Predefinição:S-pausa

Documentação da predefinição[ver] [editar] [histórico] [purgar]

Essa predefinição é totalmente baseada na predefinição em inglês [[1]] e sua criação não é uma tentativa de plágio nem nada do gênero, sendo apenas uma tentativa de ajudar a comunidade brasileira da Wikipédia. Peço desculpas de antemão aos editores e administradores se a minha iniciativa mais atrapalhou do que ajudou. Sintam-se livre para editar e/ou ajustar essa predefinição da melhor maneira possível.

S-sucessão é o componente inicial em uma série de predefinições para caixas de sucessão. Uma caixa de sucessão é a caixa que você vê ao final de um artigo, que mostram o predecessor do artigo que você está lendo. Por exemplo, George W. Bush tem uma caixa de sucessão que mostra tanto o presidente anterior, como o presidente seguinte, e outros precedentes e sucessores de um cargo diferente.

S-sucessão substitui outras caixas de sucessão e tenta padronizar o uso das mesmas. Nesse formato, toda caixa de sucessão começa com s-sucessão, fazendo desta predefinição um componente essencial desse sistema.

O propósito dessa página é documentar todo o sistema de sucessão baseado em s-sucessão e prover instruções para a criação e edição correta das caixas de sucessão. A página é dividida em 3 grandes seções: a primeira fornece um sucinto resumo das predefinições de sucessão e uma explicação do funcionamento de parâmetros; a segunda dá instruções para a criação de caixa de sucessões; a terceira seção vai mais fundo nos detalhes sobre a predefinição de sucessão e dá exemplos do seu uso. Exemplos completos de caixas de sucessão, de complexidade variada, são dadas ao final do artigo.

Predefinições examinadas nessa páginaEditar

A predefinição s-sucessão é usada com o resto das predefinições de sucessão. A seguir temos a lista com todas as predefinições de sucessão, com a exceção de cabeçalhos:

Os cinco primeiros itens da lista são os mais básicos para a criação de caixas de sucessão e os mais usados em toda a Wikipedia; os outros (com exceção de S-dinastia e S-linha ) são usados como substitutos de um dos cinco primeiros, dependendo das circunstâncias.

Note que S-linha ainda não foi implementado.

Uma lista das predefinições e todos os seus parâmetros, juntamente com informações básicas sobre o uso de cada predefinição e parâmetro, podem ser encontradas em "SBS's Cheatsheet" (em inglês).

ParâmetrosEditar

A maioria das predefinições funcionam do mesmo jeito: o nome da predefinição é escrito entre colchetes duplos e o texto ou código da predefinição aparece na página. Uma diferença básica das predefinições de sucessão é que a maioria delas exige que o editor inclua nomes, títulos ou outro texto que será exibido nas caixas e que seja sempre diferente.

Esse texto é inserido nas predefinições por meio de parâmetros , campos separados do nome da predefinição e entre si por canos (|). A função dos parâmetros é alterar a aparência das células criadas por essas predefinições, geralmente adicionando texto especialmente formatado ou alterando o texto já presente. Embora alguns parâmetros simplesmente aceitem o texto desejado e sejam separados por seu lugar na predefinição, muitos parâmetros têm nomes, separados do texto, por um sinal de igual (=); enquanto no primeiro caso os parâmetros vazios ainda devem ser incluídos se antes de um com texto, muitos (mas não todos) parâmetros nomeados podem ser omitidos se não forem usados, independentemente de sua posição. Além disso, alguns parâmetros nomeados não requerem texto; a simples inclusão de seu nome ativará um recurso da predefinição. Espaços em branco podem ser inseridos entre o texto e os tubos, sinais de igual e colchetes duplos, mas isso não é necessário e, às vezes, pode até ser confuso.

No exemplo a seguir, "S-vago" é o nome da predefinição, "suspensa" é um parâmetro sem texto, exceto seu nome, e "ultimo" é um parâmetro com nome e texto, neste caso entre duplo colchetes (portanto ligado a wiki).

{{S-vago|suspensa|ultimo=[[George Smith]]}}

A maioria das predefinições de sucessão aceita parâmetros; a inclusão de alguns deles é essencial para o funcionamento correto das predefinições, enquanto a inclusão de outros é opcional. As únicas predefinições da lista da seção, anterior que não aceitam parâmetros são S-sucessão / sucessão e sucessãofim / S-sucessãofim . A maioria das predefinições de cabeçalho, no entanto, também é usada sem parâmetros.

Existem vários tipos de parâmetros. Existem parâmetros que permitem a inclusão de nomes, títulos e datas, obrigatórios e opcionais. O parâmetro fila permite a criação de tabelas complexas e é descrito mais abaixo, nessa página. E os parâmetros do título alteram o texto normalmente exibido em S-novo , S-exer e S-vago .

Instruções para o usoEditar

Existem muitos tipos de caixas de sucessão, pois as combinações das várias predefinições mencionadas anteriormente são praticamente infinitas. Começaremos demonstrando o uso de caixas simples e prosseguiremos com a análise de caixas mais complexas, com muitas linhas e vários títulos.

Caixas simplesEditar

O próprio objetivo de uma caixa de sucessão é mostrar o local do "sujeito" da caixa (a pessoa - ou outra entidade - em cujo artigo a caixa está) em uma sucessão de pessoas (doravante referido como cadeia de sucessão ). Por esse motivo, a maioria das caixas inclui três pessoas, a saber, o sujeito, seu antecessor e seu sucessor.

