Prêmio APCA de Televisão

Prêmio cultural brasileiro, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte

Prêmio APCA de Televisão é uma das áreas laureadas pelo Prêmio APCA, tradicional premiação brasileira criada em 1956 pela Associação Paulista de Críticos Teatrais (atual Associação Paulista de Críticos de Arte). A área de televisão passou a ser parte do Prêmio APCA em 1972, logo depois da mudança de nome da associação, que até então premiava somente teatro e música clássica. No mesmo ano, passaram a ser também premiados cinema, literatura e música popular, com novas áreas sendo incorporadas ao prêmio no decorrer dos anos subsequentes.[1]

Prêmio APCA de Televisão
65º Prêmio APCA
Estatueta do Prêmio APCA.
Descrição Prêmio entregue aos que se destacaram na teledramaturgia brasileira.
Local São Paulo
País  Brasil
Primeira cerimónia 1972
Detentor APCA

Os ganhadores do Prêmio APCA são escolhidos anualmente entre o final de novembro e o início de dezembro durante a reunião dos críticos membros da APCA. Algumas categorias podem ter uma pré-seleção semestral de finalistas, de acordo com a necessidade. Cada crítico vota exclusivamente dentro de sua área de atuação, selecionando, no máximo, sete categorias em cada área, que podem sofrer alterações a cada ano de acordo com a percepção dos críticos sobre o que seria mais pertinente em cada período (esta regra passou a valer em 1999, pois até 1998 o número de categorias que poderiam ser criadas era livre). Também há a exigência de que um mínimo de três críticos de cada área estejam presentes à votação, o que pode fazer com que não ocorra premiação para determinadas categorias em alguns anos por falta de quórum (houve raras exceções a essa regra no decorrer dos anos).[1][2][3]

Em 2020, devido à pandemia de COVID-19, os vencedores da 65ª edição do Prêmio APCA foram definidos com atraso (em janeiro de 2021) e cada área teve excepcionalmente menos categorias do que nos anos anteriores (a área de Televisão, contudo, foi a menos afetada por essa mudança, tendo seis categorias ao invés de sete, enquanto que, na maioria das áreas, a redução foi para três categorias).[4]

CategoriasEditar

Vencedores por AnoEditar

Lista de premiados:

Década de 1970Editar

1972
Categoria Vencedores Telenovela/Série
Melhor Ator
Paulo Gracindo
Bandeira 2
Melhor Atriz
Dina Sfat
Selva de Pedra
Melhor Roteirista
Dias Gomes
Bandeira Dois
Melhor Diretor
Walter Avancini
Selva de Pedra
Melhor Programa Humorístico
Dom Camilo e os Cabeludos
1973
Categoria Vencedores Telenovela/Série
Melhor Telenovela
O Bem-Amado
Melhor Ator
Gianfrancesco Guarnieri
Mulheres de Areia
Paulo Gracindo
O Bem-Amado
Melhor Atriz
Eva Wilma
Mulheres de Areia
Lélia Abramo
Uma Rosa com Amor
1974
  • Novela: O Espigão, Os Inocentes e Os Ossos do Barão
  • Ator: Antônio Fagundes e João José Pompeo, por O Machão, Cláudio Corrêa e Castro, por Os Inocentes
  • Atriz: Betty Faria e Susana Vieira, por O Espigão, Cleyde Yáconis, por Os Inocentes, e Elza Gomes e Neuza Amaral, por Os Ossos do Barão
1975
  • Grande prêmio da crítica: Gabriela
  • Ator: Rolando Boldrin, por A Viagem, e Tarcísio Meira, por Escalada
  • Atriz: Eva Wilma e Irene Ravache, por A Viagem, e Susana Vieira, por Escalada
  • Revelação de ator: Jaime Barcelos, por Gabriela
  • Revelação de atriz: Elizabeth Savala, por Gabriela
1976
  • Grande prêmio da crítica: Lauro César Muniz, por O Casarão
  • Diretor: Daniel Filho, por Pecado Capital
  • Ator: Lima Duarte, por Pecado Capital, e Mário Lago, por O Casarão
  • Atriz: Betty Faria, por Pecado Capital, Laura Cardoso, por Os Apóstolos de Judas, e Renata Sorrah e Yara Côrtes, por O Casarão
  • Revelação: Kate Hansen, por Os Apóstolos de Judas, e Pepita Rodrigues, por Anjo Mau
  • Revelação de roteirista: Renata Pallottini, por O Julgamento
1977
  • Novela: Espelho Mágico
  • Roteirista: Walter George Durst, por Nina
  • Tema de novela: O Profeta
  • Ator: Antônio Fagundes, por Nina, Carlos Augusto Strazzer, por O Profeta, Lima Duarte, por Espelho Mágico, e Mário Lago, por Nina
  • Atriz: Nicette Bruno, por Éramos Seis, e Rosamaria Murtinho, por Nina
  • Revelação: Lídia Brondi, por Espelho Mágico
1978
  • Novela: Sinal de Alerta
  • Tema de novela: Aritana
  • Ator: Carlos Alberto Riccelli e Jaime Barcelos, por Aritana
  • Atriz: Cleyde Yáconis, por Aritana, e Gracinda Freire, Joana Fomm e Yara Amaral, por Dancin´ Days
  • Revelação de ator: Eduardo Conde, por Sinal de Alerta, e Lauro Corona, por Dancin´ Days
  • Revelação de atriz: Glória Pires, por Dancin´ Days

