Abrir menu principal

Plácido (mártir)

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Plácido de Subiaco.
São Plácido Mártir
"Martírio de São Plácido e Santa Flávia", de Correggio
Mártir
Nascimento século III
Morte século IV
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 5 de outubro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Plácido (em latim: Placidus), juntamente com Eutíquio , Vitorino e Flávia , irmã deles; Donato , Firmado , o diácono, Fausto e trinta outros são considerados mártires e santos pela Igreja Católica por terem sido assassinados ou por piratas em Messina ou durante a perseguição de Diocleciano, dependendo da versão.

Em seus "Atos", este Plácido foi confundido com São Plácido, um santo de mesmo nome que era seguidor de São Bento, e, por isso, a lenda deste quase desconhecido mártir siciliano conta que ele teria ido para a Itália em 541 e fundado um mosteiro em Messina, do que foi abade, e onde teria sido martirizado com seus companheiros.

A festa destes mártires não constava no Calendário Tridentino, mas foi incluída no Calendário Geral Romano entre 1588 e 1962 na data de 5 de outubro[1], a mesma data dos dois monges que foram discípulos de São Bento, São Mauro e São Plácido[2]. Alguns tradicionalistas católicos continuam a observar esta festa.

Referências

  1. "Calendarium Romanum" (Libreria Editrice Vaticana, 1969), p. 141
  2. Martyrologium Romanum (Libreria Editrice Vaticana 2001 ISBN 88-209-7210-7)

Ligações externasEditar