A caixa de sucessão quintessencial consiste em três células, que vão da esquerda para a direita na mesma ordem em que os termos das três pessoas se sucederam: a célula esquerda nomeia o predecessor, a do meio nomeia o título do assunto e os anos que marcam seu mandato em um escritório (o nome da pessoa já é mencionado no título do artigo e, portanto, não é repetido aqui), e a célula da direita nomeia o sucessor.

Simplesmente, a criação de uma caixa segue a mesma ordem. Primeiro vem o antecessor (predefinição 's-ats'), o título e os anos a seguir (predefinição s-titu ) e, em seguida, vem o sucessor (predefinição s-dps ). Naturalmente, não deve ser esquecido que todas as caixas de sucessão são abertas com a predefinição sucessão e terminam com a predefinição sucessãofim . Cada comando deve ter sua própria linha na caixa de edição.

Dê um olhada nesse diagrama.

Digite o campo de início para que o programa reconheça a tabela:
{{S-sucessão}}
Digite o nome do predecessor:
{{s-ats|antes=[[Digite o predecessor aqui]]}}
Digite o título da pessoa em cuja página você está trabalhando:
{{s-titu|titulo=[[Digite o título aqui]]
Além disso, insira os anos durante os quais eles detinham esse título (não necessariamente em uma linha diferente):
|anos=Digite aqui a data de início – Digite aqui a data final}}
Digite o nome do sucessor:
{{s-dps|depois=[[Digite o sucessor aqui]]}}
Assim que tudo estiver pronto, digite:
{{S-sucessãofim}}

Este é um exemplo da técnica, retirada do artigo Eduardo, o Velho. Escrevendo...

{{S-sucessão}}
{{s-ats|antes=[[Alfredo de Inglaterra|Alfredo]]}}
{{s-titu|titulo=[[Lista de monarcas britânicos|Rei de Inglaterra]]
|anos=899 – 924}}
{{s-dps|depois=[[Etelstano de Inglaterra|Etelstano]]}}
{{S-sucessãofim}}

...irá produzir isso:

Precedido por
Alfredo
Rei de Inglaterra
899 - 924
Sucedido por
Etelstano

Observe que os nomes do predecessor e do sucessor e o nome do título estão entre colchetes duplos; isso permite que os nomes na caixa sejam vinculados aos respectivos artigos. Embora seja altamente recomendável que você vincule os nomes nas caixas, mesmo que eles não tenham seu próprio artigo no momento (resultando em um link vermelho), pode haver exceções (veja "SBS's Cheatsheet" (em inglês) para mais detalhes).

É recomendável que você inclua as datas de mandato ou reinado do titular, sempre que possível; se uma data for duvidosa ou contestada, use a predefinição S-ref para incluir referências que farão backup dessa data (veja a seção relevante para detalhes). Por favor não vincule as datas, exceto em um número limitado de casos, descritos na Página de diretrizes (em inglês).

Caixas avançadasEditar

Muitas pessoas, como monarcas e primeiros-ministros, empresários ativos, cientistas de destaque e atletas talentosos ocuparam vários cargos e / ou títulos em suas vidas. Como seria difícil criar caixas separadas para todos esses títulos, incluímos todas elas em uma única caixa de sucessão. Assim, cada artigo tem uma caixa na parte inferior, mais fácil de gerenciar e mais esteticamente agradável.

Em alguns casos, as caixas de sucessão consistem em muitas linhas separadas que são compostas pelas caixas simples da seção anterior e, portanto, sua criação segue mais ou menos as mesmas regras; a única diferença é que deve ser dado um cuidado especial ao posicionamento e à ordem relativa dessas caixas simples, bem como à inclusão de |- (uma predefinição de "| -") entre as linhas necessárias.

Em outras ocasiões, uma pessoa pode herdar mais de um título de um único indivíduo e / ou passar vários títulos para uma pessoa. Também é possível que alguém assuma o cargo de duas pessoas diferentes que o ocupavam em conjunto até então, ou junte vários títulos diferentes em um que será herdado por um único herdeiro.

Para esses e outros cenários, é possível criar caixas de sucessão que possam mostrar claramente essas conexões, utilizando os recursos avançados da predefinição de sucessão apresentado anteriormente. O sistema para as caixas avançadas é um pouco diferente dos formulários simples demonstrados na seção anterior e depende muito da predefinição |-, bem como da contagem correta das linhas.

Contando as filasEditar

Basicamente, o formato é o seguinte: se uma caixa está ocupando mais de uma linha da tabela, é possível especificar quantas linhas exatamente serão, inserindo um parâmetro de linha imediatamente após o nome da predefinição ( S- .. . ) e antes de qualquer outro parâmetro. Isso pode ser feito digitando:

{{S-...|filas=Insira o número de linhas aqui|...}}

O número corresponde ao número de linhas que esse nome ou título se sobrepõe em relação às outras linhas, em vez de denotar uma altura específica para uma célula. Em outras palavras, se, por exemplo, todas as três células de uma linha receberem um parâmetro "linhas = 2", a caixa pareceria como se nenhuma dessas células tivesse um parâmetro de linhas, as alturas comparativas dessas células para um ao outro sendo idêntico.

Os títulos nas caixas de sucessão geralmente são listados na ordem de concessão do título - começando com os títulos mais antigos mantidos - mas outros esquemas também existem. Todos os títulos sucessivos notáveis devem ser anotados, embora os títulos vinculados permanentemente possam ser listados na mesma célula e alguns títulos subsidiários possam ser omitidos por completo.

|- (o caractere "|-" )Editar

No passado, usar "|-" era tranquilo. Entretanto, para melhorar o layout dos documentos PDFs e livros (artigo em inglês), por favor use Predefinição:Predefinição no lugar".