programa de televisão: Ciranda Cirandinha

1979
  • Novela: Cabocla
  • Série: Malu Mulher
  • Roteirista: Jorge Andrade, por Gaivotas
  • Ator: Paulo Autran, por Pai Herói, Roberto Bonfim, por Cabocla, e Rubens de Falco, por Gaivotas
  • Atriz: Cleyde Yáconis, por Gaivotas, Fernanda Montenegro, por Cara a Cara, Nicette Bruno, por Como Salvar Meu Casamento, e Regina Duarte, por Malu Mulher
  • Revelação de ator: José Dumont, por Plantão de Polícia
  • Revelação de atriz: Narjara Turetta, por Malu Mulher

Década de 1980Editar

1980
  • Série: O Bem-Amado
  • Ator: Jardel Filho, por Coração Alado, e Stênio Garcia, por Carga Pesada
  • Atriz: Dercy Gonçalves, por Cavalo Amarelo, Regina Duarte, por Malu Mulher, e Tônia Carrero, por Água Viva
1981
  • Novela: Os Imigrantes
  • Série: O Bem-Amado
  • Roteirista: Benedito Ruy Barbosa, por Os Imigrantes
  • Diretor: Atílio Riccó, por Os Imigrantes (e Nilton Travesso, pelo programa TV Mulher)
  • Ator: Fernando Torres e Tony Ramos, por Baila Comigo, e Rubens de Falco, por Os Imigrantes
  • Atriz: Fernanda Montenegro, por Brilhante, Kate Hansen, pelos telerromances da TV Cultura, Lílian Lemmertz, por Baila Comigo, e Yoná Magalhães, por Os Imigrantes
  • Revelação masculina: Flávio Guarnieri, por Os Adolescentes, e Ulisses Bezerra, por Os Imigrantes
  • Revelação feminina: Maitê Proença, por As Três Marias
1982
  • Novela: Elas por Elas
  • Roteirista: Cassiano Gabus Mendes, por Elas por Elas
  • Ator: Luís Carlos Arutin, por Os Imigrantes, Luiz Gustavo e Reginaldo Faria, por Elas por Elas, e Roberto Bonfim, por Paraíso
  • Atriz: Cleyde Yáconis, por Ninho da Serpente, Irene Ravache, por Sol de Verão, Marília Pêra, por Quem Ama Não Mata, e Tânia Alves, por Lampião e Maria Bonita
  • Revelação masculina: Aguinaldo Silva e Doc Comparato, por Lampião e Maria Bonita
  • Revelação feminina: Débora Bloch, por Sol de Verão
1983
  • Grande prêmio da crítica: O Bem-Amado (a série)
  • Novela: Guerra dos Sexos
  • Minissérie: Bandidos da Falange
  • Roteirista: Silvio de Abreu, por Guerra dos Sexos
  • Diretor: Jorge Fernando e Guel Arraes, por Guerra dos Sexos
  • Ator: Mário Gomes e Paulo Autran, por Guerra dos Sexos, e Stênio Garcia, por Bandidos da Falange
  • Atriz: Fernanda Montenegro e Yara Amaral, por Guerra dos Sexos
  • Revelação: José Mayer, por Bandidos da Falange
