Portal:Wisconsin

Bandeira do Wisconsin

Portal de Wisconsin

Badger State

Editar
 Flag of Wisconsin.svg  O Portal de Wisconsin
Localização de Wisconsin

O Wisconsin (/wɪsˈkɒnsɨn/) é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localizado na região norte do país. O Wisconsin possui um dos maiores rebanhos de gado bovino do país. O estado é o maior produtor nacional de queijo e manteiga, e o segundo maior produtor de leite do país. A indústria agropecuária já foi a fonte de renda mais importante do estado. Porém, atualmente, as principais fontes de renda são, em ordem decrescente de importância, a prestação de serviços financeiros e imobiliários, a indústria de manufatura e o turismo.

Historicamente, o Wisconsin tem-se destacado por ter sido o local de nascimento do progressivismo político na história dos Estados Unidos, durante as décadas de 1890 e 1900. O Wisconsin é pioneiro na adoção de direitos laborais, reformas econômicas, sociais e educacionais, e foi o primeiro estado a abolir a pena de morte no país. O Wisconsin também se destaca por ser um grande centro educacional, área onde o Estado também é pioneiro. A primeira universidade norte-americana a aceitar cursos onde o ensino era realizado a distância, via correspondências, e o primeiro jardim de infância norte-americano foram fundados no Wisconsin.

Os primeiros exploradores europeus no Wisconsin foram os franceses. O Wisconsin fizera parte da colônia francesa de Nova França até 1763, quando passou a ser controlada pelo Reino da Grã-Bretanha. Em 1783, após a independência dos Estados Unidos, a região que atualmente constitui o Wisconsin passou a ser administrada pelo último. Esta região fez parte de numerosos territórios norte-americanos até 20 de abril de 1836, quando o Território de Wisconsin foi fundado. Em 29 de maio de 1848, o Wisconsin tornou-se o 30º estado norte-americano.

Wisconsin é uma palavra de origem nativa norte-americana. Porém, não se sabe ao certo o significado desta palavra, que pode significar agrupamento de águas, campos selvagens de arroz, terra natal ou grande rocha.

Sumários temáticos

Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Artigos destacados
Joseph McCarthy.jpg

Joseph Raymond McCarthy (14 de novembro de 1908, Grand Chute, Wisconsin2 de maio de 1957, Bethesda, Maryland) foi um político norte-americano, membro inicialmente do Partido Democrata, e mais tarde do Partido republicano. McCarthy foi senador do estado de Wisconsin entre 1947 e 1957.

Nascido e criado em uma fazenda em Wisconsin, McCarthy graduou-se em direito em 1935 e em 1939 foi eleito o mais jovem juiz da história do estado. Aos 33 anos, McCarthy inscreveu-se como voluntario no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e serviu durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1946 elegeu-se para o Senado dos Estados Unidos e depois de três anos sem grande destaque, em fevereiro de 1950 McCarthy subitamente se destaca no cenário nacional ao afirmar em um discurso que tinha uma lista dos "membros do Partido Comunista e dos membros de uma rede de espionagem" empregados dentro do Departamento de Estado Norte Americano. Devido as tensões da Guerra Fria que alimentaram temores de subversão comunista generalizada, a declaração de McCarthy o transformou na figura pública mais visível. Passou a ser conhecido por suas declarações de que havia um grande número de comunistas, espiões soviéticos e simpatizantes dentro do governo federal norte-americano.


Editar
 Messagebox info.png  História de Wisconsin

Em fevereiro de 1854, um grupo de políticos do Wisconsin reuniu-se na cidade de Ripon, Wisconsin, para discutir sobre o Ato de Kansas-Nebraska, recentemente aprovado pelo congresso americano. Este ato permitia que os territórios de Kansas e Nebraska utilizassem, caso quisessem, o trabalho escravo, fato que revoltou políticos do Norte abolicionista. Decisões tomadas neste encontro posteriormente ajudariam na fundação do Partido Republicano, ainda em 1854. Em apenas dois anos após sua criação, os republicanos dominaram politicamente o estado. Por mais de um século, os republicanos controlariam, a nível estadual e nacional, as políticas do Wisconsin.

