Abrir menu principal

Estrelas

Uma região de surgimento de estrelas na Grande Nuvem de Magalhães. Imagem NASA/ESA

Uma estrela é uma grande e luminosa esfera de plasma, mantida íntegra pela gravidade e pela pressão de radiação. Ao fim de sua vida, uma estrela pode conter também uma proporção de matéria degenerada. A estrela mais próxima da Terra é o Sol, que é a fonte da maior parte da energia do planeta. Outras estrelas são visíveis da Terra durante a noite, quando não são ofuscadas pela luz do Sol ou bloqueadas por fenômenos atmosféricos. Historicamente, as estrelas mais importantes da esfera celeste foram agrupadas em constelações e asterismos, e as estrelas mais brilhantes ganharam nomes próprios. Extensos catálogos de estrelas foram compostos pelos astrônomos, o que permite a existência de designações padronizadas.

Pelo menos durante uma parte da sua vida, uma estrela brilha devido à fusão nuclear do hidrogênio no seu núcleo, liberando energia que atravessa o interior da estrela e irradia para o espaço sideral. Quase todos os elementos que ocorrem na natureza mais pesados que o hélio foram criados por estrelas, seja pela nucleossíntese estelar durante as suas vidas ou pela nucleossíntese de supernova quando as estrelas explodem. Os astrônomos podem determinar a massa, idade, composição química e muitas outras propriedades de uma estrela observando o seu espectro, luminosidade e movimento no espaço. A massa total de uma estrela é o principal determinante da sua evolução e possível destino. Outras características de uma estrela são determinadas pela história da sua evolução, inclusive o diâmetro, rotação, movimento e temperatura. Um diagrama da temperatura de muitas estrelas contra suas luminosidades, conhecido como Diagrama de Hertzsprung-Russell (Diagrama H-R), permite determinar a idade e o estado evolucionário de uma estrela.


Artigo selecionado

Física (do grego antigo: φύσις physis "natureza") é a ciência que estuda a natureza e seus fenômenos em seus aspectos mais gerais. Analisa suas relações e propriedades, além de descrever e explicar a maior parte de suas consequências. Busca a compreensão científica dos comportamentos naturais e gerais do mundo em nosso torno, desde as partículas elementares até o universo como um todo. Com o amparo do método científico e da lógica, e tendo a matemática como linguagem natural, esta ciência descreve a natureza através de modelos científicos. É considerada a ciência fundamental, sinônimo de ciência natural: as ciências naturais, como a química e a biologia, têm raízes na física. Sua presença no cotidiano é muito ampla, sendo praticamente impossível uma completíssima descrição dos fenômenos físicos em nossa volta. A aplicação da física para o benefício humano contribuiu de uma forma inestimável para o desenvolvimento de toda a tecnologia moderna, desde o automóvel até os computadores quânticos.

Sabia que...

  • A Terra é o único planeta que não tem o nome de um Deus romano ou grego?
  • A temperatura em Mercúrio varia tão extremamente que pode aumentar até 430 célsius durante o dia e cair mais do que 140 célsius na noite?
  • Que aquela da maior estrela conhecida, VY Canis Majoris, é quase 1800 vezes maior que o nosso sol?
  • Que a nossa galáxia tem aproximadamente 200-400 bilhões de estrelas, mais do que o número de seres humanos que já viveu?
  • Que o mais brilhante evento estelar na história registrada foi uma supernova no ano 1006, que era maior e mais brilhante do que Vênus por três meses?
  • O nome da estrela Sirius provavelmente vem de uma palavra grega que significa "espumante", ou "escaldante"?
  • A grande mancha vermelha em Júpiter é uma tempestade que vem acontecendo há 300 anos e é tão grande que dezenas de terras caberiam nela?
  • O sol perde 360 milhões toneladas de material a cada dia, mas mesmo assim vai brilhar por mais 5.000.000.000 de anos?
  • A estrela Kepler-444, com 11 bilhões de anos de idade, é uma das estrelas mais antigas do Universo, com 80% da idade do mesmo?


