Play! A Video Game Symphony

PLAY! A Video Game Symphony foi uma série de concertos que contou com música de jogos eletrônicos tocada por uma orquestra ao vivo. Os concertos de 2006 a 2010 foram dirigidos por Arnie Roth. A partir de 2010, Andy Brick assumiu o cargo de regente principal e diretor musical. Play! foi substituído pela série de concertos Replay: Symphony of Heroes.

PLAY! logotipo da série de concertos.
"PLAY! A Video Game Symphony V": Trilha sonora de Anno 1701 (2 de junho de 2007).

HistóriaEditar

Em 2004, Jason Michael Paul foi abordado pela Square Enix para organizar um concerto de música de sua série Final Fantasy. Depois que o concerto esgotou em alguns dias, Paul decidiu transformar concertos de música de jogo eletrônico em uma série.[1] Arnie Roth, que já havia regido os shows Dear Friends - Music from Final Fantasy e More Friends: Music from Final Fantasy, foi selecionado para conduzir os shows.[2] Andy Brick, que já havia regido o Symphonische Spielemusikkonzerte, foi escolhido como maestro associado.[3] Os concertos são performados por músicos sinfônicos e coros locais.[4]

Play! estreou em 27 de maio de 2006 no Rosemont Theatre em Rosemont, Illinois.[5] O show de estreia contou com performances de Koji Kondo, Angela Aki e Akira Yamaoka,[6] e os compositores Nobuo Uematsu, Yasunori Mitsuda, Yuzo Koshiro e Jeremy Soule estavam presentes.[7]

ConcertosEditar

Cada concerto apresenta segmentos de música de jogos eletrônicos executados por uma orquestra e coro ao vivo, com filmagens dos jogos exibidos em três telas.[2] Uma fanfarra de abertura, escrita por Nobuo Uematsu, é realizada em cada show.[7] Música de todas as épocas dos jogos eletrônicos é tocada nos shows.

De acordo com Paul, o show é um "programa musical direto", projetado "para manter as artes vivas de uma maneira elegante".[1]

Música performadaEditar

Músicas dos jogos a seguir foram tocadas no Play!:

ÁlbumEditar

Em 9 de janeiro de 2009, um álbum ao vivo em CD e DVD do show foi lançado. Foi gravado em Praga e performado pela Orquestra Filarmônica de Câmara Tcheca.[8]

Recepção e legadoEditar

Os concertos têm sido bem recebidos. O público regularmente dá ovações de pé após cada música.[4] Jeremy Soule, compositor da música de The Elder Scrolls IV: Oblivion, disse que "considera 'Play' como o sistema surround definitivo para jogo eletrônico".[9]

De acordo com Paul, Play! ajuda a promover o trabalho dos compositores, além de "dar credibilidade ao gênero musical dos jogos eletrônicos".[4] Roth afirmou que os shows também ajudam a impulsionar a indústria clássica e a "atrair novas audiências".[4] De acordo com Soule, concertos de jogos eletrônicos podem ajudar a educar as velhas gerações "que a música do jogo não é apenas um monte de bips e bloops".[1] Um maestro associado afirmou que a performance atravessa a lacuna geracional, aproximando as gerações mais velhas e mais novas.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d Musgrove, Mike. «Mario's New World: Symphonies». The Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2020 
  2. a b «Interview with PLAY! A Video Game Symphony producer Jason Michael Paul». music4games.net (em inglês). 29 de abril de 2006. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2009 
  3. «GP Q&A: Video Game Music Grows Up» (em inglês). GamePro. 25 de maio de 2007. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 7 de junho de 2011 
  4. a b c d Colbourne, Scott (27 de setembro de 2006). «Gaming's high note» (em inglês). The Globe and Mail. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2020 
  5. «Koji Kondo to attend Chicago world-premiere». Anime News Network (em inglês). 17 de abril de 2006. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 4 de novembro de 2018 
  6. «PLAY! A Video Game Symphony - Rosemont Theatre, Chicago (05/27/06)». Music 4 Games (em inglês). 5 de junho de 2006. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 1 de janeiro de 2009 
  7. a b «Nobuo Uematsu to attend Chicago world-premiere». Anime News Network (em inglês). 11 de abril de 2006. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 5 de dezembro de 2020 
  8. «PLAY! A Video Game Symphony and the New Year!». Play! A Video Game Symphony (em inglês). 2 de janeiro de 2009. Consultado em 5 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 31 de maio de 2009 
  9. Buckendorff, Jennifer (21 de janeiro de 2008). «Seattle Symphony playing with video games». The Seattle Times (em inglês). Consultado em 5 de dezembro de 2020. Arquivado do original em 23 de janeiro de 2008 

Ligações externasEditar