Abrir menu principal
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Poema: Cidade
Poema: Cidade (BRA)
 Brasil
1986 •  
Idioma Não disponível

Poema: Cidade é um curta-metragem de 1986 em 35mm, dirigido por Tata Amaral e Francisco Cesar Filho.

Índice

SinopseEditar

Poema: Cidade é um enquadramento da obra do poeta concreto Augusto de Campos. O filme traduz a comunicação rápida e fragmentada do homem urbano moderno através de seus sentidos imediatos de captação: ver/ouvir. O filme conta também com a participação dos músicos John Cage e Cid Campos, dos poetas Haroldo de Campos e Décio Pignatari, do crítico J. Jota de Moraes, do dançarino Merce Cunningham, além de obras do artista plástico Fiaminghi.

MúsicasEditar

Imagens de arquivoEditar

  • Fábrica do Som/Especial Augusto de Campos - 1983

Direção: Pedro Vieira Realização RTC/SP

  • John Cage no Teatro de Cultura Artística

Realização RTC/SP

  • Festival dos Festivais - 1985

Realização Rede Globo

  • Good Morning, Mr. Orwell - 1984

Coordenação de Nam June Paik


Participação em festivaisEditar

  • III Festrio - Rio de Janeiro/1986
  • XV Jornada de Cinema da Bahia - Salvador/1986

PremiaçõesEditar

  • Melhor filme- 10ª Semana de Cinema e Vídeo do Maranhão/1987
  • Melhor som- 15ª Jornada de Cinema da Bahia-Salvador/1986

Referências

  1. a b «Poema:Cidade». Curtagora. Consultado em 24 de julho de 2019 

Ligações externasEditar

  • GUARIGLIA, Ana Maria (26 de junho de 1999). «MIS exibe 4 curtas de Tata Amaral» 🔗. Folha de S.Paulo. Consultado em 24 de julho de 2019 


  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.