Em teoria, é necessário que a caixa trabalhe para colocar "| -" entre todas as linhas da caixa, mesmo que cada célula esteja restrita à sua própria linha. No entanto, "| -" já está incorporado na maioria das predefinições, portanto, não é mais necessário adicioná-lo às caixas que consistem em linhas de uma linha simples, com as exceções das predefinições Predefinição:Predefinição e Predefinição:Predefinição: se uma linha terminar com uma dessas predefinições, você precisará colocar esse caractere ou o computador não reconhecerá uma nova linha. Da mesma forma, se uma linha começa com Predefinição:Predefinição, o caractere deve ser colocado antes dessa linha.

Ainda assim, as coisas são diferentes com tabelas mais complexas que incorporam células de várias linhas, cobrindo mais de uma linha cada. Padrões complexos são criados e nem sempre é fácil para o computador exibir todas as linhas corretamente. É por isso que Predefinição:Predefinição é tão importante nesses casos, e embora seu posicionamento seja desnecessário entre muitas das linhas, é muito mais preferível usá-lo de forma redundante em uma tabela do que criar uma caixa não funcional, onde frequentemente será difícil localizar o erro.

Dito isto, e mesmo que seja uma opção segura colocar Predefinição:Predefinição entre cada par de linhas em uma caixa, é naturalmente melhor evitar essas práticas na medida do possível. A seguir, algumas dicas simples que podem limitar ao mínimo o uso redundante sem levar a erros:

  • Ao considerar o posicionamento de Predefinição:Predefinição, é importante observar a presença ou ausência de predefinições de sucessão em uma linha. Ou seja, uma predefinição para uma célula de várias linhas é sempre colocado na linha a partir da qual a célula é iniciada; portanto, essa linha tem uma predefinição para essa célula, enquanto as outras linhas que compartilham a célula não. Como resultado, uma linha a partir da qual as células com várias linhas começam, mas na qual nenhuma célula continua a partir de uma linha superior, possui predefinições para as três células e não há necessidade de colocar o caractere antes dela, a menos que isso seja necessário pela presença de uma predefinição S-vago ou S-nao .
No exemplo a seguir, observe a falta de Predefinição:Predefinição entre a primeira e a segunda linha e, mais importante, entre a quarta e a quinta linhas:
{{S-sucessão}}
{{s-ats|antes}}
{{s-titu|titulo=|anos=}}
{{s-dps|depois=}}
{{s-ats|filas=2|antes=}}
{{s-titu|titulo=|anos=}}
{{s-dps|filas=3|depois=}}
{{S-pausa}}
{{s-titu|titulo=|anos=}}
{{S-pausa}}
{{s-ats|antes=}}
{{s-titu|titulo=|anos=}}
{{s-ats|antes=}}
{{s-titu|titulo=|anos=}}
{{s-dps|depois=}}
{{S-sucessãofim}}
  • Quando apenas a célula predecessora de uma linha se estende entre a linha em questão e a anterior (não importa se continua em uma linha inferior), Predefinição:Predefinição não precisa ser inserido entre essa linha e a linha o anterior. Da mesma forma, se apenas a célula sucessora cobrir várias linhas e começar em uma linha acima da em questão, o Predefinição:Predefinição que poderia seguir o parâmetro s-ttl da linha em questão poderá ser omitido. E a situação é ainda mais fácil com uma célula de título com várias linhas (uma ocorrência mais rara), pois geralmente não é diretamente afetada pelas alterações de linha. Geralmente, é mais fácil para o computador separar as linhas quando apenas uma predefinição está ausente das três de uma linha.
  • Sempre use o botão de visualização antes de salvar. Se você não tiver certeza sobre a inclusão de um Predefinição:Predefinição, tente removê-lo e visualizar a página; se uma caixa de sucessão apresentar um erro, isso geralmente será facilmente visível. Lembre-se de que cada linha de uma caixa deve ter três células, cada linha e coluna deve se alinhar perfeitamente, e as duas colunas laterais devem ter a mesma largura, que normalmente é um pouco menor que a da coluna do meio.

Veja o exemplo a seguir. Em sua primeira iteração (esquerda), Predefinição:Predefinição é usada para separar todas as linhas das anteriores e das próximas. Na segunda versão (à direita), Predefinição:Predefinição é usada apenas quantas vezes for necessário para que a caixa funcione corretamente: nenhuma. O resultado é exatamente o mesmo nos dois casos e pode ser visto abaixo do código.

Precedido por
Mary
Presidente dos Balcãs
1982–1992
Sucedido por
William
Precedido por
Nicholas
Sucedido por
Edgar
Rei da Nova Zelândia
1990–1997
Sucedido por
Helen
Precedido por
Richard
Rei do Sudeste Asiático
1990–presente
Em exercício
Herdeiro:
Lee
Precedido por
George
Governador de Bornéu
2003–presente

Análise da sucessão de predefiniçõesEditar

Segue uma descrição detalhada das predefinições de sucessão, com informações sobre as circunstâncias em que são usadas e exemplos de seu uso em caixas de sucessão. Os cinco modelos básicos não estão incluídos, pois sua função é padrão (consulte a seção anterior) e seus parâmetros são documentados separadamente mais abaixo nesta página.

Os modelos são analisados ​​em seções de acordo com seu local em caixas de sucessão.

Predefinição de Predecessor/sucessorEditar

Estes são as predefinições usadas para substituir s-ats e / ou s-dps quando uma caixa documenta uma sucessão diferente do formato usual de "predecessor-sujeito-sucessor", como no início ou final de uma cadeia de sucessão e em uma vaga. Os modelos nesta categoria são quatro: S-novo , S-nao , S-exer e S-vago .

