Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O prato chinês (ou China) é um instrumento musical de percussão que produz um som diferenciado com predominância de som na faixa dos médio agudos, utilizado a gosto do instrumentista para efeitos e destaques nas músicas. Produz som rápido, escuro, sujo e explosivo. Seu nome provém de seus aspectos similares ao gongo tanto em som quanto em forma.

A bateria
Drum set.svg

1 Prato de condução | 2 surdo | 3 Tom-tom

4 Bumbo | 5 Caixa | 6 Chimbau

Outros componentes

Prato de ataque | Prato chinês |
Pandeirola | Bloco sonoro | Campana

Um par de pratos chineses.

São facilmente identificáveis pelo seu bordo recurvado para o exterior, ao contrário dos pratos turcos que praticamente não são recurvados. Seu tamanho varia muito, desde 8 até 26″ em alguns casos. Sua cúpula pode ter o formato cilíndrico ou cone truncado com a sua base ao topo da cúpula.

São montados invertidos em uma estante para pratos e percutidos com as baquetas normalmente em sua área de dobra fazendo o seu som determinante, não sendo muito usado em toque de cúpula.

Técnicas de baquetasEditar

Existem vários métodos de tocar o china, que podem variar de acordo com o gênero de música. Por exemplo, no metal moderno, os bateristas geralmente tendem a tocar com o pescoço ou o corpo da baqueta para obter um som mais sujo. Em gêneros como o Jazz, o baterista pode usar a ponta da baqueta para dar um som mais "chiado".

Ver tambémEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
  Este artigo sobre instrumento musical é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.