Porsche 911 GT1


O Porsche 911 GT1, foi um protótipo de corrida, desenvolvido pela Porsche, para competir nas 24 horas de Le Mans, pela classe GT1. A sua versão desenvolvida para rua, ou seja, para o público, recebeu o nome de Porsche 911 GT1 Straßenversion (versão de rua).

Porsche 911 GT1
Porsche 911 GT1 '98
Categoria Grand tourer (GT1)
Construtor Porsche Gmbh
Predecessor Porsche 962
Sucessor Porsche RS Spyder
Ficha Tecnica [1]
Chassis Fibra de carbono monocoque
Suspensão Dianteira Dupla wishbone, com amortecedores ajustaveis
Suspensão Traseira Dupla wishbone com suspensão push rod, ajustável
Comprimento 4890 mm
Largura 1990 mm
Peso 950 kg
Motor 3.2 L DOHC twin-turbo Flat-6 central
Trasmissão Manual sequencial com 6 velocidades
Pneus Michelin
Historico de Competições
Equipes Utilizadoras Porsche AG
Estreia 24 Horas de Le Mans de 1996
Corridas Vitorias Poles Voltas Rapidas
144 47 34 -

HistoriaEditar

Com o renascimento das corridas de carro esporte internacional, em meados da década de 1990, pela BPR Series GT Global (mais tarde transformada no campeonato FIA GT Championship) a Porsche manifestou interesse em voltar a esse nível de competição desenvolvendo um concorrente para a categoria GT1[2]. Carros nesta categoria foram previamente versões de carros de rua modificados, geralmente supercarros como o McLaren F1 e Ferrari F40 , mas quando o GT1 911 foi revelado em 1996 a Porsche tinha explorado o livro de regras surpreendendo a fraternidade desportiva. Ao invés de desenvolver uma versão de corrida de um de seus modelos de estrada, o que foi efetivamente criado era um esporte-protótipo a fim de cumprir com os regulamentos criando assim uma versão legal de rua o 911 GT1 Straßenversion sendo literalmente um carro de corrida feito para a estrada. O novo veículo foi um sucesso na edição de Le Mans em 1996 vencendo na classe GT1 em sua corrida de estreia, mas ainda assim perderia a vitória geral para Joest Racing no veículo da mesma fabricante, um Porsche WSC-95, que estreou em 1995 como sucessor no novo regulamento de LMP após a saída do Grupo C.

Porsche 911 GT1Editar

Apesar do apelido 911, o carro na verdade, tem muito pouco em comum com o 911 do seu tempo, no entanto o seu chassis frontal foi partilhado com o então (993) 911, enquanto que a parte traseira do carro foi derivado do Porsche 962, incluindo o seu refrigerador a água, twin-turbo e intercooler, quatro válvulas por cilindro flat-seis foram organizadas em uma posição[3]. Em comparação, o 993 geração 911 GT2 , que era o contrário veículo de maior desempenho da empresa, usou um refrigerado a ar do motor com apenas duas válvulas por cilindro. Poderia desenvolver 544hp em sua versão de rua, atingindo de 0 a 100 km/h em 3,9s e velocidade máxima de 308 km/h.[4]

     
A versão do 911 GT1 do ano de 1997, chamada de 911 GT1 Evo foi a previsão da geração 996 do 911 enquanto aprimorou o design aerodinâmico da geração 993
Versão de rua do 911 GT1 homologada para 1998
Primeira versão do 911 GT1 possuia poucas semelhanças com a geração 993 de fábrica.

.










Referências

  1. «1998 Porsche 911 GT1 '98». Porsche. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  2. «1996 Porsche 911 GT1». Porsche. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  3. «Porsche 911 GT1 - 1997 (Series)». einszweidrei.de. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  4. Haupt, Andreas (15 de fevereiro de 2018). «20 Jahre Porsche 911 GT1/98: Sauschnell und extrem selten». auto motor und sport (em alemão). Consultado em 17 de agosto de 2020 
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.