Abrir menu principal

Portal de Coronel Fabriciano

Monumento "Os 5 Elementos da Natureza"Avenida Magalhães PintoCatedral São SebastiãoPôr do-sol na cidadeBairro Santa HelenaVista de Coronel Fabriciano a partir da Serra dos CocaisColégio AngélicaIgreja Matriz de São SebastiãoMonumento "Terra Mãe"
Este portal foi criado em 27 de outubro de 2009 e pretende reunir dados relacionados ao município brasileiro de Coronel Fabriciano (MG)
Coronel Fabriciano | Imagens
Comentários na página de discussão.
 ver·editar Coronel Fabriciano
Bandeira de Coronel Fabriciano

Coronel Fabriciano é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Localiza-se no Vale do Rio Doce e pertence à Região Metropolitana do Vale do Aço, estando situado a cerca de 200 km a leste da capital do estado. Ocupa uma área de pouco mais de 221 km², sendo aproximadamente 22 km² em área urbana.

O começo do povoamento ocorreu em meados do século XIX, associado ao fluxo de tropeiros, levando à formação do povoado de Santo Antônio de Piracicaba na região do atual Melo Viana e à posterior criação do distrito em 1923. Na mesma ocasião, a localidade passou a ser atendida pela EFVM e foi construída a Estação do Calado, ao redor da qual se estabeleceu o núcleo urbano que corresponde ao Centro de Fabriciano. O desenvolvimento observado em função da vinda de complexos siderúrgicos culminou na criação do município, emancipado de Antônio Dias em 1948. Sediou os núcleos industriais da Acesita e Usiminas, que foram essenciais para a evolução da cidade. Mas, com a emancipação de Timóteo e Ipatinga na década de 60, as empresas passaram a pertencer a estes municípios, respectivamente. A manutenção da atividade siderúrgica contribuiu para a formação da Região Metropolitana do Vale do Aço, que corresponde a um dos principais polos urbanos do interior do estado.

Tradições culturais como as marujadas, o artesanato e de celebrações religiosas como as festas de São Sebastião, da Semana Santa e de Corpus Christi se fazem presentes no município, bem como os monumentos de valor histórico e patrimonial da Igreja Matriz de São Sebastião, o Colégio Angélica e o Monumento Terra Mãe. Na Serra dos Cocais estão concentrados diversos atrativos naturais, a exemplo de cachoeiras, trilhas e montanhas, que propiciam desde a simples visitação até a prática de esportes radicais.

Crystal 128 forward.png
Saiba mais...


 ver·editar Artigo destacado aleatório
Ribeirão Caladinho no B. Universitário, Coronel Fabriciano MG.jpg

O ribeirão Caladinho é um curso de água que nasce e deságua no município brasileiro de Coronel Fabriciano, no interior do estado de Minas Gerais. Sua nascente se encontra nas proximidades do bairro Caladinho, percorrendo cerca de 12 quilômetros até sua foz no rio Piracicaba, ao atravessar de norte a sul os bairros Industrial Novo Reno, Universitário, Aparecida do Norte, Morada do Vale e Santa Terezinha II. Sua sub-bacia conta com 9 km².

O curso hídrico é utilizado para o despejo do esgoto sanitário produzido em quase todo o perímetro urbano localizado às suas margens. A ocupação desordenada das áreas adjacentes, ocorrida principalmente na segunda metade do século XX, resultou em uma tendência a enchentes durante eventos de cheias. Tais situações começaram a ser amenizadas mediante projetos de educação ambiental nas escolas da cidade e com obras de drenagem e de abertura de galerias, realizadas principalmente após os anos 2000.

Crystal 128 forward.png
Leia o artigo completo...
 ver·editar História

A história de Coronel Fabriciano iniciou-se no final do século XVI. Expedições seguiam pelos chamados Sertões do Rio Doce à procura de metais preciosos, no entanto o povoamento da região foi proibido no começo do século XVII, a fim de evitar contrabando do ouro extraído na região de Diamantina.

Centro de Fabriciano em 1991

O povoamento foi liberado em 1755 e no decorrer do século XIX, o fluxo de tropeiros levou à formação do povoado de Santo Antônio de Piracicaba na região do atual Melo Viana e à posterior criação do distrito em 1923. Na mesma ocasião, a localidade passou a ser atendida pela EFVM e foi construída a Estação do Calado, ao redor da qual se estabeleceu o núcleo urbano que corresponde ao Centro de Fabriciano. Em 1936, houve a instalação da Companhia Siderúrgica Belgo-Mineira, que esteve presente até a década de 60, fortalecendo a formação de um núcleo urbano que culminou na emancipação de Coronel Fabriciano em 27 de dezembro de 1948.

Coronel Fabriciano também sediou os complexos industriais da Aperam South America (antiga Acesita) e Usiminas, que foram essenciais para o desenvolvimento da cidade. Mas, com a emancipação política de Timóteo e Ipatinga, ocorrida em 1964, as empresas passaram a pertencer aos respectivos municípios.

Crystal 128 forward.png
Veja mais em História de Coronel Fabriciano
 ver·editar Imagem aleatória
Igreja Santo Antônio, sede da Paróquia Santo Antônio.


 ver·editar Você sabia que...
  • ...a emancipação de Coronel Fabriciano foi decretada em 27 de dezembro de 1948, mas seu aniversário é comemorado no dia 20 de janeiro em homenagem ao dia do padroeiro São Sebastião?
  • ... mais da metade da área municipal (cerca de 60% do total) é coberta por eucalipto?


 ver·editar Categorias
 ver·editar Artigos relacionados
 ver·editar Colabore

Agradecemos o seu interesse por ampliar e melhorar os artigos relacionados com o município de Coronel Fabriciano na Wikipédia! Abaixo algumas coisas que esperam a sua colaboração.

Colabore!
 ver·editar Coronel Fabriciano no...
 ver·editar Portais relacionados