Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Posta-restante (francês: poste restante) a correspondência que é enviada para a uma Estação de Correios (PT) e lá permanece até que seja reclamada por seu destinatário, mediante pagamento de uma taxa, ou decorra o prazo para levantamento da mesma. Também é o nome do lugar onde essas cartas ficam guardadas.

PortugalEditar

Em Portugal, "O prazo de conservação do correio endereçado à Posta Restante é o último dia do mês seguinte ao da sua receção, findo o qual será enviado para Refugos Postais."[1]. O custo de levantamento por item (carta ou encomenda) é de €0,65 (Dez/2016).

O formato de endereçamento da carta dirigida à Posta-Restante de uma Estação de Correios é:

Nome Cliente;

Posta Restante Loja *******;

Morada Loja CTT;

Código Postal Loja CTT.

Um exemplo de uma carta endereçada à Posta-restante de uma Estação de Correios pode ser encontrada aqui.

BrasilEditar

Serviço

No Brasil, o prazo para retirada de uma encomenda em posta restante é de 20 dias após a recepção do pacote na agencia dos correios, mediante ao pagamento de uma taxa de R$ 3,20 (desde 31/01/2019).

O serviço é prestado pelas agencias próprias dos Correios (ACs) e por algumas Agencias Franqueadas (AGFs) não sendo todas as que o prestam, consulte na agencia franqueada de destino se a mesma presta este serviço antes de realizar a postagem.

Formato de endereçamento:

Destinatário: Nome Completo de quem irá retirar o pcote

Posta Restante Pedida / Nome da agencia

Endereço: Endereço da agência onde o pacote ficará em posta restante Nº Num.

Cidade, Estado da agencia

CEP: Cep Da Agencia

É possível acompanhar o trajeto do pacote e se o mesmo já se encontra disponível para retirada através do Site Dos correios,

Cultura PopularEditar

A expressão aparece neste trecho da música "Futuros amantes", de Chico Buarque:

Não se afobe, não que nada é pra já / o amor não tem pressa, ele pode esperar / em silêncio num fundo de armário, / na posta-restante milênios, milênios no ar
  1. «Posta Restante». CTT. Consultado em 7 de dezembro de 2016