Poço Verde

Município no Estado de Sergipe

Poço Verde é um município brasileiro localizado na região centro-sul de Sergipe, a 145 km da capital Aracaju.[5]

Poço Verde
  Município do Brasil  
Capela Santa Cruz em Poço Verde
Capela Santa Cruz em Poço Verde
Símbolos
Bandeira de Poço Verde
Bandeira
Brasão de armas de Poço Verde
Brasão de armas
Hino
Gentílico poço-verdense
Localização
Poço Verde está localizado em: Brasil
Poço Verde
Localização de Poço Verde no Brasil
Mapa de Poço Verde
Coordenadas 10° 42' 28" S 38° 10' 58" O
País Brasil
Unidade federativa Sergipe
Municípios limítrofes Simão Dias e Tobias Barreto em território sergipano. Paripiranga, Adustina, Fátima, Heliópolis, Ribeira do Amparo e Itapicuru em território baiano.
Distância até a capital 145 km
História
Fundação 25 de novembro de 1953 (68 anos)
Aniversário 25 de novembro
Administração
Prefeito(a) Everaldo Iggor Santana de Oliveira (PSD, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 441,326 km²
População total (est. IBGE/2020[2]) 23 867 hab.
Densidade 54,1 hab./km²
Clima Semi Árido
Altitude 268 m
Fuso horário -3 (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,561 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 94 051,480 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 4 329,98
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião
Sítio pocoverde.se.gov.br (Prefeitura)
camarapocoverde.se.gov.br (Câmara)

HistóriaEditar

Seu nome surgiu de uma fazenda que era assim identificada devido a um poço existente em seu interior, o qual mesmo em períodos de estiagem, mantinha a superfície esverdeada. Essa propriedade ficava à margem direita do Rio Real, na Bahia, integrando o patrimônio do português Garcia d’Ávila desde o século XVI, sendo comprada aos seus herdeiros por Sebastião da Fonseca Dória em 1839.

Instalado na localidade, o novo proprietário procurou a paróquia da vila de São João Batista de Jeremoabo a fim de pedir autorização para construir uma capela. Tal pedido, todavia, foi negado, o que lhe fez recorrer à paróquia de Nossa Senhora Imperatriz dos Campos, na vila de Campos do Rio Real, em Sergipe, onde foi fundada a atual cidade de Tobias Barreto, a qual autorizou a construção no território por ela respondido.

Assim, em 1847, Sebastião da Fonseca Dória e sua esposa Maria do Espírito Santo compraram um terreno do outro lado do rio, onde construíram um cemitério com uma capela em seu interior, erguendo dentro desta uma imagem da Santa Cruz. A partir disso, outras construções começaram a ser feitas nas proximidades, dando início a um povoado, que mesmo em território sergipano, foi sendo identificado como Poço Verde em alusão à fazenda que lhe dera origem e que servia de referência por quem por ali passasse.

Em 1923, Poço Verde passou a ser distrito, sendo elevado à categoria de vila em 1938, com o Decreto-Lei Federal 311. E no dia 25 de novembro de 1953, por meio da Lei Estadual 525-A, adquiriu emancipação política, desmembrando-se de Tobias Barreto e se tornando o município de Poço Verde.[6]

GeografiaEditar

O município tem área territorial de 439.828 km² e faz divisa com Simão Dias e Tobias Barreto, do lado sergipano; Adustina, Fátima, Heliópolis, Itapicuru, Paripiranga e Ribeira do Amparo, do lado baiano. É banhado pelo Rio Real e tem clima semiárido. Possui várias localidades rurais, cujas maiores povoações estão concentradas em: São José, Tabuleirinho, Saco do Camisa, Rio Real e Lagoa do Junco.[7]

EducaçãoEditar

Poço Verde conta com unidades educacionais de ensino infantil, fundamental, médio e superior.

ReligiãoEditar

O município possui uma diversidade de crença, com adeptos do cristianismo (católico e protestante), candomblé, umbanda e espiritismo.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «IBGE Cidades - Panorama». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 14 de fevereiro de 2020 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 26 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. CURVELO, Denisson Alves (2022). Poço Verde - início e desenvolvimento. São Paulo: Editora Lux. p. 284. ISBN 9786559132560 
  6. CURVELO, Denisson Alves (2022). Poço Verde - início e desenvolvimento. São Paulo: Editora Lux. p. 284-285. ISBN 9786559132560 
  7. CURVELO, Denisson Alves (2022). Poço Verde - início e desenvolvimento. São Paulo: Editora Lux. p. 284. ISBN 9786559132560 
  Este artigo sobre Geografia de Sergipe é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.