Plataforma (computação)

(Redirecionado de Plataforma (informática))

Uma plataforma computacional é, no senso mais geral, qualquer que seja o ambiente pré-existente, um pedaço de software que é projetado para ser executado internamente, obedecendo às suas limitações e fazendo uso das suas instalações.

Plataformas típicas incluem:

Executáveis ​​binários devem ser compilados para uma plataforma de hardware específica, uma vez que diferentes unidades centrais de processamento têm diferentes códigos da máquina. Além disso, sistemas operacionais e bibliotecas de execução permitem a reutilização de código e fornecem camadas de abstração que permitem que o mesmo código fonte de alto nível rode em hardware configurado diferentemente.

Por exemplo, há muitos tipos de dispositivo de armazenamento, e em cada computador individual pode ter uma configuração diferente de dispositivos de armazenamento. Porém, o aplicativo é capaz de chamar uma função save ou write genérica fornecida pelo SO ou pelas bibliotecas de tempo de execução, que então manipulam os detalhes propriamente ditos.

A plataforma pode ser vista tanto como uma restrição sobre o processo de desenvolvimento de aplicações — a aplicação é escrita para as plataformas X e Y — quanto como uma assistência para o processo de desenvolvimento, na medida em que fornece funcionalidade pronta de baixo nível.

Referências

  1. «platform from FOLDOC». foldoc.org. Consultado em 11 de julho de 2021 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.