Abrir menu principal

Pródico

um dos principais sofistas daquela época
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde dezembro de 2010). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Pródico
Pré-socráticos
Nome completo Πρόδικος
Escola/Tradição: Sofismo
Data de nascimento: ca. 465 a.C.
Local: Iulis, ilha de Ceos
Morte ca. 395 a.C. (70 anos)
Principais interesses: Ética, retórica, gramática
Trabalhos notáveis Conhecido orador e professor
Influências: Protágoras
Influenciados: Sócrates, Platão, Theramenes, Eurípedes, Isócrates

Pródico de Ceos (em grego antigo: Πρόδικος, Pródikos, nascido ca. 465 ou 450 a.C.) foi um filósofo grego do primeiro período do movimento sofista, conhecido como o "precursor de Sócrates". Ele ainda era vivo em 399 a.C.

Veio a Atenas como embaixador de Ceos, e tornou-se conhecido como orador e professor. Do mesmo modo que Protágoras, almejava treinar seus pupilos para assuntos domésticos e civis; mas enquanto Protágoras focalizava seu ensino principalmente em disciplinas como retórica e estilo, Pródico fazia da ética disciplina proeminente em seu currículo. E em ética ele era um pessimista. Embora tenha dispensado seus deveres civis a despeito de um físico frágil, ele enfatizava as dores da vida e advogava, contudo, não por uma resignação desesperançosa, mas, antes disso, pela cura encontrada no trabalho, tomando como modelo Hércules - a incorporação da atividade viril.

Sua visão a respeito da origem da crença nos deuses era notavelmente moderna. Ele propunha que o homem primeiro adorava as grandes forças que beneficiavam a humanidade (comparando a adoração do Nilo), e após este estágio inicial, os homens que haviam realizado proezas e serviços para a humanidade eram deificados. Contudo, Pródico não pode ser considerado como um ateísta, pois mesmo o panteísta Zenão resguardava boa opinião dele.

De sua filosofia natural sabe-se apenas o título de seus tratados Da Natureza e Da Natureza do Homem. Seu interesse principal era buscar precisão no uso das palavras. Diz-se que Theramenes, Eurípedes e Isócrates foram discípulos de Pródico. Por seus sucessores imediatos ele foi estimado de modos variados: Platão, por exemplo, satiriza-o em seus primeiros diálogos.

ReferênciasEditar


 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Pródico
  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.