Durante a década de 1890, uma ala do Partido Republicano no Wisconsin dividiu-se do restante do partido. Esta ala, composta por republicanos liderados por Robert M. La Follette. Esta ala republicana era contra a liderança do Partido Republicano - tanto no estado quanto no país - liderado primariamente por políticos que defendiam os interesses da indústria ferroviária. No Wisconsin, pesadamente dependente da indústria agropecuária, esta, por sua vez, dependente da indústria ferroviária, a maioria dos republicanos apoiou a ala contra os líderes dos republicanos no Wisconsin.

Apesar de não ter o apoio dos líderes do partido, Robert foi escolhido pela maioria do partido no estado a candidato nas eleições estaduais para governador de 1900. La Follette venceu as eleições. Ele governou o estado até 1906, tendo sido reeleito em 1902 e 1904. Neste meio-termo, Robert adotou diversos atos e leis, que davam prioridade à população rural do estado, e não aos ricos proprietários de ferrovias. Estes atos e leis incluem impostos aplicados à herança, a regulação dos preços - até então abusivos - cobrados para o transporte de carga de e para o estado, o melhoramento do sistema público de ensino e de novos impostos para a indústria ferroviária. Robert indicou diversos universitários para atuarem no governo, parte da ideia que o próprio chamou de "ideia do Wisconsin", ideia baseada no pensamento que o estado deveria ser governado por pessoas experientes com um dado assunto - com ou sem influência político-econômica - e não somente por pessoas meramente influenciais. Tais programas de governo ficaram conhecidos como programas progressistas.

Em 1911, o Legislativo do Wisconsin aprovou leis trabalhistas, que protegiam trabalhadores vítimas de acidentes de trabalho, por causa da negligência dos proprietários. Foi o primeiro estado americano a adotar uma lei do gênero. O estado prosperaria com a Primeira Guerra Mundial, graças aos altos preços de produtos agrários em geral e da alta demanda destes produtos. Porém, após a guerra, os preços de produtos agrários em geral caíram no mercado, causando uma grande recessão econômica no estado, então dependente do cultivo de trigo e milho.

A recessão agravaria-se drasticamente com a Grande Depressão da década de 1930. Durante muito desta década, o estado seria governado por Philip F. La Follette, filho de Robert M. La Follette, eleito em 1930, reeleito em 1934 e em 1936. Philip propôs a criação de um programa de assistência sócio-econômica estadual em 1930. O programa foi aprovado pelo Legislativo, e o Wisconsin foi o primeiro estado americano a adotar um programa deste gênero no país. Posteriormente, Philip criaria diversos organizações governamentais e programas visando minimizar os efeitos da recessão no estado. A maior parte destas organizações e programas foram paralisados após a saída de Philip do governo do estado, em 1938.

Os efeitos da Grande Depressão teriam fim somente com a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. A indústria agropecuária do Wisconsin recuperou-se. Além disso, o estado passou a industrializar-se rapidamente. Após a o fim da guerra, com a queda dos produtos agropecuários no mercado, a importância da indústria agropecuária passou a cair gradualmente. A indústria de manufatura já era a principal fonte de renda do estado no início da década de 1950. A partir da década de 1960, o turismo passou a ser outra fonte de crescente importância para a economia do estado.

O Wisconsin passou a tornar-se um grande centro de fornecimento de educação superior durante a década de 1950. Diversas universidades e faculdades públicas foram construídas pelo governo do estado, e outras, construídas por empresas privadas, graças a incentivos fiscais fornecidos pelo estado. Somente entre 1950 e 1970, a Universidade de Wisconsin fundou 15 campi em diferentes cidades do estado. Em 1971, a Universidade de Wisconsin seria fundida com a Universidade Estadual de Wisconsin, criando assim o atual Sistema de Universidades de Wisconsin. Atualmente, o fornecimento de serviços de educação superior a estudantes vindos de outros estados do país ou do exterior é uma das principais fontes de renda do Wisconsin.

