Abrir menu principal

Portal:São Mateus (Espírito Santo)


Portal de São Mateus

Casario do PortoBarra NovaCatedral São MateusIgreja VelhaPraia de GuririSede da PrefeituraMonumento a colonização do solo mateenseExploração de petróleo na região do NativoCachoeira do Cravo
Este portal foi criado em 28 de janeiro de 2015 e pretende reunir dados relacionados ao município brasileiro de São Mateus (ES)
São Mateus | Imagens
Comentários na página de discussão.
 ver·editar São Mateus
Diversas imagens sobre São Mateus

São Mateus é o segundo município mais antigo e sétimo mais populoso do estado do Espírito Santo, Brasil. Foi fundado em 21 de setembro de 1544, recebendo autonomia municipal apenas em 1764. Originalmente, chamava-se Povoado do Cricaré, sendo rebatizado no ano de 1566 pelo padre José de Anchieta para o nome de São Mateus. Sua população atual gira em torno dos 121 mil habitantes, sendo considerado um marco na colonização do solo do Espírito Santo.

É considerado o município com a maior população negra do estado. Tal fato se dá, pois, até a segunda metade do século XIX, o Porto de São Mateus era uma das principais portas de entrada de negros no Brasil. Também há a forte presença de italianos, que são responsáveis pela colonização de grande parte dos sertões mateenses.

Sua economia está baseada na oferta de serviços e na exploração e produção de petróleo. Na década de 1970, foram descobertos vários campos de exploração e na década de 1980, essas descobertas foram ampliadas. Na década de 2000 foi implantado na região de Campo Grande o Terminal Norte Capixaba, responsável pelo escoamento de toda a produção da região.

Localiza-se a uma latitude 18º42'58" sul e a uma longitude 39º51'21" oeste, estando a uma altitude de 36 metros. Sua área total é de 2 338,727 km², equivalente a 5,12% do território capixaba. Limita-se ao norte com os municípios de Boa Esperança, Pinheiros e Conceição da Barra; ao sul com São Gabriel da Palha, Vila Valério, Jaguaré e Linhares; a leste com o oceano Atlântico e a oeste com Nova Venécia. Dista da Capital do Estado, Vitória, 215 km. Também destaca-se pelo forte apelo turístico, tanto histórico quanto de temporada. O carnaval de Guriri, principal balneário do município, é um dos mais animados do estado e chega a ser conhecido nacionalmente, recebendo, principalmente, turistas de Minas Gerais.

Crystal 128 forward.png
Saiba mais...


 ver·editar Artigo destacado aleatório
Imagem do Barão de Aymorés exposta no Museu Histórico Municipal de São Mateus

Antônio Rodrigues da Cunha, primeiro e único Barão de Aymorés, foi um fazendeiro brasileiro, sendo o pioneiro na produção de cana-de-açúcar na região de São Mateus no Espírito Santo, introduzindo um sistema de moagem hidráulica revolucionário para a época e sendo responsável pela introdução de imigrantes Italianos nos norte do estado. Também foi major da Guarda Nacional.

Filho de Antônio Rodrigues da Cunha e Rita Maria da Conceição Gomes da Cunha. Casou-se três vezes: com Tomázia da Silva Lima, filha do 1º barão de Itapemirim; em 1889, com Teodósia Vieira Machado da Cunha,filha do Capitão José Vieira Machado e Lina Vieira Machado da Cunha, fazendeiros no Vale do Rio Castelo - ES, sobrinha de José Vieira Machado da Cunha, barão de Rio das Flores, e prima de Manoel Vieira Machado da Cunha, Barão de Aliança; e com Ercília de Almeida Fundão.

A próprio pedido, seu corpo foi sepultado no Cemitério de São Mateus a 14 palmos de profundidade e sem nenhum lápide, sob um arco localizado a direita, depois do portão interno, para que o local de sua sepultura não fosse identificado.

Crystal 128 forward.png
Leia o artigo completo...


 ver·editar História

A história de São Mateus inicia-se no final do século XVI. Não há data precisa da chegada dos primeiros colonos, nem a indicação dos seus nomes, mas, pela tradição oral, os primeiros colonizadores portugueses chegaram a São Mateus por volta de 1544.

É o segundo município mais antigo do Espírito Santo, Brasil. Foi fundado em 21 de setembro de 1544, recebendo autonomia municipal apenas em 1764. Originalmente, chamava-se Povoado do Cricaré, sendo rebatizado no ano de 1566 pelo padre José de Anchieta para o nome de São Mateus. Sua população atual gira em torno dos 121 mil habitantes, sendo considerado um marco na colonização do solo do Espírito Santo.

É considerado o município com a maior população negra do estado. Tal fato se dá, pois, até a segunda metade do século XIX, o Porto de São Mateus era uma das principais portas de entrada de negros no Brasil. Também há a forte presença de italianos, que são responsáveis pela colonização de grande parte dos sertões mateenses.

Crystal 128 forward.png
Veja mais em História de São Mateus
 ver·editar Imagem aleatória
 ver·editar Você sabia que...
  • ...São Mateus é considerado o município com a maior população negra do Espírito Santo?
  • ...em 13 de abril de 1848 Villa Nova do Rio de Sam Matheus a então ganhou foros de cidade?
  • ...inicialmente, o território mateense compreendia 29,8% do território capixaba?
  • ...a Igreja Velha, se concluída, teria mais de 300 metros de comprimento?


 ver·editar Categorias
 ver·editar Artigos relacionados
 ver·editar Colabore
  • Adicione imagens nos artigos.
Colabore!
  • Melhore os artigos sobre São Mateus.
  • Crie artigos relacionados ao município de São Mateus dando visibilidade ao assunto escolhido.


 ver·editar Portais relacionados
 ver·editar São Mateus no...
 ver·editar Veja também