Abrir menu principal

Prémio Arco-íris

Prémios atribuídos pela ILGA Portugal
Prémios Arco-Íris
Cerimónia de 2019 no Mercado da Ribeira
Descrição Reconhecimento e incentivo a personalidades e/ou instituições que, com o seu trabalho, se distinguiram na luta contra a homofobia
Organização Associação ILGA Portugal
País Portugal Portugal
Primeira cerimónia 2003
Última cerimónia presente
Sítio oficial

Os Prémios Arco-íris são atribuídos anualmente pela Associação ILGA Portugal como forma de reconhecimento e incentivo a personalidades e/ou instituições que, com o seu trabalho, se distinguiram na luta contra a homofobia.[1]

Índice

EdiçõesEditar

2018Editar

A cerimónia decorreu a 12 de janeiro de 2019, no Estúdio Time Out - Mercado da Ribeira e foi apresentada por Rita Ferro Rodrigues e Rui Maria Pêgo[2]. Os troféus foram entregues a:

2017Editar

A cerimónia decorreu em 13 de janeiro de 2018, no Estúdio Time Out - Mercado da Ribeira, tendo sido apresentada por Rita Ferro Rodrigues e Joana Barrios[3]. Os troféus foram entregues a:

2016Editar

A cerimónia decorreu em 14 de janeiro de 2017, no Estúdio Time Out - Mercado da Ribeira, tendo sido apresentada por Rita Ferro Rodrigues[4]. Os troféus foram entregues a:[5]

  • Catarina Marques Rodrigues, jornalista pelo artigo A vida no Colégio Militar: “Parece um Big Brother”
  • TAP e Lush pelas boas práticas empresariais
  • Programa “E se fosse consigo?” de Conceição Lino e música de Carlão & Boss AC
  • Rui Maria Pêgo, apresentador
  • Filme Jogo de Damas de Patrícia Sequeira
  • Fim da Discriminação no Acesso à Procriação Medicamente Assistida pela Assembleia da República

2015Editar

A cerimónia decorreu em 9 de Janeiro de 2016, no Maxime Sur Mer, Cais do Sodré, tendo sido apresentada por Ricardo Araújo Pereira e com participação musical de Isaura e Natasha Semmynova.
Os troféus foram entregues a:[6]

  • Susana Bento Ramos, jornalista do programa Repórter TVI pela reportagem "Fronteira da Hipocrisia"
  • Gender Trouble - ciclo de debates, espectáculos, intervenções artísticas e workshops no Teatro Municipal Maria Matos
  • Lorenzo e Pedro, casal que se tornou um fenómeno do Youtube trazendo visibilidade para o espaço público na luta contra o preconceito em função da orientação sexual
  • Associação Nacional de Estudantes de Medicina / Centro Educativo da Bela Vista pelo trabalho de sensibilização e promoção em ações de formação a nível nacional sobre discriminação com base na identidade de género
  • A Tarde É Sua - com apresentação de Fátima Lopes, pela visibilidade dada sobre o acesso a cuidados de saúde para transexuais e da discriminação no acesso às técnicas de procriação medicamente assistida e na adoção.
  • Maria Capaz - plataforma online criada por Rita Ferro Rodrigues e Iva Domingues que deu espaço e impacto às vozes de muitas mulheres, aliando também a luta contra a discriminação das pessoas LGBT e pela igualdade de género.

2014Editar

A cerimónia decorreu em 10 de Janeiro de 2015, no Teatro do Bairro, tendo sido apresentada por Ricardo Araújo Pereira e com participação musical de David Fonseca.
Os troféus criados por Susana Mendes Silva foram entregues a:[7]

2013Editar

A cerimónia decorreu em 11 de Janeiro de 2014, no Teatro do Bairro, tendo sido apresentada por Ricardo Araújo Pereira e com participação musical de Lena D'Água.
Os prémios foram atribuídos a:[8]

2012Editar

A cerimónia decorreu em 19 de Janeiro de 2013, no Ritz Clube, tendo sido apresentada por Ricardo Araújo Pereira.
Os prémios foram atribuídos a:[9][10]

  • Blaya (vocalista Buraka Som Sistema)
  • Cândida Pinto “Momentos De Mudança: Ivo E Hélder – O Casamento” (SIC)
  • “A Bailarina Vai Às Compras”: ENTREtanto TEATRO e Agência para a vida Local da Câmara Municipal de Valongo
  • "Maternidade" (RTP) SP Televisão
  • Richard Zimler
  • Tribunal de Família e Menores do Barreiro

2011Editar

A cerimónia de entrega dos Prémios Arco-íris 2011 aconteceu no dia 11 de janeiro de 2012, no Cinema São Jorge, em Lisboa, contando com as atuações dos Clã e The Gift, numa cerimónia conduzida por Ricardo Araújo Pereira.
Os prémios foram atribuídos a:[11]

2010Editar

Os prémios foram atribuídos a:[13]

2009Editar

Os prémios foram atribuídos a:[14]

2008Editar

Os prémios foram atribuídos a:[16]

2007Editar

Os prémios foram atribuídos a:

2006Editar

Os prémios foram atribuídos a:

2005Editar

Os prémios foram atribuídos a:

2004Editar

Os prémios foram atribuídos a:

2003Editar

Os prémios foram atribuídos a:

Referências

  1. ILGA Portugal. «Prémio Arco-íris, reconhecimento pelo trabalho na luta contra a homofobia». ILGA Portugal. Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  2. http://ilga-portugal.pt/noticias/index.php?codigo=1073
  3. http://www.ilga-portugal.pt/actividades/premios-arco-iris.php
  4. http://premioarcoiris.ilga-portugal.pt/2016/
  5. Prémios Arco-Íris 2016, site oficial da Ilga Portugal
  6. Prémios Arco-Íris 2015, site oficial da Ilga Portugal
  7. Prémios Arco-Íris 2014, site oficial da Ilga Portugal
  8. Prémios Arco-Íris 2013, site oficial da Ilga Portugal
  9. ILGA Portugal (20 de janeiro de 2013). «Prémios Arco-Íris 2012». ilga-portugal.pt. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  10. Bruno Horta. «Arco-Íris no Ritz Clube». Timeout 
  11. ILGA Portugal (2011). «Prémios Arco-Íris 2011». ILGA Portugal. Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  12. «Ana Zanatti vence prémio Arco-Íris com livro infantil». lux.iol.pt. Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  13. ILGA Portugal (2010). «Prémios Arco-Íris 2010». ILGA Portugal. Consultado em 8 de janeiro de 2013 }}
  14. ILGA Portugal (2009). «Prémios Arco-Íris 2009». ILGA Portugal. Consultado em 8 de janeiro de 2013 
  15. http://www1.ionline.pt/conteudo/32974-premios-arco-iris-ricardo-araujo-pereira-e-outras-personalidades-distinguidos-pela-ilga  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  16. ILGA Portugal (2008). «Prémios Arco-Íris 2008». ILGA Portugal. Consultado em 8 de janeiro de 2013 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Prémio Arco-íris