Política

Editar
 Messagebox info.png  Política de Wisconsin

Robert Marion La Follette (Primrose, 14 de junho de 1855 - Washington, 18 de junho de 1925) foi um politico americano, membro da Câmara dos Representantes, senador e governador do Wisconsin. Ele concorreu para Presidente nas eleições de 1924, mas ficou em terceiro lugar com quase 17% dos votos populares.

La Follette nasceu no dia 14 de junho de 1855 em Primrose, Wisconsin. Ele estudou na Universidade de Wisconsin-Madison. La Follette foi casado com Belle Case Le Follette de 1881 até sua morte em 1925. Eles tiveram quatro filhos.

De 1901 até 1906, La Follette serviu como governador de Wisconsin, de 1906 até sua morte foi senador pelo mesmo estado. No Senado, ele se opôs ao envolvimento americano na Primeira Guerra Mundial, ele defendeu fortemente leis sobre o trabalho infantil, segurança social, sufrágio feminino, e outras reformas progressistas.

Na corrida presidencial de 1924 disputou a presidência pelo partido progressista ele chegou em terceiro lugar, atrás do Presidente Calvin Coolidge e do candidato democrata John W. Davis, La Follette obteve 4.822.856 votos de um total de 21 milhões, ou 16,67% dos votos, conquistando 13 votos eleitorais de Wisconsin, seu estado natal, e ficando em segundo em 11 estados do leste. Seus partidários eram norte-americanos, principalmente os descendentes de alemães, ferroviários, alguns sindicalistas, os membros do Partido Socialista americano, os agricultores, e alguns ex-partidários de Theodore Roosevelt.

Os 17% dos votos de Robert La Follette representam a melhor colocação para um terceiro lugar nas eleições norte americanas, só superado por Theodore Roosevelt em 1912 e Ross Perot, em 1992.

Dois de seus filhos entraram para a politica, Robert Marion La Follette Jr. foi senador de Wisconsin de 1925 a 1947; E Philip La Follette foi governador do Wisconsin por dois mandatos não consecutivos durante a década de 1930.

Robert morreu em 18 de junho de 1925, em Washington, DC de uma doença cardíaca, ele tinha 70 anos.

Geografia

Editar
 Messagebox info.png  Geografia de Wisconsin
O lago superior.

O lago Superior é o maior dos cinco Grandes Lagos, e o maior lago de água doce do mundo em extensão territorial (e o terceiro em volume). Localiza-se entre o Canadá (província de Ontário) e os Estados Unidos (estados de Michigan, Minnesota e Wisconsin).

Com uma área de 82.414 km², o lago Superior situa-se na área menos densamente habitada dos cinco Grandes Lagos. Cidades importantes no litoral do lago Superior são Sault Saint Marie e Thunder Bay, em Ontário, Sault Ste. Marie em Michigan, e Duluth, em Minnesota.


Editar
 Messagebox info.png  Clima de Wisconsin

O Wisconsin possui um clima temperado. Os invernos do interior do Wisconsin são rigorosos, e os verões, no interior, muito quentes. Já as regiões próximas aos Grandes Lagos possuem invernos menos severos e verões mais amenos.

No inverno, a temperatura cai à medida que se viaja em direção ao norte e longe dos Grandes Lagos. As menores temperaturas médias são registradas no noroeste do estado, a cerca de 60 km ao sul do Lago Superior, onde a temperatura média é de -11 °C. Já o sudeste possui uma temperatura média de -6°C. A temperatura mais baixa já registrada no estado foi de -48 °C, registrada em Coulderay, em 4 de fevereiro de 1996.

No verão, a temperatura aumenta à medida que se viaja em direção ao interior do estado. As maiores temperaturas médias são registradas no sudoeste, de 26 °C. As menores temperaturas são registradas no extremo norte, de 20 °C. A temperatura mais alta já registrada no Wisconsin foi de 46 °C, em Wisconsin Dells, em 13 de julho de 1936.

