Portal:Virgínia

Bandeira de Virgínia

Portal da Virgínia

Virginia is for lovers

Editar
 Flag of Virginia.svg  O Portal da Virgínia
Localização de Virgínia

Virgínia () é um dos 50 estados dos Estados Unidos. Localiza-se na região sudeste do país. Seu nome oficial é Comunidade da Virgínia (). Foi a primeira área do país a ser colonizada pelos britânicos. Jamestown, uma de suas cidades, foi o primeiro assentamento britânico permanente nas Américas, fundado em 1607. Ali também os colonos britânicos fundaram a segunda instituição de poder legislativo nas Américas, em 1619, seguindo o Conselho da Villa de São Vicente (Brasil, 1547). A região foi nomeada como Virgínia em 1584, pelo explorador britânico Walter Raleigh, em homenagem à rainha Isabel I de Inglaterra, que, à época, também era conhecida como a Rainha Virgem.

Foi uma das Treze Colônias que se rebelaram contra o domínio britânico da região, durante a guerra da independência dos Estados Unidos. O conflito terminou em Virgínia quando forças britânicas, lideradas por Lord Cornwallis, renderam-se em Yorktown, no ano de 1781. Foi o décimo estado a fazer parte da União, em 25 de junho de 1788. Posteriormente, a Virgínia participaria ativamente ao lado dos Estados Confederados da América, na Guerra de Secessão, sendo que a capital confederada, Richmond, localizava-se em seu território. A guerra civil oficialmente terminou quando a principal força confederada, liderada por Robert E. Lee, rendeu-se em Appomattox.

Possui diversos cognomes. O mais conhecido deles é Old Dominion (velho domínio), tendo assim sido cognominada pelo rei Charles II da Inglaterra, por causa da lealdade da população da colônia ao rei. Outra denominação é Mother of Presidents, pois oito presidentes norte-americanos são naturais do estado. São eles George Washington, Thomas Jefferson, James Madison, James Monroe, William Henry Harrison, John Tyler, Zachary Taylor e Woodrow Wilson. Washington, Jefferson, Madison e Monroe são quatro dos cinco primeiros presidentes dos Estados Unidos. Estes e Wilson, foram reeleitos para o cargo.

Outro apelido, menos conhecido, é Mother of States (mãe de estados), pois faziam parte da Virgínia os atuais estados de Kentucky e Virgínia Ocidental. Kentucky emancipou-se em 1792, já a atual Virgínia Ocidental separou-se durante a guerra civil.

Sumários temáticos

Editar
 Flag of Virginia.svg  Artigos destacados
Localização de Jamestown.
Rascunho do Forte de Jamestown em 1608.
Jamestown foi o primeiro assentamento britânico fundado em caráter permanente no continente americano em 14 de maio de 1607, no atual estado americano de Virgínia. Jamestown foi a capital da colônia durante 83 anos, de 1616 até 1699. Atualmente encontra-se em ruínas.


Editar
 Messagebox info.png  História de Virgínia

Após o fim da guerra civil, a Virgínia foi ocupada por forças norte-americanas. Em 1867 o Estado aprovou uma nova constituição, que abolia oficialmente o uso do trabalho escravo, e dava aos afro-americanos do sexo masculino o poder de voto. A Virgínia foi readmitida à União em 26 de janeiro de 1870.

A Virgínia, que até então era primariamente agrária, dependente do algodão que era vendido para países europeus, passou a gradualmente a industrializar-se. Porém, a altíssima dívida do Estado, de mais de 50 milhões de dólares, fez com que a economia ficasse estagnada por décadas, até a década de 1930. Somente na década de 1920, mais de 400 mil pessoas deixaram o Estado. A maioria eram afro-americanos buscando por melhores condições de vida no norte industrializado. Em 1912, Woodrow Wilson tornou-se o presidente dos Estados Unidos, tendo presidido até 1921. Ele foi o oitavo e último nativo da Virgínia a presidir o país.