S-novoEditar

S-novo é usado em vez de 's-ats' para significar o início de uma nova cadeia de sucessão, onde não há predecessor antes do sujeito para um título específico. Os títulos podem ser criados a qualquer momento e por qualquer motivo: junto com o nascimento de novos estados, em tempos de reforma governamental e na criação de novos partidos políticos, instituições educacionais, distritos/constituintes eleitorais ou outras fundações ou entidades.

Usando simplesmente {{S-novo}} produzirá uma célula simples "Novo título". O uso de parâmetros pode alterar este título: "criacao" produz uma célula "Nova criação" em vez da célula "Novo título", "partido" produz uma célula "Novo partido político", etc. (consulte a página da predefinição para obter uma lista completa). Há também um parâmetro "razao", que oferece a opção de inserir o motivo por trás da criação do título, usando uma frase curta.

Here follow three examples of the usage of Template:S-new, taken from the articles of Alfred Deakin, Anthony Ashley-Cooper, 1st Earl of Shaftesbury, and Robert Walpole respectively: A seguir, três exemplos do uso de Predefinição: S-novo , extraído do artigo de Robert Walpole:

{{S-sucessão}}
{{S-novo}}
{{s-titu | titulo = [[Lista de primeiros-ministros do Reino Unido|Primeiro-ministro do Reino Unido]] |anos = 1721 — 1742 }}
{{s-dps | depois = [[Spencer Compton, 1º Conde de Wilmington|O Conde de Wilmington]] }}
{{S-sucessãofim}}

Vai aparecer assim:

Novo título Reino Unido
1721 — 1742
Sucedido por
O Conde de Wilmington

S-naoEditar

"S-nao" é o oposto de "S-novo": é usado para sinalizar a conclusão de uma cadeia de sucessão, substituindo "s-dps" na célula sucessora da caixa. S-nao preenche o slot quando uma posição é abolida, é extinta ou cai em desuso permanente. 'S-vago' 'deve ser usado se a linha de sucessão continuar após um período de vacância.

Como as razões para o final de um título são mais numerosas e possivelmente mais difíceis de descrever do que as de sua criação, S-nao é uma predefinição aberta, permitindo a inserção de praticamente qualquer mensagem (usando o parâmetro "razao", que não pode ser omitido). É preferível, no entanto, que essas mensagens sejam tão curtas quanto possível, e existem muitos desses rótulos cujo uso é ditado por diretrizes, como "Extinto" e "Fundido na coroa" para pariatos, "Escritório abolido" para escritórios e "Distrito eliminado" para distritos eleitorais.

S-nao deve ser seguido por um caractere |- em tabelas complexas, ou um erro pode ocorrer na exibição dessas caixas de sucessão. O uso desse caractere não é necessário se for dada uma razão, pois o uso de uma razão incorpora o uso do caractere |. Também são excluídas as primeiras e últimas linhas de cada tabela (contando cabeçalhos e outros modelos), pois não é necessário adicionar o caractere antes da primeira linha e após a última.

A seguir, três exemplos do uso de Template: S-non , baseados nos artigos Louis Mountbatten, 1.º Conde Mountbatten da Birmânia, Francis Egerton, 3º Duque de Bridgewater, e John Quincy Adams respectivamente:

{{S-sucessão}}
{{s-ats|antes=[[Archibald Wavell|O Visconde Wavell]]}}
{{s-titu|titulo=[[Governador Geral da Índia|Vice-rei da Índia]]|anos=1947}}
{{S-nao|razao=Cargo abolido}}
{{s-ats|antes=[[John Egerton, 2nd Duke of Bridgewater|John Egerton]]}}
{{s-titu|titulo=[[Duke of Bridgewater|Earl of Bridgewater]]|anos=1748–1803}}
{{S-nao|razao=Extinto}}
{{s-ats|antes=[[James L. Hodges]]}}
{{s-titu|titulo=Member from [[Massachusetts's 12th congressional district]]|anos=1833–1843}}
{{S-nao|razao=Distrito eliminado}}
{{S-sucessãofim}}

Que aparecerá assim:

Precedido por
O Visconde Wavell
Vice-rei da Índia
1947
Cargo abolido
Precedido por
John Egerton
Conde de Bridgewater
1748–1803
Extinto
Precedido por
James L. Hodges
Membro do 12º distrito congressional de Massachusetts
1833–1843
Distrito eliminado

S-exerEditar

S-exer é usado em vez de S-dps para mostrar que o sujeito é o detentor atual de um título e que, por esse motivo, não há sucessor para o título durante o termo do sujeito. . Existem titulares de todas as cadeias de sucessão que ainda não foram encerradas, com exceção das que estão vagas no momento.

Normalmente, usaremos a predefinição S-exer , {{S-exer}} , que produzirá uma célula "incumbente" simples. Existem dois parâmetros que podem alterar esse título quando é inapropriado: "recente" produz uma célula "Mais recente", adequada para os mais recentes prêmios e candidaturas a eleições, e "atual" produz uma célula "Detentor(a) atual", adequada para os detentores de recordes e troféus. Juntamente com os mencionados, há o parâmetro "herdeiro", que permite incluir o nome do herdeiro do titular (se houver), bem como o parâmetro "tipo-herdeiro", no qual o título ou status específico de um herdeiro pode ser declarado (geralmente "Herdeiro aparente" ou "Herdeiro presuntivo").