A taxa de precipitação média anual de chuva do Wisconsin é de 79 cm, variando entre mais de 90 cm no extremo sul a menos de 75 no extremo noroeste. A taxa de precipitação média anual de neve varia entre 250 cm no norte a 76 cm no sul.

Cultura

Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Biografia selecionada
William Howard Taft 1909b.jpg

William Howard Taft (Cincinnati, 15 de setembro de 1857Washington, D.C., 8 de março de 1930) foi um advogado e político norte-americano que serviu como o 27.º Presidente dos Estados Unidos de 1909 a 1913 e também 10.º Juiz-Chefe dos Estados Unidos entre 1921 e 1930, a única pessoa na história a servir nos dois cargos. Taft foi eleito presidente na eleição de 1908 como o sucessor escolhido de Theodore Roosevelt, porém foi derrotado para reeleição em 1912 por Woodrow Wilson depois de Roosevelt ter saído do Partido Republicano e concorrido como um candidato independente. O presidente Warren G. Harding posteriormente nomeou Taft como Juiz-Chefe, posição que ocupou até renunciar apenas um mês antes de sua morte.

Taft nasceu dentro de uma família modesta, porém extremamente exigente sobre sucesso. Ele estudou em Yale até 1878, tornando-se em seguida um advogado e depois juiz com menos de trinta anos. Ele continuou com sua rápida ascensão, sendo nomeado Advogado-Geral e juiz do Tribunal de Apelações. O presidente William McKinley o nomeou em 1901 como governador-geral civil das Filipinas. Taft tornou-se em 1904 o Secretário da Guerra de Roosevelt, que pessoalmente o escolheu para ser seu sucessor na presidência. Ele recusou várias ofertas de nomeação para a Suprema Corte dos Estados Unidos, apesar de sua ambição pessoal de virar Juiz-Chefe, por acreditar que seu trabalho político era mais importante.

Taft enfrentou pouca oposição para garantir a indicação Republicana a presidente em 1908, facilmente derrotando William Jennings Bryan, o candidato do Partido Democrata, na eleição. Na Casa Branca ele focou-se mais na Ásia Oriental do que na Europa e também repetidamente interveio para estabelecer ou remover governos em países latino-americanos. Taft procurou reduzir impostos de comércio, então uma grande fonte de renda governamental, porém o projeto de lei resultante foi muito influenciado por interesses especiais. Seu governo estava cheio de conflitos entre a ala conservadora, da qual Taft frequentemente simpatizava, e a ala progressista, da qual Roosevelt se aproximava cada vez mais. Controvérsias dentro da administração separaram mais os dois homens. O ex-presidente desafiou seu sucessor para renomeação em 1912, porém este usou seu controle do maquinário partidário para ganhar a maioria dos delegados. Roosevelt deixou o partido e Taft ficou com poucas chances de reeleição.

Taft voltou para Yale como professor após deixar a presidência, continuando sua atividade política e trabalhando contra a Primeira Guerra Mundial através da Liga para Reforçar a Paz. Harding o nomeou em 1921 como Juiz-Chefe. Taft era conservador em questões de negócios, porém durante seu mandato ocorreram avanços nos direitos individuais. Ele renunciou do cargo em fevereiro de 1930 devido problemas de saúde e morreu um mês depois, sendo enterrado no Cemitério Nacional de Arlington. Taft geralmente é avaliado como um presidente mediano em avaliações históricas de ex-presidentes.
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Educação em Wisconsin

A primeira escola pública do Wisconsin foi fundada em 1845, por Michael Frank, em Kenosha. Três anos depois, em 1848, o governo do estado aprovou a criação de um sistema de educação pública, fundeado com verbas fornecidas pelo governo do estado. Esta lei obrigava toda criança e adolescente entre quatro e vinte anos de idade a frequentar a escola. Foi no Wisconsin que o primeiro jardim de infância americano foi fundado, em 1856, em Watertown.

