Portal:Monarquia

Heraldic Royal Crown (Common).svg Bem-vindo ao Portal da Monarquia


 ver · editar Monarquia
French heraldic crowns - King.svg

Monarquia é uma forma de governo em que o chefe de Estado mantém-se no cargo até a morte ou a abdicação, sendo normalmente um regime hereditário. O chefe de Estado dessa forma de governação recebe o nome de monarca (Normalmente com o título de Rei ou Rainha) e pode também muitas vezes ser o chefe do governo. A ele, o ofício real de governo, é sobretudo o de reger e coordenar a administração da nação, em vista do bem comum em harmonia social.

O monarca quase nunca deteve poderes ilimitados, como muitas vezes é pensado. Foi num período muito curto que houve monarquias absolutas. Hoje em dia a grande maioria da monarquias são monarquias constitucionais, que lhes dá quase nenhum poder de governação do seu país, que é exercido por um primeiro-ministro.

Apesar da chefia do Estado hereditária ser a característica mais comum das monarquias, existem na história inúmeros casos de monarquias electivas, tais como a do milenar Sacro Império Romano-Germânico, a República das Duas Nações (república aristocrática, precursora da ideia de Monarquia Constitucional), e os atuais Vaticano, Andorra, Camboja, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Malásia, Suazilândia, não sendo consideradas repúblicas.

 ver · editar Artigo selecionado
Concilio Trento Museo Buonconsiglio.jpg

Monarquia eletiva é uma forma de governo na qual o monarca desempenha o seu cargo por toda a vida e o seu sucessor é eleito por um conselho através de votação. Este sistema de sucessão foi praticado durante a Idade Média, representando uma evolução do modelo germânico. Na monarquia visigótica encontramos exemplos disso. O rei era eleito por um conselho composto pelos príncipes ou grandes responsáveis eleitores. Depois da escolha, o novo monarca devia jurar as capitulações governativas, que continham as condições impostas pelo conselho eleitoral para o monarca exercer o poder. Este sistema ainda vigora atualmente em alguns estados, como por exemplo, no Vaticano, onde o Colégio de Cardeais escolhe um novo Papa. Na Roma Antiga, os reis eram eleitos pelas Assembleias. O Sacro Império Romano-Germânico foi outro exemplo disso, no qual o Imperador era eleito por um pequeno conselho de nobres chamados de príncipes-eleitores.

 ver · editar Monarca selecionado
Koning Filip van België.jpg

Filipe (Bruxelas, 15 de abril de 1960) é o Rei da Bélgica desde julho de 2013. É o filho mais velho do rei Alberto II e da rainha Paula de Calábria, tendo ascendido ao trono após a abdicação de seu pai por motivos de saúde. É casado desde dezembro de 1999 com Matilde d'Udekem d'Acoz, com quem tem quatro filhos: Isabel, Duquesa de Brabante e sua herdeira aparente, príncipe Gabriel, príncipe Emanuel e a princesa Leonor.

 ver · editar Membro da realeza selecionado
Prince Carl Philip in January 2014.jpg

Carlos Filipe Edmundo Bertil (Estocolmo, 13 de maio de 1979) é o segundo filho, o único menino, do rei Carlos XVI Gustavo da Suécia e sua esposa a rainha Sílvia Sommerlath. Nascido como príncipe herdeiro, ele sete meses depois foi passado por sua irmã mais velha Vitória na linha de sucessão quando a Suécia adotou o príncipio da primogenitura absoluta. Carlos Filipe é casado desde 2015 com Sofia Hellqvist.

 ver · editar Imagens selecionadas
 ver · editar Sabia que
Dronning Margrethe II (crop).jpg
 ver · editar Consorte selecionado
Grace Kelly.JPG

Grace Kelly (Filadélfia, 12 de novembro de 1929Mônaco, 14 de setembro de 1982) foi uma premiada atriz norte-americana, vencedora do Oscar na categoria Melhor Atriz. Após seu casamento com Rainier III, príncipe-soberano de Mônaco, tornou-se a princesa consorte de Mônaco, sendo conhecida também como Princesa Grace de Mônaco. Em 14 de setembro de 1982, Grace Kelly morreu em um acidente automobilístico em Monte Carlo, Mônaco. O carro o qual a princesa dirigia saiu da estrada e caiu em um despenhadeiro, causando um derrame cerebral e, consequentemente, sua morte aos cinquenta e dois anos.

 ver · editar Navegação