A seguir, três exemplos do uso de Predefinição: S-exer , baseado nos artigos Angela Merkel, Mitt Romney e Afonso XIII de Espanha respectivamente:

{{s-sucessão}}
{{s-ats|antes=[[Gerhard Schröder]]}}
{{s-titu|titulo=[[Chanceler da Alemanha]]|anos=2005–presente}}
{{s-pausa}}
{{s-ats|antes=[[John McCain]]}}
{{s-titu|titulo=[[Lista de bilhetes presidenciais do Partido Republicano dos Estados Unidos|Candidato presidencial do Partido Republicano]]|anos=[[Eleição presidencial nos Estados Unidos em 2012|2012]]}}
{{s-exer|recente}}
{{s-pausa}}
{{s-vago|ultimo=[[Afonso XIII de Espanha|Afonso XIII]]}}
{{s-titu|titulo=[[Lista de monarcas de Espanha|Rei da Espanha]]|anos=22 de Novembro 1975 – presente}}
{{s-exer|herdeiro=[[Filipe VI de Espanha]]}}
{{s-sucessãofim}}

Que aparecerá assim:

Precedido por
Gerhard Schröder
Chanceler da Alemanha
2005–presente
Precedido por
John McCain
Candidato presidencial do Partido Republicano
2012
Mais recente
Vago Rei da Espanha
22 de Novembro 1975 – presente
Em exercício
Herdeiro:
Filipe VI de Espanha

S-vagoEditar

S-vago pode ser usado no lugar de S-ats ou S-dps (ou ambos na mesma linha), e seu objetivo é indicar quebras nas cadeias de sucessão, principalmente as vacâncias. Uma vacância é um período de tempo durante o qual um título está desocupado - para monarcas, esses períodos são conhecidos como Interregno. As vacâncias ocorrem na maioria dos cargos, embora se deva observar que o curto período que costuma passar entre o final do mandato do titular anterior e a eleição/nomeação do próximo titular, não conta como vacância.

Existem duas versões básicas para S-vago , cada uma das quais requer um parâmetro. A versão da célula predecessora usa um parâmetro "ult", onde o nome do titular do título antes da vaga pode ser preenchido, enquanto a versão da célula sucessora usa o parâmetro "prox". Além disso, existem parâmetros de título que alteram a mensagem exibida ("Vago"), dependendo das circunstâncias específicas: "comissao" produz um rótulo "Em comissão" e "suspenso" produz um rótulo "Suspenso", para fornecer dois exemplos (consulte a página da predefinição para uma lista).

Além da edição padrão do S-vago , há também um par de versões para os casos em que os titulares são desconhecidos e, portanto, novamente há elos ausentes nas cadeias de sucessão, mesmo que os títulos tenham sido realmente ocupados naqueles momentos. Nessas ocasiões, os parâmetros "ult" e "prox" são substituídos por "ultdesco" e "proxdesco" respectivamente, enquanto o parâmetro "desconhecido" deve ser usado. Dessa forma, os leitores podem navegar sem obstruções por cadeias de sucessão ainda incompletas.

Nas quatro versões, há também um parâmetro opcional "como", para alterações dos nomes dos títulos (consulte a seção relevante mais abaixo nesta página), bem como o parâmetro " razao "(de preferência usado apenas para vacâncias), onde uma breve explicação para a vacância pode ser inserida.

Observe que S-vago deve sempre ser precedido (quando uma célula predecessora) ou seguido (quando uma célula sucessora) por um caractere | - nas caixas de sucessão, pois erros graves podem ocorrer na exibição dessas caixas se o caractere for omitido. As primeiras e últimas linhas de cada tabela (contando cabeçalhos e outras predefinições) são excetuadas, pois não é necessário adicionar o caractere antes da primeira linha e após a última.

A seguir, quatro exemplos do uso da Predefinição: S-vago , baseada nos artigos Carlos, Príncipe de Gales, Spencer Compton, 1.º Conde de Wilmington, Carlos I de Inglaterra e Winston Churchill respectivamente:

{{S-sucessão}}
{{s-vago|ult=[[Eduardo VIII do Reino Unido|Eduardo VIII]]}}
{{s-titu|titulo=[[Príncipe de Gales]]|anos=26 de Julho 1958 – presente}}
{{s-exer|herdeiro=[[Guilherme, Duque de Cambridge|William]]}}
{{s-ats|antes=[[Thomas Trevor]]}}
{{s-titu|titulo=[[Lord Privy Seal]]|anos=1730}}
{{s-vago|comissao|prox=[[William Cavendish, 3º Duque de Devonshire|Duque de Devonshire]]}}
{{s-pausa}}
{{s-ats|antes=[[Jaime VI da Escócia e I de Inglaterra|James I/VI]]}}
{{s-titu|titulo=[[Lista de monarcas da Inglaterra|Rei da Inglaterra]]|anos=27 de Março 1625 – 30 de Janeiro 1649}}
{{s-vago|prox=[[Carlos II de Inglaterra|Carlos II]]|razao=[[Comunidade da Inglaterra]]}}
{{s-pausa}}
{{s-vago|desconhecido |ultdesco=[[Herbert Henry Asquith|H. H. Asquith]]}}
{{s-titu|titulo=[[Reitor da Universidade de Aberdeen]]|anos=1914–1918}}
{{s-dps|depois=[[Weetman Pearson, 1º Visconde de Cowdray|Visconde de Cowdray]]}}
{{S-sucessão}}

Que aparecerá assim:

Vago
Último titular:
Eduardo VIII
Príncipe de Gales
26 de Julho 1958 – presente
Em exercício
Herdeiro:
William
Precedido por
Thomas Trevor
Lord Privy Seal
1730
Comissão
Próximo titular:
Duque de Devonshire
Precedido por
James I/VI
Rei da Inglaterra
27 de Março 1625 – 30 de Janeiro 1649
Vago
Próximo titular:
Carlos II
Desconhecido
Último titular conhecido:
H. H. Asquith
Reitor da Universidade de Aberdeen
1914–1918
Sucedido por
Visconde de Cowdray

Títulos e cargosEditar

A única predefinição de célula de título que não seja S-titu é S-pret e é usado para títulos ou títulos em oretensão. Para outras formas e funções de S-titu , consulte a seção "Funcionalidades adicionais".

