Abrir menu principal

A Praça Euclides da Cunha é uma praça localizada no bairro da Madalena, na cidade do Recife, em Pernambuco, Brasil. É popularmente chamada de Praça do Internacional, por estar em frente à sede do Clube Internacional do Recife (Solar do Benfica), ou Cactário da Madalena, devido ao seu paisagismo com espécies deste bioma, principalmente cactos.

O paisagismo foi realizado por Burle Marx, sendo a ideia original de fornecer à população do Recife uma imagem da caatinga retratada em Os Sertões, que ele tanto admirava.[1]

Foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).[2]

HistóriaEditar

Recebeu esse nome em homenagem ao escritor do livro Os Sertões, Euclides da Cunha.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Diário da tarde, 14 mar. 1935 apud CARNEIRO, Ana Rita Sá; PESSOA, Ana Cláudia. Arquitextos, n. 42 in ARNEIRO, Ana Rita Sá; PESSOA, Ana Cláudia (2003). «Burle Marx nas praças do Recife (1)» 
  2. «Jardins e praças projetados por Burle Marx em Recife são tombados». Portal Brasil. Consultado em 7 de março de 2017