Abrir menu principal

O termo predador sexual é usado para descrever uma pessoa que, para sua satisfação sexual, prejudica, física ou mentalmente uma outra pessoa para obter ou tentar obter contato sexual com outros. Agindo, por analogia, como um predador/caçador. Esse termo é baseado na analogia ao mundo selvagem, não civilizado dos animais predadores para suas presas, de modo que predadores sexuais são considerados "caçadores" em si ou pelo seus parceiros sexuais. As pessoas que cometem crimes sexuais, como estupro ou abuso sexual infantil, são muitas vezes referidas como predadores sexuais, especialmente na mídia dos tabloides ou como frases de poder por políticos.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Filler, Daniel (2001). " Fazendo o caso da lei de Megan: um estudo sobre a retórica legislativa " , Indiana Law Journal , 76 (2).

Ligações externasEditar