S-pretEditar

S-pret é usado em vez de s-titu para significar que um título (geralmente um título real) é detido por uma pessoa, mas o poder normalmente associado a ele não é. Isso pode assumir duas formas: governantes e pretendentes.

  • Os governantes titulares são pessoas que merecem legitimamente um título, mas de alguma forma são incapazes de conquistá-lo, como no caso de Luís XVII de França, herdeiro do trono durante os primeiros anos da Revolução Francesa. Geralmente, o título de um governante titular será novamente herdado por alguém com poder e permanece apenas temporariamente suspenso. Geralmente, existe apenas um requerente titular de um título.
  • Pretendentes são pessoas que podem ou não ter uma reivindicação legítima de um título, mas, independentemente disso, não possuem nenhuma autoridade legítima. Talvez os pretendentes mais famosos tenham sido o príncipe Jaime Francisco Eduardo Stuart e seu filho, Carlos Eduardo Stuart, que eram respectivamente conhecidos pelos jacobitas como James III e VIII e Carlos III, mas apelidados por outros de, o Velho Pretendente e o Novo Pretendente. Enquanto James Stuart era o legítimo herdeiro de seu pai, a Revolução Gloriosa irrevogavelmente anulou esse poder em favor de sua meia-irmã. Portanto, ele perdeu sua legitimidade para governar, mas ainda reivindicou seus títulos hereditários, assim como seu filho. Os pretendentes nem sempre são sucessivos, como geralmente são os líderes titulares, e pode haver vários pretendentes ao mesmo tempo (como nos legitimismos da França] e Orleanistas).

S-pret é usado para os casos descritos acima, devido à sua diferença básica de s-titu : a palavra "Titular" aparece acima do título na célula exibida e também há diferenças de formatação. Além do parâmetro obrigatório "titulo" e do parâmetro opcional, mas básico, "anos" (assim como o onipresente parâmetro "filas"), este modelo não aceita parâmetros.

Segue um exemplo do uso de Predefinição: S-pret , baseado no artigo do Nicolau II da Rússia:

{{S-sucessão}}
{{S-novo|perda}}
{{S-pret|titulo=[[Lista de monarcas da Rússia|Tsar da Rússia]]|anos=15 de Março 1917 – 17 de Julho 1918}}
{{S-vago|prox=[[Cyrill Vladimirovich da Rússia|Cyril Vladimirovitch]]}}
{{S-sucessãofim}}

Que aparecerá assim:

Perda de um título — PRETENDENTE —
Tsar da Rússia
15 de Março 1917 – 17 de Julho 1918
Vago
Próximo titular:
Cyril Vladimirovitch

Funcionalidades adicionaisEditar

Como o objetivo das caixas de sucessão é transmitir informações úteis sucintamente aos leitores, existem parâmetros que permitem a introdução de dados nas caixas além das capacidades já examinadas dos modelos de sucessão. Em particular, existem onze parâmetros: o parâmetro "como", usado em células predecessoras e sucessoras, e a família "regente", juntamente com os parâmetros "aolado", "lordes" e "criacao" e "dinastia" para a célula do título. Todos eles são opcionais.

Parâmetro "Como"Editar

O parâmetro como , que pode ser encontrado nos modelos S-ats , S-dps e S-vago , é usado para informar o leitor sobre uma alteração no nome do título do titular anterior ou seguinte. Nesses casos, mesmo que o título mantenha mais ou menos o mesmo poder e a cadeia de sucessão não seja interrompida, o nome do título é diferente. Como os leitores podem ficar confusos ao ver o título mudar repentinamente durante o curso de uma cadeia de sucessão, o parâmetro "como" é usado para prepará-lo para a mudança iminente nas duas direções, adicionada à caixa de sucessão anterior e à seguinte a mudança no nome.

Observe que certas alterações nos nomes dos títulos, como a inclusão em um título de "Rainha" em vez de "Rei" ou de outras palavras específicas de gênero, não precisam ser esclarecidas com o parâmetro "como".

A seguir, alguns exemplos do uso do parâmetro "como", baseado nos artigos de Luís XVIII de França e Napoleão Bonaparte:

{{S-sucessão}}
{{S-ats|antes=[[Napoleão Bonaparte]]|como=[[Lista de monarcas da França|Imperador dos Franceses]]}}
{{S-titu|titulo=[[Lista de monarcas da França|Rei da França]] e [[Lista de reis de Navarra|Navarra]]|anos=6 de Abril 1814 – 20 de Março 1815}}
{{S-dps|depois=[[Napoleão Bonaparte]]|como=[[Lista de monarcas da França|Imperador dos Franceses]]}}
{{S-ats|antes=[[Luís XVIII de França|Luís XVIII]]|como=Rei da França e Mavarra}}
{{S-titu|titulo=[[Lista de monarcas da França|Imperador dos Franceses]]|anos=1 de Março 1815 – 22 de Junho 1815}}
{{S-dps|depois=[[Napoleão II de França|Napoleão II]]}}
{{s-end}}