A Grande Depressão, que iniciara-se em 1929, afetou negativamente a já frágil economia da Virgínia. Porém, o governo do Estado imediatamente tomou medidas para minimizar o problema. Instituiu planos de ajuda social, iniciou a construção de diversas enormes construções para a geração de empregos e fundou várias fábricas, a maioria têxteis, que também passaram a gerar empregos. Um período de rápida industrialização iniciou-se no Estado. A industrialização aumentou com o início da segunda guerra mundial. Milhares de pessoas migraram dos campos para as cidades, e por volta da década de 1950 o Estado possuía mais habitantes morando nas cidades do que nos campos.

Em 1954 a Suprema Corte dos Estados Unidos julgou que a segregação do sistema escolar público da Virgínia era inconstitucional. A Virgínia era um dos Estados que adotara um sistema de segregação, com diferentes escolas para brancos e afro-americanos. O processo de integração durou mais de uma década na conservadora Virgínia.

O processo de industrialização continua até hoje na Virgínia. O Estado têm atraído, por causa de menores custos operacionais, empresas produtoras de produtos químicos e empresas têxteis. Durante a década de 1970 e 1980, o Estado iniciou esforços para a limpeza da então altamente poluída baía de Chesapeake. Em 1989, Lawrence Douglas Wilder tornou-se o primeiro afro-americano a ser eleito governador de Estado em toda a história dos Estados Unidos. Em 1990, a Virgínia assinou com Maryland um tratado conjunto que pretende fazer a limpeza da baía de Chesapeake. Espera-se que este programa tenha término em 2010.

Política

Editar
 Messagebox info.png  Política de Virgínia
Vista do Capitólio do Estado da Virgínia em Richmond.

A atual Constituição da Virgínia foi adotada em 1971. Outras constituições mais antigas haviam sido implementadas em 1776, 1830, 1851, 1869 e em 1907. Emendas à constituição são propostas pelo Poder Legislativo da Virgínia, e para ser aprovada, precisa receber ao menos dois terços dos votos do Senado e da Câmara dos Delegados do Estado, e então ao menos dois terços dos votos da população eleitoral da Virgínia, em um referendo. Emendas também podem ser realizadas através de convenções constitucionais, encontros políticos especiais, que precisam ser aprovadas por ao menos 51% por cada câmara do poder legislativo, e então por ao menos 60% da população eleitoral do Estado, em um referendo. A capital do Estado é Richmond.

O principal oficial do poder executivo na Virgínia é o governador. Este é eleito pelos eleitores para mandatos de até quatro anos de duração. Uma pessoa pode ser eleita quantas vezes puder para o cargo de governador, porém, não mais do que duas vezes em consecutivo.

O poder legislativo do Estado é constituído pelo Senado e pela Câmara dos Delegados. O nome oficial do poder legislativo da Virgínia é Assembleia Geral da Virgínia, que é a instituição de poder legislativo mais antiga ainda em operação nos Estados Unidos, tendo sido fundada em 1619 com o nome de House of Burgesses. O Senado possui um total de 40 membros, enquanto que a Câmara dos Delegados possui um total de 100 membros. A Virgínia está dividido em 40 distritos senatoriais e 100 distritos delegativos. Os eleitores de cada distrito elegem um senador/delegado, que irá representar tal distrito no Senado/Câmara dos Delegados. O termo dos senadores é de quatro anos e o termo dos delegados é de dois anos.

A corte mais alta do poder judiciário da Virgínia é a Suprema Corte da Virgínia. Seus sete juízes são escolhidos pelos membros da Assembleia Geral da Virgínia para mandatos de até 12 anos de duração. Após isto, não podem mais ser escolhidos. A Suprema Corte da Virgínia é liderada pelo juiz com mais anos de experiência profissional na Suprema Corte. Após o fim de seu termo de ofício, outro juiz, aquele com mais anos de experiência na corte, substitui-o como chefe.

O Estado está dividido em 95 condados. A Virgínia possui 39 cidades primárias. Todas as cidades primárias na Virgínia são cidades independentes, significando que não fazem parte de nenhum condado. Para uma cidade secundária (town) ser elevada à categoria de cidade primária (city), uma população de no mínimo cinco mil habitantes é necessária, onde então uma votação é realizada no município, onde a população votará a favor ou contra a elevação de categoria.

