Abrir menu principal

Prata (Paraíba)

Município brasileiro do estado da Paraíba

Prata é um município brasileiro localizado na Região Geográfica Imediata de Monteiro, estado da Paraíba. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sua população em 2014 era estimada em 4 072 habitantes.

Município de Prata
Praça Ananiano Ramos Galvão

Praça Ananiano Ramos Galvão
Bandeira de Prata
Brasão de Prata
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 7 de janeiro
Fundação 07 de janeiro de 1959 (60 anos)
Gentílico pratense
Lema Terra dos grandes mestres
Prefeito(a) Antônio Costa Nóbrega Junior [1] (MDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Prata
Localização de Prata na Paraíba
Prata está localizado em: Brasil
Prata
Localização de Prata no Brasil
07° 41' 27" S 37° 04' 48" O07° 41' 27" S 37° 04' 48" O
Unidade federativa Paraíba
Região intermediária

Campina Grande IBGE/2017[2]

Região imediata

Monteiro IBGE/2017[2]

Municípios limítrofes Limita-se com o estado de Pernambuco e com os municípios de Ouro Velho, Amparo, Sumé e Monteiro
Distância até a capital 312 km
Características geográficas
Área 192,012 km² [3]
População 3 854 hab. [4]
Densidade 20,07 hab./km²
Altitude 577 m
Clima semiárido com chuvas de verão
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,608 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 17 169,020 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 4 291,18 IBGE/2008[6]

Índice

HistóriaEditar

Os primeiros habitantes a se fixarem no local onde se desenvolveu o Município foram Joaquim Monteiro, João Bezerra, Chico Tenório, Isabel, Vicente e Bento Aleixo. Seu território pertencia a Valentim Monteiro, doadas ao Patrimônio por seu herdeiro Manoel Lidroso, considerado o fundador da localidade. Origem do Topônimo: originou-se de uma fonte de águas límpidas, descoberta pela moradora Catarina Paz, que passou a chamá-la de Poço de Água de Prata.[7]

EmancipaçãoEditar

Logo antes de virar município a Prata pertencia ao município de Monteiro, Ananiano Ramos Galvão queria que a Prata passa-se a condição de município, então ele com apoio do Deputado Federal Plínio Lemos construíram um projeto que mais tarde virou a lei nº 1147, de 16-02-1955 na qual passava a Prata para condição de município do estado da Paraíba, porém o município só viria a ser instalado e independente político em 07-01-1959.

GeografiaEditar

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[8]. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

ClimaEditar

Dados do Departamento de Ciências Atmosféricas, da Universidade Federal de Campina Grande, mostram que Prata apresenta um clima com média pluviométrica anual de 746,3 mm[9] e temperatura média anual de 23,2 °C.[10]

Dados climatológicos para Prata
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32,0 31,3 30,6 30,0 28,6 27,5 27,4 28,8 30,4 32,1 32,7 32,7 30,3
Temperatura média (°C) 24,6 24,2 23,8 23,5 22,7 21,6 21,2 21,5 22,7 23,9 24,5 24,7 23,2
Temperatura mínima média (°C) 20,0 19,9 19,8 19,6 18,9 17,9 17,0 17,0 18,1 18,9 19,5 20,0 18,9
Precipitação (mm) 52,8 123,8 190,3 164,2 73,6 39,8 36,3 13,7 5,9 5,8 11,9 26,5 746,3
Fonte: Departamento de Ciências Atmosféricas.[9][10][11][12]

EscolasEditar

  • Escola Estadual Francisco de Assis Gonzaga
  • Escola Municipal Mª de Lourdes Nunes de Menezes
  • Creche Municipal Tia Mocinha
  • Escola Municipal Irene Ramos

ComunicaçãoEditar

Canais de Televisão

Provedores de Internet

  • A cidade possuí opções de provedores de internet banda larga com velocidade média de 3Mbps

Estações de Rádio

  • Prata-FM (87,9 MHZ)[15]

Telefonia

Referências

  1. FAMUP - Federação das Associações de Municípios da Paraíba. «Listagem de Municípios, Prefeitos, Vice-Prefeitos». Consultado em 17 de janeiro de 2013 
  2. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 17 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2017 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «Censo 2010 IBGE» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2010. Consultado em 12 de maio de 2015. Arquivado do original (PDF) em 1 de julho de 2015 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. http://www.prata.pb.gov.br
  8. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro Arquivado em 26 de março de 2010, no Wayback Machine..
  9. a b «Precipitação Mensal». Departamento de Ciências Atmosféricas. 1911–1990. Consultado em 15 de julho de 2018. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 
  10. a b «Temperatura Compensada Mensal e Anual da Paraíba». Departamento de Ciências Atmosféricas. Consultado em 15 de julho de 2018. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 
  11. «Temperatura Máxima Mensal e Anual da Paraíba». Departamento de Ciências Atmosféricas. 1911–1980. Consultado em 15 de julho de 2018. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 
  12. «Temperatura Mínima Mensal e Anual da Paraíba». Departamento de Ciências Atmosféricas. Consultado em 15 de julho de 2018. Cópia arquivada em 11 de junho de 2014 
  13. «Cópia arquivada». Consultado em 11 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 9 de novembro de 2012 
  14. «Cópia arquivada». Consultado em 11 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 9 de novembro de 2012 
  15. http://www.anatel.gov.br/Portal/verificaDocumentos/documento.asp?numeroPublicacao=49693&assuntoPublicacao=Ato%20n.%BA%2032431/2002-Anatel&caminhoRel=null&filtro=1&documentoPath=biblioteca/atos/2002/ato_32431_2002.pdf
  16. http://www.tim.com.br, TIM -. «Mapa de Cobertura - Cobertura e Roaming - Para Você | TIM». www.tim.com.br. Consultado em 1 de abril de 2018 

Ligações externasEditar