Atualmente, todas as instituições educacionais no Wisconsin precisam seguir regras e padrões ditadas pelo Departamento Estadual de Educação do Wisconsin. Este departamento controla diretamente o sistema de escolas públicas do estado, que está dividido em diferentes distritos escolares. O departamento é liderado por um supierintendente de educação pública, que não pode ter nenhuma afiliação política, a mandatos de até quatro anos de duração. Cada cidade primária (city), diversas cidades secundárias (towns) e cada condado, é servida por um distrito escolar. Nas cidades, a responsabilidade de administrar as escolas é do distrito escolar municipal, enquanto que em regiões menos densamente habitadas, esta responsabilidade é dos distritos escolares operando em todo o condado em geral. O Wisconsin permite a operação de escolas charter - escolas públicas independentes, que não são administradas por distritos escolares, mas que dependem de verbas públicas para operarem. Atendimento escolar é compulsório para todas as crianças e adolescentes com mais de seis anos de idade, até a conclusão do segundo grau ou até os dezessete anos de idade.

Em 1999, as escolas públicas do estado atenderam cerca de 878,8 mil estudantes, empregando aproximadamente 60,8 mil professores. Escolas privadas atenderam cerca de 139,5 mil estudantes, empregando aproximadamente dez mil professores. O sistema de escolas públicas do estado consumiu cerca de 6,621 bilhões de dólares, e o gasto das escolas públicas foi de aproximadamente 8,1 mil dólares por estudante. Cerca de 89% dos habitantes do estado com mais de 25 anos de idade possuem um diploma de segundo grau.

O Wisconsin possui atualmente 379 sistemas de bibliotecas públicas que movimentam anualmente uma média de 9,2 livros por habitante. A primeira instituição de educação superior do Wisconsin foi a Faculdade Milton, fundada em Milton, em 1844. O estado possui atualmente 68 instituições de educação superior, dos quais 31 são públicas e 37 são privadas. O sistema público de universidades estaduais do Wisconsin é o Sistema de Universidades do Wisconsin, que administra 13 universidades localizadas em diversas cidades do estado.
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Transportes e comunicações

A primeira ferrovia inaugurada no Wisconsin, conectando Milkauwee e Waukesha, foi fundada em 1851. O Wisconsin, em 2002, possuía 5 588 quilômetros de ferrovias. Em 2003, o estado possuía 178 597 quilômetros de vias públicas, dos quais 1 199 quilômetros eram rodovias interestaduais, considerados parte do sistema federal rodoviário dos Estados Unidos. Atualmente, seis companhias ferroviárias fornecem serviço de transporte de carga no estado, e a Amtrack oferece serviço de transporte de passageiros entre dez cidades do Wisconsin. O principal centro ferroviário e aeroportuário do estado é Milkauwee, o principal centro rodoviário é Madison, e o principal centro portuário é Duluth. Milwaukee possui o aeroporto mais movimentado do estado, o Aeroporto Internacional de Milwaukee. Outros centros aeroportuários movimentados do Wisconsin são Madison e Green Bay.

O primeiro jornal publicado no Wisconsin foi o Green Bay Intelligencer, publicado pela primeira vez em Green Bay, em 1833. O jornal mais antigo do estado ainda em publicação, por sua vez, é o Milwaukee Sentinel, publicado pela primeira vez em 1837 em Milwaukee. O Milwaukee Sentinel fundiu-se com o Milwaukee Journal em 1995, criando o Milwaukee Journal Sentinel. Atualmente são publicados no Wisconsin cerca de 400 jornais, dos quais 33 são diários. São impressos no estado cerca de 250 periódicos. A primeira estação de rádio do Wisconsin foi fundada em 1919, na Universidade de Wisconsin em Madison. A primeira estação de televisão do estado foi fundada em 1947, em Milwaukee. Atualmente, o Wisconsin possui 238 estações de rádio - dos quais 94 são AM e 144 são FM - e 35 estações de televisão.
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Demografia de Wisconsin
Crescimento populacional
Censo Pop.
18201 444
18303 635151,7%
184030 945751,3%
1850305 391886,9%
1860775 881154,1%
18701 054 67035,9%
18801 315 45724,7%
18901 693 33028,7%
19002 069 04222,2%
19102 333 86012,8%
19202 632 06712,8%
19302 939 00611,7%
19403 137 5876,8%
19503 434 5759,5%
19603 951 77715,1%
19704 417 73111,8%
19804 705 7676,5%
19904 891 7694,0%
20005 363 6759,6%
20105 686 9866,0%
20205 893 7183,6%
Fonte: US Census