1984
  • Grande prêmio da crítica: Rabo de Saia
  • Novela: Vereda Tropical
  • Minissérie: Santa Marta Fabril
  • Roteirista: Carlos Lombardi e Silvio de Abreu, por Vereda Tropical
  • Diretor: Jorge Fernando e Guel Arraes, por Vereda Tropical, e Walter Avancini, por Rabo de Saia
  • Ator: Ary Fontoura, por Amor com Amor se Paga, Ney Latorraca, por Rabo de Saia, e Nuno Leal Maia, por Vereda Tropical
  • Atriz: Débora Duarte, por Anarquistas, Graças a Deus, Padre Cícero e Corpo a Corpo, Geórgia Gomide e Marieta Severo, por Vereda Tropical, Lucinha Lins, por Rabo de Saia, Mírian Pires, por Meus Filhos, Minha Vida, e Nathalia Timberg, por Santa Marta Fabril
  • Revelação masculina: Marcos Frota, por Vereda Tropical
  • Revelação feminina: Dora Pelegrino, por Livre para Voar
1985
  • Novela: Roque Santeiro
  • Roteirista: Dias Gomes e Aguinaldo Silva, por Roque Santeiro
  • Ator: Lima Duarte, por Roque Santeiro
  • Atriz: Regina Duarte, por Roque Santeiro
  • Revelação feminina: Cláudia Raia, por Roque Santeiro
1987
  • Novela: Corpo Santo
  • Roteirista: José Louzeiro, por Corpo Santo
  • Diretor: Jayme Monjardim, por Direito de Amar
  • Ator: Carlos Vereza, por Direito de Amar
  • Atriz: Marília Pêra, por Brega e Chique
  • Ator coadjuvante: Sérgio Viotti, por Corpo Santo
  • Atriz coadjuvante: Ângela Vieira, por Corpo Santo
  • Revelação masculina: Chico Diaz, por Corpo Santo
  • Revelação feminina: Giulia Gam, por Mandala
1988
  • Grande prêmio da crítica: O Primo Basílio
  • Novela: Vale Tudo
  • Diretor: Daniel Filho, por O Primo Basílio
  • Ator: José Mayer, por O Pagador de Promessas
  • Atriz: Glória Pires, por Vale Tudo
  • Ator coadjuvante: Sérgio Mamberti, por Vale Tudo
  • Atriz coadjuvante: Louise Cardoso, por O Primo Basílio
  • Revelação masculina: Paulo Reis, por Vale Tudo
1989
  • Novela: Que Rei Sou Eu?
  • Roteirista: Cassiano Gabus Mendes, por Que Rei Sou Eu?
  • Diretor: Tizuka Yamasaki, por Kananga do Japão
  • Ator coadjuvante: Jorge Dória, por Que Rei Sou Eu?
  • Atriz coadjuvante: Suzana Faini, por Vida Nova
  • Revelação masculina: Marcos Winter, por Vida Nova
  • Revelação feminina: Cristiana Oliveira, por Kananga do Japão
  • Cenografia: Kananga do Japão
  • Figurinos: Que Rei Sou Eu? e Kananga do Japão
  • Trilha sonora: Kananga do Japão
  • Abertura: Kananga do Japão

