Príncipe-abade

Príncipe-abade (em alemão: Fürstabt, em francês: Prince-abbé) era um título nobiliárquico e religioso entregue ao superior duma Abadia cujas possessões formavam um principado.

Brasão de Bernardo Gustavo de Baden-Durlach, Príncipe-abade de Fulda (1671-1677) e Príncipe-abade de Kempten (1673-1677).

No caso de uma Abadia feminina com possessões territoriais, a superiora detinha o título de Princesa-abadessa.

EnquadramentoEditar

Príncipe-Abade combina o título de Abade ao de Príncipe demonstrando uma autoridade tanto espiritual como temporal. O Brasão de Armas inclui como suportes uma espada (símbolo de poder temporal) e um báculo pastoral (símbolo do poder espiritual).

Os príncipes-abades encontravam-se sobretudo no território do Sacro Império Romano-Germânico, região onde existiam igualmente os Príncipes-bispos. As comunidades de religiosas femininas eram dirigidas por Princesas-abadessas.

Certos príncipes-abades tinham precedência sobre outros, uma vez que, a título pessoal, tinham representação na Dieta Imperial. Era o caso do Príncipe-abade Fulda, do Príncipe-abade de Kempten ou ainda do Príncipe-abade de Murbach-Lure.

Lista de Príncipes-Abades / Princesas-AbadessasEditar

 
Gravura de Adolf von Dalberg, Príncipe-abade de Fulda (1726-1737).

No atual território da AlemanhaEditar

No atual território da SuíçaEditar

No atual território de FrançaEditar

No atual território da BélgicaEditar

Outros CasosEditar

 
Igreja de S. Miguel de Sozań, sede do antigo principado abacial[2].

Outros exemplos incluem a Abade Nullius de Pinerolo, no Piemonte, e a Abadia de Belmont, na Carolina do Norte, que teve um estatuto de Abadia Nullius até 1977.

O Príncipe-abade de Sozan [3], na Ucrânia ocidental, com estatuto de Abadia Nulius, encontra-se no exílio após a ocupação dos edifícios em 1945.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

ReferênciasEditar

  1. em termos da hierarquia religiosa, o Reitor era imediatamente inferior a Abade
  2. https://dicionario.priberam.org/abacial
  3. junto à cidade de Staryi Sambir
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em francês, cujo título é «Prince-abbé».

BibliografiaEditar

  • Hanz Werner Goetz & Herbert Zielinski, Fürst, Fürstentum, in Lexikon des Mittelalters (LexMA), Vol. 4, Artemis & Winkler, Munique/Zurique, 1989, ISBN 3-7608-8904-2.
  • Teresa Schöder-Stapper, Fürstäbtissinnen, Frühneuzeitliche Stiftsherrschaften zwischen Verwandtschaft, Lokalgewalten und Reichsverband. Böhlau Verlag Köln Weimar Wien, 2015. ISBN 978-3-412-22485-1