Que aparecerá assim:

Precedido por
Napoleão Bonaparte
como Imperador dos Franceses
Rei da França e Navarra
6 de Abril 1814 – 20 de Março 1815
Sucedido por
Napoleão Bonaparte
como Imperador dos Franceses
Precedido por
Luís XVIII
como Rei da França e Navarra
Imperador dos Franceses
1 de Março 1815 – 22 de Junho 1815
Sucedido por
Napoleão II

Parâmetro "Regentes"Editar

Este é um grupo de seis parâmetros, que são usados exclusivamente em s-titu para indicar regências e outras ocupações conjuntas de cargos e títulos. Essa caracterização se aplica à ocupação do mesmo cargo, e não a de outros semelhantes (como é o caso dos assentos parlamentares - veja a próxima seção no parâmetro "aolado"). Cada célula suporta até três regentes, cujos nomes podem ser inseridos nos parâmetros "regente1", "regente2" e "regente3", respectivamente; se houver menos de três regentes, apenas o primeiro ou dois parâmetros precisam ser usados.

Para cada um dos regentes, existe um parâmetro correspondente para os anos em que eles ocupavam o cargo em conjunto com o assunto: "anos1", "anos2" e "anos3". Se um regente manteve o título durante todo o período do assunto, no entanto, não são necessários anos. A ordem dos regentes deve ser cronológica, com a que assume o cargo antes; se um regente ocupava o cargo durante todo o mandato do sujeito (sem datas de regência), esse regente deveria ter precedência.

A seguir, um exemplo do uso do parâmetro "regentes":

{{S-sucessão}}
{{S-ats|antes=Inserir predecessor aqui}}
{{S-titu|titulo=Inserir título da pessoa aqui|anos=Inserir anos aqui
|regente1=Digite o nome ou título do primeiro (ou único) regente|anos1=Digite os anos do primeiro regente}}
|regente2=Digite o nome ou título do segundo regente|anos2=Digite os anos do segundo regente}}
|regente3=Digite o nome ou título do terceiro regente|anos3=Digite os anos do terceiro regente}}
{{S-dps|depois=Inserir sucessor aqui}}
{{S-sucessãofim}}

Que se parece com:

Precedido por
Philip
Rainha da Antártida
1889–1914
com Philip (1889–1897)
Anthony (1889–1895)
Elizabeth (1895–1897)
Sucedido por
Margaret

Parâmetro "Ao lado"Editar

O objetivo do parâmetro "aolado", usado no modelo s-titu , é mostrar que o sujeito serviu em um parlamento ou congresso para o mesmo círculo eleitoral, distrito, estado ou outro tipo de divisão eleitoral, enquanto essa divisão tradicionalmente eleger entre dois e quatro representantes. O número final de nomes preenchidos no parâmetro é igual ou maior que o número de assentos no distrito em questão, menos um, e depende muito da duração do termo do sujeito. Não há anos para esse parâmetro e os nomes são separados apenas por vírgulas; quebras de linha ( <br /> ) podem ser usadas para melhorar o layout da caixa.

A seguir, um exemplo do uso do parâmetro "aolado", baseado no artigo do John F. Kennedy:

{{S-sucessão}}
{{S-ats|antes=[[Henry Cabot Lodge, Jr.]]}}
{{S-titu|titulo=[[Lista de senadores Estado Unidenses de Massachusetts|Senador de Massachusetts (Classe 1)]]|anos=3 de Janeiro, 1953 – 22 de Dezembro, 1960|aolado=[[Leverett Saltonstall]]}}
{{S-dps|depois=[[Benjamin A. Smith]]}}
{{S-sucessãofim}}

Que se parece com:

Precedido por
Henry Cabot Lodge, Jr.
Senador de Massachusetts (Classe 1)
3 de Janeiro, 1953 – 22 de Dezembro, 1960
Servido ao lado: Leverett Saltonstall
Sucedido por
Benjamin A. Smith

Parâmetro "Lordes"Editar

O parâmetro "lordes" (novamente, encontrado apenas em s-titu ) mostra que uma pessoa é membro da Câmara dos Lordes e fornece os anos pelos quais essa associação durou. Esses anos são inseridos no parâmetro "lordes" e sua inclusão é obrigatória se o parâmetro for usado. Como todos os lordes dos Pariatos da Inglaterra, Grã-Bretanha e o Reino Unido tiveram automaticamente direito a um assento na Casa dos Lordes antes da Lei da Câmara dos Lordes de 1999, os anos de seus membros eram geralmente contemporâneos aos do seu titulares do Pariato que concediam seus lugares e, portanto, o parâmetro "lordes" pode ser omitido para assuntos cujos títulos mais antigos pertenciam a um dos três pares acima mencionados. Por outro lado, o parâmetro é útil para:

  • lordes representativos
  • lordes que perderam seus assentos na Casa em 1999
  • lordes cujos títulos mais altos estavam nos Pariatos da Escócia ou Irlanda e cujos assentos na Casa eram ocupados por um de seus títulos júnior (antes de 1999)
  • Bispos da Igreja da Inglaterra entrando na Casa depois de 1999 (com exceção dos Arcebispos de Canterbury e York e dos Bispos de [[Bispo de Londres|Londres] ], Durham e Winchester, que são membros 'ex officio' da Câmara dos Lordes)

Aqui seguem quatro exemplos do uso do parâmetro "lordes", baseados nos artigos John George Spencer-Churchill, 11.º Duque de Marlborough, Alexander Scrymgeour, 12º Conde de Dundee, Charles Alan Andrew Cathcart, 7º Conde Cathcart e Kenneth William Stevenson:

