Abrir menu principal

Praça do Município (Braga)

praça de Braga, Portugal
Praça do Município
Praça do Municipio Braga.jpg
Apresentação
Tipo
Localização
Endereço
Coordenadas
Praça do Município

A Praça do Município é uma praça localizada no centro histórico de Braga, Portugal.

Na segunda metade do século XVI, por ordem do Arcebispo Frei Agostinho de Jesus, é aberta a praça na então dominada quinta e hortas do Paço Episcopal Bracarense. Baptizada como Campo de Touros, a praça durante décadas serviu para esse propósito, a tourada. Já no ano 1751, o Arcebispo D. José de Bragança manda edificar uma nova ala do Paço Episcopal Bracarense, actual Biblioteca Pública de Braga, voltada para esta praça o que lhe conferiu um grande grau de importância simbólica. Importância essa, que viria ser aumentada com a construção da nova Domus Municipalis em 1753. Desde então, a velha Praça de Touros passou a denominar-se Praça do Município.

Fonte do Pelicano

Nos anos seguintes, o Arcebispo D. Gaspar de Bragança decidiu reunir na praça os vários mercados existentes pela cidade. Assim a praça tornou-se num grande mercado ao ar livre até 1878, aquando da abertura de um pavilhão na parte Norte da praça. Em 1915, sendo presidente da câmara Albano Justino Lopes Gonçalves, após a demolição do antigo pavilhão, foi construído um grande mercado coberto em ferro da autoria de João Moura Coutinho. Apesar de ser um exemplar arquitectónico, o mercado não se enquadrava na praça, o que ditaria a sua demolição em 1955.

Em 1949 foi demolida a capela de Santo António da Praça, no topo nascente, para se proceder à abertura da rua Ulrich, actual rua Eça de Queiroz.

Mais tarde, já com Viriato Nunes como presidente da câmara é colocada no centro a Fonte do Pelicano, e a praça adquire o aspecto actual, ladeada por árvores.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Praça do Município (Braga)