Portal:Racionais MC's

Laurel W.svg Bem-vindo ao portal Racionais MC's, sinta-se livre para editar o seu conteúdo e ajudar a mantê-lo ativo.

Racionais MC's

Racionais MC's é um grupo brasileiro de rap e hip hop alternativo, cuja ideologia é divulgar a desigualdade social brasileira. As letras de suas músicas falam sobre a realidade das periferias urbanas brasileiras, discutindo sobre o crime, pobreza, preconceito social e racial, drogas e consciência política. Formado por Mano Brown (Pedro Paulo Soares Pereira), Ice Blue (Paulo Eduardo Salvador), Edi Rock (Edivaldo Pereira Alves) e KL Jay (Kleber Geraldo Lelis Simões) o grupo teve início em 1988, na cidade de São Paulo.

Usando a linguagem da periferia, com expressões típicas das comunidades pobres com o objetivo de comunicar-se de forma mais eficaz com o público jovem de baixa renda, as letras do grupo fazem um discurso contra a opressão à população marginalizada na periferia e procuram passar uma postura contra a submissão e a miséria. Apesar de atuar essencialmente na periferia paulistana, de não fazer uso de grandes mídias e se recusar a participar de grandes festivais pelo Brasil, o grupo vendeu durante a carreira cerca de 1 milhão de cópias de seus álbuns.

Leia mais...

Imagem destacada

membro do grupo, em um show de 2004.]]

Atuação destacada

1000 Trutas, 1000 Tretas é um coletânea musical de shows ao vivo do grupo brasileiro de rap Racionais MC's, lançado em 2006. Obteve tiragem inicial de 30 mil cópias, e apresenta 15 músicas gravadas ao vivo em shows feitos após 2002, que contam com canções como "Diário de um Detento", "Fórmula Mágica da Paz", "Vida Loka" e "Expresso da Meia-Noite" composições dos discos Sobrevivendo no Inferno, de 1997 e Nada como um Dia Após o Outro Dia, de 2002.

Um destes concertos foi realizado em 2004 no Sesc Itaquera. O DVD contém cenas de bastidores de shows, viagens e conversas entre os integrantes. Também conta com um documentário, dirigido por Mano Brown, sobre a história de bailes na periferia de São Paulo. Os Racionais MC's ainda contaram com a participação especial de Jorge Ben Jor, na faixa de abertura "Abenção Mamãe, Abenção Papai".

Categorias

Canção destacada

"Diário de um Detento" é uma canção de rap do grupo Racionais MC's, escrita pelo ex-detento Jocenir. A letra da música aborda a a rebelião do presídio do Carandiru, ocorrida em 2 de outubro de 1992, quando 111 presídiários foram mortos pela polícia em evento que ficou conhecido como Massacre do Carandiru. O nome também é titulo de um livro do mesmo autor.

A música foi classificada em 52º lugar na lista das 100 maiores músicas brasileiras publicada pela revista Rolling Stone. Foi a única música do grupo a aparecer na lista.

Leia mais...

Álbum destacado

Sobrevivendo no Inferno é o quarto álbum do grupo brasileiro de rap Racionais MC's, lançado em dezembro de 1997. Lançado no final de 1997, é o quarto disco de estúdio do grupo. O álbum ultrapassou a marca de um milhão de cópias vendidas, apesar de ter sido lançado por uma gravadora independente.

Uma novidade neste CD é a aproximação do grupo com Deus, demostrada nas canções "Genesis" e "Capítulo 4, Versículo 3" (ambas de Mano Brown). Mas a força do álbum advém mais uma vez do impacto das letras que discutem temas ligados a desigualdades sociais, miséria e racismo. Os grandes sucessos foram "Diário de um Detento" (baseado no diário do preso Jocenir, ex-detento da Presídio do Carandiru), "Fórmula Mágica da Paz" e "Mágico de Oz" (de Edy Rock). O grupo ainda fez uma homenagem ao cantor Jorge Ben-Jor, ao regravar "Jorge de Capadócia". Os arranjos musicais são simples, com uma bateria básica e alguma melodia nos teclados.

O LP foi eleito em uma lista da versão brasilieira da revista Rolling Stone como o décimo quarto melhor disco brasileiro de todos os tempos.

Leia mais...