinheiros (distrito de São Paulo).
Pinheiros
Pinheiros SP.jpg
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Área: Oeste
Dia Oficial: 15 de agosto
Fundação: 17 de agosto de 1560
Estilo arquitetônico
inicial:
Barroco
Estilo arquitetônico
predominante:
Pós-moderno, Brutalista
e Art déco
Imigração predominante: Líbano  Itália
Distrito: Pinheiros
Subprefeitura: Pinheiros
Região Administrativa: Oeste

Pinheiros é um bairro da cidade de São Paulo, localizado no distrito de Pinheiros, na zona oeste. Fica às margens do Rio Pinheiros. Atualmente, possui três estações de metrô, a estação pinheiros( possui estação de trem e ônibus) localizada proximo à avenida Nações Unidas e ao sesc pinheiros Faria Lima, localizada no Largo da Batata, e a Fradique Coutinho, localizada na Rua dos Pinheiros. Sedia diversas empresas, tais como: Odebrecht, Brasilinvest e Unibanco.

Limita-se com os bairros: Jardim Paulistano, Vila Madalena e Alto de Pinheiros, além de Cidade Jardim e City Butantã, localizados na outra margem do rio Pinheiros.

HistóriaEditar

 
Edifícios comerciais do bairro.

As origens de Pinheiros remontam ao início da colonização portuguesa. Fundado como uma aldeia indígena no século XVI, o bairro apresentou características coloniais até a segunda metade do século XIX.

As primeiras residências urbanas começaram ao redor do Largo de Pinheiros. Após a independência do Brasil, houve rápido desenvolvimento. Alguns fatores deste avanço foram a chegada dos bondes ao centro do bairro e a inauguração do Mercado Municipal de Pinheiros. Isto proporcionou a origem de um centro de comércio atacadista na região.[1]

No século XX, houve uma intensa modificação do perfil do bairro. No ano de 1915, inaugurou-se a iluminação pública. Em 1929, iniciou-se o serviço de água encanada e houve a pavimentação das ruas com paralelepípedos.[2]

Referências