Década de 1990Editar

1990
  • Novela: Pantanal
  • Diretor: Jayme Monjardim, por Pantanal
  • Ator: Cláudio Marzo, por Pantanal
  • Atriz: Jussara Freire, por Pantanal
  • Revelação masculina: Ângelo Antônio, por Pantanal
  • Revelação feminina: Marisa Orth, por Rainha da Sucata
1991
  • Novela: Vamp
  • Ator: Otávio Augusto, por Vamp
  • Atriz: Glória Pires, por O Dono do Mundo
  • Ator coadjuvante: Cláudio Corrêa e Castro, por O Dono do Mundo
  • Atriz coadjuvante: Ângela Leal, por A História de Ana Raio e Zé Trovão
  • Revelação masculina: Flávio Silvino, por Vamp
1992
  • Grande prêmio da crítica: Anos Rebeldes
  • Ator: Armando Bógus, por Pedra Sobre Pedra
  • Atriz: Cláudia Abreu, por Anos Rebeldes
  • Ator coadjuvante: Jorge Dória, por Deus nos Acuda
  • Atriz coadjuvante: Neuza Borges, por De Corpo e Alma
1993
  • Novela: Renascer
  • Ator: Antônio Fagundes, por Renascer
  • Atriz: Glória Pires, por Mulheres de Areia
  • Ator coadjuvante: Osmar Prado, por Renascer
  • Atriz coadjuvante: Regina Dourado, por Renascer

Revelação masculina: Jackson Antunes, por Renascer

1994
  • Grande prêmio da crítica: Memorial de Maria Moura
  • Novela: Éramos Seis
  • Ator: José Wilker, por Fera Ferida
  • Atriz: Irene Ravache, por Éramos Seis
  • Ator coadjuvante: Tarcísio Filho por Éramos Seis
  • Atriz coadjuvante: Marieta Severo, por Pátria Minha, e Zezé Polessa, por Memorial de Maria Moura
  • Revelação masculina: Murilo Benício, por Fera Ferida
  • Revelação feminina: Deborah Secco, por Confissões de Adolescente
  • Programa infantil: Castelo Rá-Tim-Bum
1995
  • Grande prêmio da crítica: A Comédia da Vida Privada
  • Novela: A Próxima Vítima
  • Diretor: Denise Saraceni, por Engraçadinha
  • Ator: Edson Celulari, por Decadência
  • Atriz: Aracy Balabanian, por A Próxima Vítima, e Laura Cardoso, por Irmãos Coragem
  • Ator coadjuvante: Flávio Migliaccio, por A Próxima Vítima
  • Atriz coadjuvante: Rosi Campos, por Cara e Coroa
  • Revelação masculina: Luís Mello, por Cara e Coroa
  • Revelação feminina: Alessandra Negrini, por Engraçadinha
1996
  • Novela: Salsa e Merengue
  • Diretor: Daniel Filho, por A Vida Como Ela É…
  • Ator: Raul Cortez, por O Rei do Gado
  • Atriz: Arlete Salles, por Salsa e Merengue, e Drica Moraes, por Xica da Silva
  • Ator coadjuvante: Leonardo Brício, por O Rei do Gado
  • Atriz coadjuvante: Walderez de Barros, por O Rei do Gado
  • Revelação masculina: Caco Ciocler, por O Rei do Gado
  • Revelação feminina: Tereza Sequerra, por Xica da Silva
  • Prêmio especial: Tarcísio Meira, por O Rei do Gado
1997
  • Novela: Por Amor
  • Diretor: Daniel Filho, por A Justiceira
  • Ator: Ary Fontoura, por A Indomada
  • Atriz: Eva Wilma, por A Indomada
  • Ator coadjuvante: Mauro Mendonça, por Anjo Mau
  • Atriz coadjuvante: Ana Lúcia Torre, por A Indomada
  • Revelação: Cecília Dassi, por Por Amor
1998
  • Produção de dramaturgia: a minissérie Hilda Furacão
  • Programa de TV: a série Mulher
  • Diretor: Wolf Maya, por Hilda Furacão
  • Ator: Tony Ramos, por Torre de Babel
  • Atriz: Adriana Esteves, por Torre de Babel
  • Ator coadjuvante: Rogério Cardoso, por Hilda Furacão
  • Atriz coadjuvante: Cleyde Yáconis, por Torre de Babel
  • Revelação: Matheus Nachtergaele, por Hilda Furacão
  • Programa infantil: Vila Esperança
1999
  • Grande prêmio da crítica: O Auto da Compadecida
  • Novela: Terra Nostra
  • Ator: Matheus Nachtergaele, por O Auto da Compadecida
  • Atriz: Débora Duarte, por Terra Nostra
  • Revelação: Lu Grimaldi, por Terra Nostra