Mais da metade da receita do orçamento do governo da Virgínia é gerada por impostos estaduais. O resto vêm de verbas recebidas do governo federal e de empréstimos. Em 2002, o governo do Estado gastou 28,044 bilhões de dólares, tendo gerado 23,577 bilhões de dólares. A dívida governamental da Virgínia é de 13,785 bilhões de dólares. A dívida per capita é de 1 892 dólares, o valor dos impostos estaduais per capita é de 1 754 dólares, e o valor dos gastos governamentais per capita é de 3 848 dólares.

O Partido Democrata dominou politicamente a Virgínia durante a maior parte da história do Estado, com o seu suporte atingido seu ápice durante as décadas que se sucederam à guerra civil. A partir da década de 1930, porém, o Partido Republicano passou a ganhar crescente força política no Estado. A partir da década de 1950, os votos do colégio eleitoral do Estado passaram a favorecer candidatos republicanos na maioria das eleições presidenciais (anteriormente, a grande maioria das eleições presidenciais haviam sido dominadas pelos democratas, na Virgínia). Em 1969, Linwood Holton tornou-se o primeiro governador republicano eleito da história do Estado. Nas décadas de 1970, 1980 e 1990, os republicanos já se tinham tornado o partido político dominante. Porém a partir dos anos 2000, os republicanos passaram a perder força no estado, a Virgínia não elege mais nenhum senador republicano desde 2002, nenhum republicano ocupa mais o cargo de governador do estado desde 2006 e nenhum republicano ganha mais as eleições presidenciais no estado desde as eleições de 2008, quando Barack Obama ganhou na Virgínia, sendo o primeiro democrata a ganhar no estado desde Lyndon Johnson nas eleições de 1964, sua vitória surpreendeu muitos analistas políticos no até então estado republicano, Obama ganhou na Virgínia novamente nas eleições de 2012, nas eleições de 2016 a candidata democrata Hillary Clinton ganhou na Virgínia, atualmente a Virgínia é um swing state, porém o Partido Democrata vem recuperando o seu prestígio rapidamente no estado, em 2017 o político democrata Ralph Northam foi eleito governador do estado com 54% dos votos derrotando o seu rival republicano Ed Gillespie que ficou com 45% dos votos, segundo muitos analistas políticos a Virgínia voltará a ser um estado democrata nas próximas décadas, porém os republicanos ainda controlam a Assembleia Legislativa do estado e a maior parte dos deputados no Congresso.

A Virgínia é um dos quatro Estados norte-americanos a usar o termo commonwealth, os outros três são Kentucky, Massachusetts, e Pensilvânia.

Geografia

Editar
 Messagebox info.png  Geografia de Virgínia
Mapa da Virgínia e de seus 43 condados.

A Virgínia limita-se com a Virgínia Ocidental, com Maryland e com o Distrito de Columbia ao norte, com a baía de Chesapeake e o oceano Atlântico a leste, com a Carolina do Norte e o Tennessee ao sul, e o com Kentucky e a Virgínia Ocidental a oeste. A baía de Chesapeake divide o Estado em dois, com a pequena porção oriental sendo um exclave completamente separado do Estado. Esta porção oriental, parte da península Delmarva, limita-se única e exclusivamente com Maryland ao norte, sendo cercado por água a leste, sul e oeste.

A Virgínia possui 320 quilômetros de extensão norte-sul e 690 quilômetros de extensão leste-oeste. A área do estado é de 110 786,6 km², dos quais 8 507,7 km² são corpos d' água.[1] É o 35º maior estado americano em área do país. O litoral com o oceano Atlântico possui 180 quilômetros de extensão. Contando-se baías, reentrâncias e ilhas, o litoral da Virgínia possui cerca de 5 330 quilômetros de extensão. Os maiores rios que atravessam o estado são os rios Potomac e o James. Florestas cobrem cerca de 60% do estado. A maior parte das florestas estão localizadas no oeste, no centro-sul e no noroeste da Virgínia.

