Abrir menu principal

Wikipédia β

Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão

(Redirecionado de Príncipe Naruhito)

Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão GCC (徳仁皇太子殿下 Naruhito Kōtaishi Denka; Tōgū, Tóquio, 23 de fevereiro de 1960) é o filho mais velho do Imperador Akihito e da Imperatriz Michiko.

Naruhito
Príncipe Herdeiro do Japão
Príncipe Naruhito no Brasil, 18 de junho de 2008
Príncipe Herdeiro do Japão
Reinado 7 de janeiro de 1989 – presente
 
Cônjuge Masako, Princesa Herdeira do Japão
Descendência Aiko, Princesa Toshi
Casa Dinastia Yamato
Nome completo
皇太子徳仁親王
Nascimento 23 de fevereiro de 1960 (57 anos)
  Tóquio, Japão
Religião Shinto
Pai Akihito do Japão
Mãe Michiko do Japão

Titulado Príncipe Hiro (浩宮 Hiro-no-miya) durante a infância, ele tornou-se o herdeiro aparente do Trono do Crisântemo com a morte de seu avô, o Imperador Showa (Hirohito), no dia 7 de janeiro de 1989.

Índice

EducaçãoEditar

Em 1982, Naruhito graduou-se do Departamento de História da Universidade de Gakushuin, especializando-se em história medieval japonesa. De 1983 até 1985, ele estudou em Merton College, na Universidade de Oxford, Reino Unido. Em 1988, completou seu doutorado em Humanidades na Gakushuin, tornando-se um pesquisador convidado dos arquivos da Universidade em abril de 1992. Desde 2003, concede palestras para alunos universitários.[1]

Noivado e casamentoEditar

Casa Imperial do Japão
Dinastia Yamato


SAI a Princesa Mikasa

O príncipe pediu, como se alega, pelo menos duas vezes a mão de Masako Owada (nascida em 1963) em casamento. Masako era uma então diplomata de vinte e nove anos do Ministério das Relações Exteriores japonês e trabalhava juntamente com seu pai, Hisashi Owada. O Palácio Imperial anunciou o noivado em 19 de janeiro de 1993.

No dia 9 de junho de 1993, o príncipe herdeiro do Japão e Masako Owada casaram-se numa cerimônia xintoísta imperial em Tóquio, com oitocentos convidados e com uma audiência estimada em quinhentos milhões de pessoas ao redor do mundo. Todos os soberanos da Europa compareceram, bem como a maioria dos Chefes de Estado eleitos europeus.

Como conseqüência do casamento, Masako Owada foi titulada "Sua Alteza Imperial a Princesa Consorte do Japão". Ela é popularmente conhecida apenas como "Princesa Masako", embora essa forma de tratamento esteja incorreta. O casal estabeleceu residência no Palácio Tōgū, em Tóquio.

A princesa Masako teve que desistir de sua carreira diplomática com seu casamento, já que a constituição japonesa não permite que membros da família imperial tenham um emprego.

FilhaEditar

O Príncipe Herdeiro e a Princesa Consorte do Japão têm apenas uma filha:

1. Sua Alteza Imperial a Princesa Aiko (seu título oficial é Princesa Toshi), nascida no dia 1º de dezembro de 2001.

Passatempos favoritos e interessesEditar

O príncipe Naruhito toca viola e gosta de praticar tênis, jogging, pedestrianismo e montanhismo no seu tempo livre.

Ele já escreveu um livro, intitulado "The Thames And I: A Memoir Of Two Years At Oxford" (ISBN 1-905246-06-4), memórias sobre suas experiências na Universidade de Oxford que foram publicadas em 1992 e que tiveram a colaboração de Charles, Príncipe de Gales.

SaúdeEditar

Em junho de 2007, o Príncipe Naruhito submeteu-se a uma cirurgia para retirada de um pólipo no duodeno. Seu avô paterno, o falecido Imperador Hirohito, faleceu de câncer duodenal em janeiro de 1989, e em 2003 o Imperador Akihito teve uma próstata cancerígena removida.[2]

Debate sobre sucessão imperialEditar

Em novembro de 2005, um comitê governamental recomendou mudar a Lei de Sucessão Imperial de 1947 para garantir que o primogênito dos príncipes herdeiros, de qualquer sexo, se tornasse o herdeiro do Trono do Crisântemo. A opinião pública debatia uma reforma para possibilitar a ascensão da Princesa Aiko. O então primeiro-ministro, Junichiro Koizumi, comprometeu-se a levar a reforma ao Parlamento.

Entretanto, a gravidez da Princesa Kiko, esposa do Príncipe Akishino, anunciada oficialmente em fevereiro de 2006, mudou os planos. Em setembro daquele ano, nasceu um menino, o Príncipe Hisahito de Akishino, que é o terceiro na linha de sucessão sob a atual lei. O nascimento de Hisahito foi um alívio para membros partidários tradicionalistas e, de fato, desencorajou as propostas que sugeriam a sucessão feminina. Antes de seu nascimento, 84% da população mostrava-se favorável à mudança.

Acredita-se que o debate será continuado e finalizado em um momento apropriado no futuro.

A ascensão de Naruhito ao Trono do Crisântemo poderá ser antecipada, após seu pai anunciar que pretende abdicar. [3] Porém a renúncia dependerá de mudanças na constituição japonesa, que atualmente não prevê tal manobra.

Estilo real de tratamento de
Naruhito, Príncipe Herdeiro do Japão
 
Estilo real Sua Alteza Imperial
Estilo alternativo Senhor

Títulos e estilosEditar

  • 23 de fevereiro de 1960 - 23 de fevereiro de 1991Sua Alteza Imperial o Príncipe Hiro
  • 23 de fevereiro de 1991 - presenteSua Alteza Imperial O príncipe herdeiro do Japão

Deveres como príncipe-herdeiroEditar

 
O estandarte de Naruhito.

Além de participar de eventos públicos e representar a Família Imperial do Japão no exterior, o Príncipe Naruhito tem deveres dentro do exército, da marinha e da força aérea do Japão.

Foi o patrono do Comitê Olímpico Japonês até 1998, quando se tornou membro do Comitê Olímpico Internacional.

CondecoraçõesEditar

Referências

  1. http://www.kunaicho.go.jp/e03/ed03-03.html
  2. http://search.japantimes.co.jp/cgi-bin/nn20070607b1.html
  3. «Imperador Akihito, do Japão, indica que deve abdicar». 8 de agosto de 2016. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  4. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Naruhito". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 9 de abril de 2016 

Ligações externasEditar