Década de 2000Editar

2000
  • Grande prêmio da crítica: A Muralha
  • Ator: Tarcísio Meira, por A Muralha
  • Atriz: Marieta Severo, por Laços de Família
  • Revelação: Júlia Feldens, por Laços de Família
2001
  • Grande prêmio da crítica: Brava Gente
  • Programa de televisão: Os Normais
  • Ator: Tony Ramos, por As Filhas da Mãe
  • Atriz: Christiane Torloni, por Um Anjo Caiu do Céu
2002
  • Grande prêmio da crítica: Cidade dos Homens
  • Ator: Marco Nanini, por A Grande Família
  • Atriz: Eliane Giardini, por O Clone
  • Revelação: Stephany Brito, por O Clone
  • Programa de humor: A Grande Família
2003
  • Grande prêmio da crítica: A Casa das Sete Mulheres
  • Programa de televisão: Cena Aberta
  • Ator: Dan Stulbach, por Mulheres Apaixonadas
  • Atriz: Nívea Maria, por A Casa das Sete Mulheres
2004
  • Novela: Celebridade
  • Ator: Tony Ramos, por Cabocla
  • Atriz: Renata Sorrah, por Senhora do Destino
  • Revelação: João Emanuel Carneiro, por Da Cor do Pecado
  • Comediante: Cláudia Rodrigues, por A Diarista
  • Adaptação para TV: Contos da Meia-Noite
2005
  • Grande prêmio da crítica: Hoje é Dia de Maria
  • Ator: Fúlvio Stefanini, por Alma Gêmea
  • Atriz: Fernanda Montenegro, por Belíssima
  • Revelação: Tiago Santiago, por A Escrava Isaura e Prova de Amor
2006
  • Grande prêmio da crítica: Os Filhos do Carnaval
  • Ator: Lázaro Ramos, por Cobras e Lagartos
  • Atriz: Lília Cabral, por Páginas da Vida
  • Comediante: Dira Paes, por A Diarista
2007
  • Novela: Paraíso Tropical
  • Ator: Marcelo Serrado, por Vidas Opostas e Mandrake, e Wagner Moura, por Paraíso Tropical
  • Atriz: Camila Pitanga, por Paraíso Tropical, e Jussara Freire, por Vidas Opostas
2008
  • Série: 9mm
  • Roteirista: João Emanuel Carneiro, por A Favorita
  • Ator: Guilherme Weber, por Queridos Amigos
  • Atriz: Patrícia Pillar, por A Favorita
2009
  • Grande prêmio da crítica: Maysa, Quando Fala o Coração
  • Minissérie: Som e Fúria
  • Ator: Felipe Camargo, por Som e Fúria
  • Atriz: Larissa Maciel, por Maysa, Quando Fala o Coração

Década de 2010Editar

2010
2011
2012
2013
2014

2015Editar

  • Os vencedores estão em negrito.[5]
Categoria Vencedores e indicados[6]
Novela
Série/Minissérie
Atriz
Ator
Direção
Programa
Apresentador(a)
Grande Prêmio da Crítica
Menção Honrosa

Votaram: Bárbara Sacchitiello, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, José Armando Vanucci, Leão Lobo, Neuber Fischer e Nilson Xavier.