A Virgínia pode ser dividida em cinco distintas regiões geográficas. As três primeiras fazem parte dos Apalaches:

Mapa topográfico da Virgínia. As faixas paralelas marrons que acompanham a fronteira do Estado no noroeste são as Cadeias e Vales do Apalache, enquanto a faixa única marrom que corre mais no interior do Estado são as Montanhas Blue Ridge.
  • O Planalto dos Apalaches cobre o extremo oeste da Virgínia. É uma região caracterizada por um terreno relativamente acidentado, com vales profundos, irregulares e estreitos. É praticamente toda coberta por florestas. Possui uma altitude média de 600 metros.
  • As Cadeias e Vales dos Apalaches estendem-se ao longo do oeste e do noroeste da Virgínia. Caracteriza-se pela presença de cadeias paralelas de montanhas e vales fluviais, o que torna o terreno da região muito acidentado.
  • As Montanhas Blue Ridge são uma longa e estreia região localizada imediatamente a leste das Cadeias e Vales do Apalache. Está localizada no centro-sul da Pensilvânia. É o começo de uma cadeia de montanhas que estende-se da Pensilvânia até a Geórgia. É uma longa cadeia de montanhas - as mais altas dos Apalaches, onde estão localizados os pontos mais altos do Estado. O pico mais alto da Virgínia é o Monte Rogers, que possui 1 746 metros de altitude.
  • O Piemonte estende-se imediatamente ao leste de Blue Ridge. O planalto do Piemonte cobre cerca de 45% da Virgínia. É uma zona de transição entre as Montanhas Blue Ridge e as Planícies Litorâneas. A altitude do Piemonte cai gradualmente à medida que se viaja em direção a leste. Caracteriza-se pelo seu terreno relativamente plano e pouco acidentado. Sua altitude média é de 250 metros.
  • As Planícies Litorâneas do Atlântico estão localizadas no leste do Estado. Caraterizam-se pela sua baixa altitude, seu solo muito fértil e pelo seu terreno plano e muito pouco acidentado.


Editar
 Messagebox info.png  Clima de Virgínia

A Virgínia possui um clima temperado, com quatro distintas estações, com verões quentes, e invernos relativamente frios. A proximidade do Estado com o oceano Atlântico tornam as temperaturas no inverno mais amenas ao longo do litoral. As regiões montanhosas da Cadeia dos Apalaches, especialmente aquelas próximas a Blue Ridge, registram as temperaturas mais baixas do Estado o ano inteiro.

A temperatura média no inverno é de 5°C no litoral e de 0 °C na Cadeia dos Apalaches. No verão, as maiores temperaturas também são registradas ao longo do litoral. A temperatura média, no verão, no litoral, é de 26 °C, de 24 °C no sudoeste e de 20 °C no sudeste. A temperatura mais alta já registrada na Virgínia é de 43 °C, registrada em 5 de julho de 1900, em Columbia; e a temperatura mais baixa já registrada é de -30 °C, em 22 de janeiro de 1985. Máximas variam entre 20 °C e 38 °C no verão, e entre -15 °C e 10 °C no inverno. Mínimas variam entre 14 °C no verão até -25 °C no inverno.

A taxa de precipitação média anual de chuva no Estado é de 104 centímetros. As maiores médias são registradas no leste do Estado, onde a média é de 130 centímetros. Já o centro-norte e o oeste possuem as menores médias de precipitação, de apenas 98 centímetros. As taxas de precipitação média anual de neve variam entre 50 centímetros no sudoeste a 230 centímetros no noroeste da Virgínia.

Cultura

Editar
 Flag of Virginia.svg  Biografia selecionada
Página 'Donna Shalala' não encontrada
Editar
 Flag of Virginia.svg  Educação em Virgínia

A primeira escola pública em todo os Estados Unidos foi fundada em 1635 em Hampton. Até meados do século XIX, a maioria das escolas da Virgínia eram privadas. Professores eram pagos com dinheiro, alimentos ou utensílios agropecuários. O Estado instituiu um sistema estadual de escolas públicas em 1810, quando verbas foram destinadas para a construção e manutenção de escolas públicas, para a educação de crianças pobres. Em 1829, a Virgínia aprovou um ato onde os condados do Estado poderiam estabelecer distritos escolares públicos caso quisessem. Poucos distritos foram criados porém, porque a maioria dos governos dos condados da Virgínia acreditava que pagar pela educação de crianças era uma obrigação dos pais, e não deveria utilizar dinheiro público. Em 1851, o Estado instituiu fundos destinados às escolas públicas. Escolas públicas, porém, somente tornaram-se comuns a partir da década de 1870.