O censo americano de 2000 estimou a população do Wisconsin em 5 363 675 habitantes, um crescimento de 6% em relação à população do estado em 1990, de 4 891 769 habitantes. Uma estimativa realizada em 2005 estima a população do estado em 5 536 201 habitantes, um crescimento de 13,2% em relação à população do estado em 1990, de 3,2%, em relação à população do estado em 2000, e de 0,6% em relação à população estimada em 2004.

O crescimento populacional natural do Wisconsin entre 2000 e 2005 foi de 119 347 habitantes - 361 534 nascimentos menos 242 187 óbitos - o crescimento populacional causado pela imigração foi de 46 106 habitantes, enquanto que a migração interestadual resultou no ganho de 14 595 habitantes. Entre 2000 e 2005, a população do Wisconsin cresceu em 172 486 habitantes, e entre 2004 e 2005, em 32 668 habitantes.

6,4% da população do Wisconsin possui menos de 5 anos de idade, 25,5%, menos de 18 anos de idade, e 13,1%, 65 anos de idade ou mais. Pessoas do sexo feminino compõem cerca de 50,6% da população do estado.




Circle frame.svg

Etnias do Wisconsin em 2016.[1]

  Brancos (72.0%)
  Negros (9.9%)
  Latinos (9.8%)
  Asiáticos (4.8%)
  Indígenas (1.0%)
  Outros (2.5%)
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Desportos em Wisconsin

Wisconsin é representado por equipes das principais ligas em três esportes: futebol americano, beisebol e basquetebol. O Lambeau Field, localizado em Green Bay, abriga o Green Bay Packers da NFL. O Packers faz parte da NFL desde a segunda temporada da liga em 1921 e detém o recorde de mais títulos da liga, conquistando a cidade de Green Bay com o apelido de "Titletown USA". Os Packers são a menor franquia da cidade na NFL e a única pertencente a acionistas em todo o estado. A franquia foi fundada por Curly Lambeau, que jogou e treinou no time. O Green Bay Packers é uma das franquias de esportes profissionais de mercado pequeno de maior sucesso no mundo, venceu 13 campeonatos da NFL, incluindo os dois primeiros jogos do Campeonato da AFL-NFL (Super Bowls I e II), Super Bowl XXXI e Super Bowl XLV.

O Milwaukee Brewers, o único time de beisebol da MLB, joga no Miller Park em Milwaukee. Em 1982, o Brewers venceu o Campeonato da Liga Americana, marcando sua temporada de maior sucesso. A equipe mudou da Liga Americana para a Liga Nacional a partir da temporada de 1998. Antes dos Brewers, Milwaukee tinha duas equipes anteriores da MLB. O primeiro time, também chamado de Brewers, jogou apenas uma temporada na recém-fundada Liga Americana em 1901, antes de se mudar para St. Louis e se tornar o Browns, que agora é o Baltimore Orioles. Milwaukee também foi o lar da franquia Braves quando eles se mudaram de Boston de 1953 para 1965, vencendo a World Series em 1957 e o galhardete da Liga Nacional em 1958, antes de se mudarem para Atlanta e se tornarem o atual Atlanta Braves.

The Milwaukee Bucks é o time de basquetebol da NBA, mandam seus jogos no Fiserv Forum. O Bucks venceu o campeonato da NBA em 1971.
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Categorias
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Tópicos
Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Portais relacionados




Territórios fronteiriços

Aqueles listados em negrito itálico são Portais em destaque.


Editar
 Flag of Wisconsin.svg  Wikimedia


Purgar cache do servidor