2016Editar

  • Os vencedores estão em negrito.[7]
Categoria Vencedores e indicados[8]
Novela
Série/Minissérie
Atriz
Ator
Direção
Programa Infantil
Cobertura Rio-2016
Grande Prêmio da Crítica

Votaram: Bárbara Sacchitiello, Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fábio Maksymczuk, Flávio Ricco, José Armando Vanucci, Neuber Fischer, Leão Lobo, Nilson Xavier e Paulo Gustavo Pereira.

2017Editar

  • Os vencedores estão em negrito.[9]
Categoria Vencedores e indicados[carece de fontes?]
Novela
Série/Minissérie
Atriz
Ator
Direção
Programa
Apresentador(a)

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, José Armando Vanucci, Leão Lobo, Neuber Fischer, Nilson Xavier e Paulo Gustavo.

2018Editar

  • Os vencedores estão em negrito.[10]
Categoria Vencedores e indicados[11]
Dramaturgia
Atriz
Ator
Direção
Programa
Humor
Esportes

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, Leão Lobo, Neuber Fischer, Nilson Xavier e Paulo Gustavo Pereira

2019Editar

  • Os vencedores estão em negrito.
Categoria Vencedores e indicados[12][13]
Novela
Série/Minissérie
Atriz
Ator
Direção
Programa de TV
Jornalismo

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, Leão Lobo, Neuber Fischer, Nilson Xavier e Tony Goes

Década de 2020Editar

2020Editar

  • Os vencedores estão em negrito.
Categoria Vencedores e indicados[14][15]
Dramaturgia
Atriz
Ator
Destaque
Humor
Programa

Votaram: Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Leão Lobo, Neuber Fischer, Paulo Gustavo Pereira e Tony Goes

Ver tambémEditar

Premiações brasileiras de televisão:

Referências

  1. a b Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha (org.) (2017). APCA 60 Anos. São Paulo: Monolito. ISBN 978-85-66275-15-5 
  2. «APCA elege os melhores de 2002». O Estado de S. Paulo. 10 de dezembro de 2002. Consultado em 28 de agosto de 2016. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2016 
  3. Paulo Varella (1 de agosto de 2017). «O que é a APCA?». Arteref. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  4. «Teresa Cristina e 'Bom Dia, Verônica' são eleitos os melhores de 2020 pela APCA». Folha de S. Paulo. 19 de janeiro de 2021 
  5. Miguel Arcanjo Prado (3 de dezembro de 2015). «Veja lista completa dos vencedores do Prêmio APCA em 2015». Blog do Arcanjo. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  6. Nilson Xavier (4 de novembro de 2015). «Conheça os finalistas da APCA aos melhores de 2015 na Televisão». TV e Famosos. UOL. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  7. Matheus Anderle (5 de dezembro de 2016). «Veja lista com todos os vencedores de premiação da APCA». Tenho Mais Discos Que Amigos!. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  8. Nilson Xavier (10 de novembro de 2016). «APCA define os finalistas aos melhores da Televisão em 2016». TV e Famosos. UOL. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  9. «Confira os vencedores do Prêmio APCA 2017». Tribuna do Norte. 12 de dezembro de 2017. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  10. «APCA divulga os indicados aos melhores da TV em 2018». Bem Paraná. 30 de novembro de 2018. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  11. «Gilberto Gil e Marjorie Estiano estão entre os artistas do ano para a APCA». O Estado de S. Paulo. 12 de dezembro de 2018 
  12. «APCA divulga lista de premiados de 2019». Terra. 10 de dezembro de 2019. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  13. «APCA seleciona finalistas aos melhores do ano na TV». Telepadi. Folha de S. Paulo. 14 de novembro de 2019. Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  14. «Confira os finalistas do prêmio da APCA de melhores do ano na televisão». Folha de Pernambuco. 21 de dezembro de 2020. Consultado em 21 de dezembro de 2020 
  15. «Destaque do ano pela APCA, CNN vence primeiro prêmio em 2021». CNN Brasil. Consultado em 20 de janeiro de 2021