Atualmente, todas as instituições educacionais na Virgínia precisam seguir regras e padrões ditadas pelo Conselho Estadual de Educação do Virgínia. Este conselho controla diretamente o sistema de escolas públicas, que está dividido em diferentes distritos escolares. Cada cidade primária (city), diversas cidades secundárias (towns) e cada condado, é servida por um distrito escolar. Nas cidades, a responsabilidade de administrar as escolas é do distrito escolar municipal, enquanto que em regiões menos densamente habitadas, esta responsabilidade é dos distritos escolares operando em todo o condado em geral. A Virgínia permite a operação de escolas charter - escolas públicas independentes, que não são administradas por distritos escolares, mas que dependem de verbas públicas para operarem. O atendimento escolar é compulsório para todas as crianças e adolescentes com mais de cinco anos de idade, até a conclusão do segundo grau ou até os dezessete anos de idade.

Em 1999, as escolas públicas do Estado atenderam cerca de 1,134 milhões de estudantes, empregando aproximadamente 81,1 mil professores. Escolas privadas atenderam cerca de 100,2 mil estudantes, empregando aproximadamente 9,4 mil professores. O sistema de escolas públicas consumiu cerca de 7,137 bilhões de dólares, e o gasto das escolas públicas foi de aproximadamente 6,1 mil dólares por estudante. Cerca de 87,8% dos habitantes do Estado com mais de 25 anos de idade possui um diploma de segundo grau.

A primeira biblioteca pública do Estado foi fundada em 1794. Atualmente, a Virgínia possui 90 sistemas de bibliotecas públicas, que movimentam anualmente uma média de 7,9 livros por habitante. A primeira instituição de educação superior da Virgínia, a Faculdade de William e Maria, foi fundada em 1693. Atualmente, a Virgínia possui 100 instituições de educação superior, dos quais 38 são públicas e 62 são privadas. O estado não possui um sistema de instituições de educação superior, embora administre diversas universidades e faculdades públicas, cada uma de forma independente em relação à outra. A maior instituição de educação superior do Estado é a Universidade de Virgínia, fundada em 1819, em Charlottesville.
Editar
 Flag of Virginia.svg  Transportes e comunicações

Em 2002, a Virgínia possuía 5 985 quilômetros de ferrovias. Em 2003, o estado possuía 196 697 quilômetros de vias públicas, dos quais dois mil quilômetros eram rodovias interestaduais, parte do sistema rodoviário federal dos Estados Unidos. Um túnel de 29 quilômetros de comprimento conecta a península Delmarva com o resto da Virgínia. Ambas são separadas pela baía de Chesapeake.

O aeroporto mais movimentado do Estado é o Aeroporto Internacional Washington Dulles, localizado em Dulles. Outros aeroportos importantes estão localizados em Arlington, Richmond, Newport News, Norfolk e Roanoke.

A Virgínia também possui um sistema extensivo de rotas hidroviárias. O centro portuário mais movimentado do Estado é o porto de Norfolk, que é um líder nacional na fabricação de grandes navios.

O primeiro jornal publicado na Virgínia foi o Virginia Gazette, publicado pela primeira vez em Richmond, em 1736. Atualmente são publicados no Estado cerca de 200 jornais, dos quais 27 são diários. São impressos cerca de 400 periódicos.

A primeira estação de rádio da Virgínia foi fundada em 1923, em Norfolk, e a primeira estação de televisão do Estado foi fundada em 1947, em Richmond. Atualmente, a Virgínia possui 256 estações de rádio - dos quais 123 são AM e 133 são FM - e 33 estações de televisão.
Editar
 Flag of Virginia.svg  Demografia de Virgínia
Crescimento populacional
Censo Pop.
1790691 737
1800807 55716,7%
1810877 6838,7%
1820938 2616,9%
18301 044 05411,3%
18401 025 227−1,8%
18501 119 3489,2%
18601 219 6309,0%
18701 225 1630,5%
18801 512 56523,5%
18901 655 9809,5%
19001 854 18412,0%
19102 061 61211,2%
19202 309 18712,0%
19302 421 8514,9%
19402 677 77310,6%
19503 318 68023,9%
19603 966 94919,5%
19704 648 49417,2%
19805 346 81815,0%
19906 187 35815,7%
20007 078 51514,4%
20108 001 02413,0%
20208 631 3937,9%
Fonte: US Census
Pirâmide etária da população da Virgínia.