Satélite selecionado

Telescópio espacial Hubble (em inglês Hubble Space Telescope - HST) é um satélite astronômico artificial não tripulado que transporta um grande telescópio para a luz visível e infravermelha. Foi lançado pela agência espacial estadunidense - NASA - em 24 de abril de 1990, a bordo do ônibus espacial (em Portugal, vaivém espacial) Discovery (missão STS-31). Este telescópio já recebeu várias visitas espaciais da NASA para a manutenção e para a substituição de equipamentos obsoletos ou inoperantes.

Imagem selecionada

Sun - August 1, 2010.jpg

Fotografia de uma erupção solar ocorrida no dia 1 de agosto de 2010.

Notícias

  • 16 de março de 2018 - Pesquisadores descobrem que a grande mancha vermelha em Júpiter está encolhendo de comprimento, mas crescendo em altura.

Biografia selecionada

Nicolau Copérnico em gravura.

Nicolau Copérnico (Toruń, 19 de fevereiro de 1473Frauenburgo, 24 de maio de 1543) foi um astrônomo e matemático polonês que desenvolveu a teoria heliocêntrica do Sistema Solar. Foi também cónego da Igreja Católica, governador e administrador, jurista, astrônomo e médico.

Sua teoria do Heliocentrismo, que colocou o Sol como o centro do Sistema Solar, contrariando a então vigente Teoria Geocêntrica (que considerava a Terra como o centro), é considerada como uma das mais importantes hipóteses científicas de todos os tempos, tendo constituído o ponto de partida da astronomia.

Categorias

Para mostrar todas as categorias clique no ►


Coisas a fazer

A maior parte dos artigos relacionados à Estrelas não estão com qualidade considerada satisfatória. Devido à abrangência e à diversidade dos temas, muitos continuam sendo somente esboços, enquanto outros sofrem de muitos problemas como falta de referências e má formatação. Por isso sua ajuda é muito importante. Se você se interessa por temas relacionados ao espaço, ajude a melhorar a qualidade dos artigos, de forma a construir uma enciclopédia livre onde o conteúdo de qualidade é acessível a todos. A seguir estão algumas dicas de como você pode contribuir.

Crystal Clear action configure.png
  • Se você ainda não está familiarizado com as ferramentas de edição da Wikipédia, dê uma olhada nesse simples tutorial com dicas simples, mas valiosas;
  • Ajude a manter este portal atualizado. Dê sugestões de novos artigos, imagens e notícias que podem ser incluídas nas seções acima. Se quiser fazer uma crítica, sugestão ou elogio sobre o portal em geral, utilize a página de discussão.
  • Coloque a predefinição {{Portal3|Estrelas}} no rodapé dos artigos sobre os corpos celestes em geral (o resultado está abaixo). Dessa forma você ajuda a divulgar este portal.

Portais e Wikiprojetos relacionados

Nuvola apps kalzium.svg Portal da Ciência - Portal da Física - Nuvola apps edu mathematics-p.svg Portal da Matemática - Celestia.png Portal do Sistema Solar - Portal da Lua - Ilc 9yr moll4096.png Cosmologia

Este portal faz parte do Wikiprojeto Ciência que visa melhorar os artigos dessa área. Participe!


Wikimedia

Estrelas no Wikinotícias     Estrelas no Wikiquote     Estrelas no Wikilivros     Estrelas no Wikisource     Estrelas no Wikcionário     Estrelas na Wikiversidade     Estrelas no Commons
Notícias Citações Livros didáticos e manuais Biblioteca Definições Recursos de aprendizado Imagens e mídia
https://pt.wikinews.org/wiki/Special:Search/EstrelasWikinews-logo.png
https://pt.wikiquote.org/wiki/Special:Search/EstrelasWikiquote-logo.svg
https://pt.wikibooks.org/wiki/Special:Search/EstrelasWikibooks-logo.png
https://pt.wikisource.org/wiki/Special:Search/EstrelasWikisource-logo.svg
https://pt.wiktionary.org/wiki/Special:Search/EstrelasWiktionary-logo-en.svg
https://pt.wikiversity.org/wiki/Special:Search/EstrelasWikiversity-logo.svg
//pt.wikipedia.org/wiki/Especial:Search/Commons:EstrelasCommons-logo.svg