Pinto Colvig

Vance DeBar Colvig, conhecido por Pinto Colvig (Jacksonville, 11 de setembro de 1892 - Woodland Hills, 3 de outubro de 1967), foi um ator de Vaudeville, ator de rádio, cartunista de jornal, dublador produtivo de cinema e circense. Tocava clarinete nas horas vagas.[1]

Pinto Colvig
O ator ainda criança, em 1900
Nome completo Vance DeBar Colvig
Nascimento 11 de setembro de 1892
Jacksonville, Oregon, EUA
Nacionalidade norte-americano
Morte 3 de outubro de 1967 (75 anos)
Woodland Hills, Califórnia, EUA
Ocupação Ator, dublador, cartunista de jornais, circense
Atividade 1925 - 1965

Vida pessoalEditar

Colvig nasceu Vance DeBar Colvig em Jacksonville, Oregon, filho de William M. e Adelaide Birdseye Colvig. Graduou-se pela Oregon State University em 1911, aos 18 anos. Um fumante inveterado, Colvig foi um dos pioneiros na defesa de rótulos de advertência sobre o risco de câncer em maços de cigarros nos Estados Unidos. Ele era também o pai do falecido ator Vance Colvig, que morreu em 3 de março de 1991.

CarreiraEditar

Ele é provavelmente mais conhecido como a voz do Pateta da Disney e do Bozo original, um papel que ele desempenhou por uma década inteira, começando em 1946. Ele também emprestou sua voz para Prático, o porco que construiu o "a casa de tijolos" no curta da Disney Os Três Porquinhos (Filme), bem como Soneca e Zangado de Branca de Neve e os Sete Anões, e os latidos de Pluto. Colvig trabalhou não só para os estúdios Disney, mas também para o estúdio de animação da Warner Bros, para Fleischer Studios (Brutus, Gabby) e para a MGM, onde ele dublou um Munchkin em O Mágico de Oz.

MorteEditar

Colvig morreu de câncer de pulmão em 3 de outubro de 1967, em Woodland Hills, Los Angeles, Califórnia, aos 75 anos. Ele foi enterrado no cemitério Holy Cross, em Culver City.

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. «Pinto Colvig». Biblioteca Nacional da Alemanha (em alemão). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.