De acordo com o censo nacional de 2000, a população da Virgínia em 2000 era de 7 078 515 habitantes, um crescimento de 13,8% em relação à população do Estado em 1990, de 6 216 568 habitantes. Uma estimativa realizada em 2005 estima a população em 7 567 465 habitantes, um crescimento de 21,7% em relação à população em 1990; de 6,9% em relação à população em 2000; e de 1,2% em relação à população estimada em 2004.

O crescimento populacional natural da Virgínia entre 2000 e 2005 foi de 231 055 habitantes - 531 476 nascimentos menos 300 421 óbitos - o crescimento populacional causado pela imigração foi de 139 977 habitantes, enquanto que a migração interestadual resultou no ganho de 103 521 habitantes. Entre 2000 e 2005, a população da Virgínia cresceu em 488 435 habitantes, e entre 2004 e 2005, em 86 133 habitantes.

6,5% da população da Virgínia possui menos de cinco anos de idade, 24,6% possui menos de 18 anos de idade e 11,2% da população possui 65 anos ou mais de idade. Pessoas do sexo feminino compõem aproximadamente 51% da população do Estado.
Editar
 Flag of Virginia.svg  Desportos em Virgínia

A Virginia é o estado mais populoso dos Estados Unidos sem nenhuma equipe em nenhuma das principais ligas profissionais do país. As razões para isso incluem a falta de uma grande cidade ou mercado dominante no estado, a proximidade de equipes em Washington, D.C. e na Carolina do Norte e a relutância em financiamento público de estádios. Apesar disso os campos de treinamento dos times de futebol americano Washington Redskins da NFL e do time de hóquei no gelo Washington Capitals encontram-se no estado. Encontra-se também times em ligas menores como no futebol o Richmond Kickers da USL e vários times de ligas menores de beisebol.

No automobilismo destacam-se os circuitos ovais Martinsville Speedway e Richmond Raceway, ambos fazendo parte da principal categoria da NASCAR.
Editar
 Flag of Virginia.svg  Categorias
Editar
 Flag of Virginia.svg  Tópicos
O cardeal-vermelho é o pássaro símbolo do estado

O símbolo mais antigo da Virgínia é a alcunha do estado, embora nunca tenho sido elevada ao status de oficial por disposições legais. A Virgínia deu o título de Dominion ao rei Carlos II da Inglaterra na época da restauração da monarquia inglesa, e a alcunha atual, Old Dominion, uma referência àquele título. Outro apelido, "mãe de presidentes", também é uma referência histórica, pois o estado é terra natal de oito presidentes dos Estados Unidos, incluindo quatro dos cinco primeiros: George Washington, Thomas Jefferson, James Madison, James Monroe, William Henry Harrison, John Tyler, Zachary Taylor e Woodrow Wilson. O virginiano Sam Houston foi presidente da República do Texas.

A maioria dos símbolos oficiais estaduais foram estabelecidos no final do século XX, ainda que o selo oficial e o lema estadual sejam oficiais da Virgínia desde a sua declaração de independência. A Virgínia não possui nenhuma canção estadual desde 1997, ano em que a letra da música Carry Me Back to Old Virginny, declarada como canção estadual em 1940, teve o status retirado, sendo até os dias de hoje reclassificada como canção estadual emérita.

Editar
 Flag of Virginia.svg  Portais relacionados




Territórios fronteiriços

Aqueles listados em negrito itálico são Portais em destaque.


Editar
 Flag of Virginia.svg  Wikimedia


  1. «United States Summary: 2010 Population and Housing Unit Counts» (PDF). census.gov. Departamento do Censo dos Estados Unidos (setembro de 2012). Consultado em 9 de maio de 2021 

Purgar cache do servidor