{{S-sucessão}}
{{S-ats|antes=[[John Spencer-Churchill, 10.º Duque de Marlborough|John Spencer-Churchill]]}}
{{S-titu|titulo=[[Duque de Marlborough]]|anos=1972–presente|lordes=1972–1999}}
{{S-exer|herdeiro=[[Jamie Spencer-Churchill, 12.º Duque de Marlborough|Jamie Spencer-Churchill]]}}
{{S-ats|antes=[[Henry Scrymgeour-Wedderburn, 11º Conde de Dundee|Henry Scrymgeour-Wedderburn]]}}
{{S-titu|titulo=[[Conde de Dundee]]|anos=1983–presente|lordes=1983–presente}}
{{S-exer}}
{{S-ats|antes=[[Alan Cathcart, 6º Conde de Cathcart|Alan Cathcart]]}}
{{S-titu|titulo=[[Conde de Cathcart]]|anos=1999–presente|lordes=2007–presente}}
{{S-exer}}
{{S-ats|antes=[[Timothy John Bavin]]}}
{{S-titu|titulo=[[Bispo de Portsmouth (Anglicano)|Bispo de Portsmouth]]|anos=1995–presente|lordes=2005–presente}}
{{S-exer}}
{{s-end}}

Que aparecerá assim:

Precedido por
John Spencer-Churchill
Duque de Marlborough
1972–presente
Membro da Câmara dos Lordes
(1972–1999)
Em exercício
Herdeiro:
Jamie Spencer-Churchill
Precedido por
Henry Scrymgeour-Wedderburn
Conde de Dundee
1983–presente
Membro da Câmara dos Lordes
(1983–presente)
Em exercício
Precedido por
Alan Cathcart
Conde de Cathcart
1999–presente
Membro da Câmara dos Lordes
(2007–presente)
Em exercício
Precedido por
Timothy John Bavin
Bispo de Portsmouth
1995–presente
Membro da Câmara dos Lordes
(2005–presente)
Em exercício

Parâmetro "Criação", Parâmetro "Dinastia"Editar

"Criacao" e "dinastia" constituem um par de parâmetros idênticos na aparência, embora com objetivos um pouco diferentes, atualmente os mais novos no modelo s-titu . O parâmetro "criacao" ajuda a acompanhar as sucessões de pares de títulos criados várias vezes; "º criacao" deve ser preenchido no parâmetro para cada caixa na cadeia específica, e parâmetros de criação devem ser usados para todas as criações com o mesmo título. O parâmetro "dinastia" fornece informações de natureza mais complementar, projetadas principalmente para os faraós egípcios.

A seguir, um exemplo do uso do parâmetro "criacao", baseado no artigo do João Dudley, 1.º Duque de Northumberland:

{{S-sucessão}}
{{S-novo|criacao}}
{{S-titu|titulo=[[Duque de Northumberland]]|criacao=1ª criação|anos=1551–1553}}
{{S-nao|razao=Confiscado}}
{{S-sucessãofim}}

Que aparecerá assim:

Nova criação Duque de Northumberland
1ª criação
1551–1553
Confiscado

CabeçalhoEditar

Os cabeçalhos são barras horizontais coloridas que ajudam a categorizar cargos e títulos em caixas de sucessão. Cada cabeçalho é colocado acima de uma ou mais linhas de sucessão do mesmo tipo (mais especificamente, o tipo fornecido no cabeçalho), organizando efetivamente as caixas. Cada cabeçalho tem uma cor diferente, o que facilita a navegação em grandes caixas de sucessão. Outra característica que ajuda na navegação rápida é que os cabeçalhos (e as linhas de sucessão abaixo deles) são colocados em uma ordem específica (encontrada na # A. Orientações gerais | Página de diretrizes do SBS (Em inglês)).

Além de diminuir o sentimento de confusão que grandes caixas de sucessão tendem a criar para o leitor, os cabeçalhos também fornecem informações úteis sobre desambiguação, nomeando órgãos legislativos, religiões, pariatos etc. aos quais os títulos abaixo desses cabeçalhos pertencem. Isso pode ser feito usando parâmetros, cada um produzindo uma variante diferente do modelo básico criado pelos modelos de cabeçalho não parametrizados, com a mesma cor, mas com texto diferente, embora semelhante. Os parâmetros também criam cabeçalhos para diferentes subtipos de cargos que não são populosos o suficiente como categorias para permitir modelos de cabeçalho separados.

A tabela a seguir lista todos os modelos de sucessão de cabeçalho, mostrando cada cabeçalho e o código wiki que o produz; para cabeçalhos especializados por parâmetros, são mostrados o cabeçalho adequado e um exemplo de cabeçalho especializado. Mais informações sobre o uso adequado podem ser encontradas na seção relevante da Página de diretrizes do SBS (Em inglês). Listas exaustivas dos parâmetros dos modelos, juntamente com exemplos de uso, podem ser encontradas na página de documentação individual de cada modelo, que pode ser acessada nos links desta lista.

Cargos acadêmicos {{s-aca}}
Prêmios e Conquistas {{s-con}}
Prêmios {{s-con|pre}}
Posições empresariais {{s-bus}}
Cargos civis {{s-civ}}
Nomeações da Polícia {{s-civ|pol}}
Cargos na Corte {{s-cor}}
Cargos culturais {{s-cul}}
Postos diplomáticos {{s-dip}}
Cargos educacionais {{s-edu}}
Cargos governamentais {{s-gov}}
Cargos heráldicos {{s-heral}}
Títulos honorários {{s-hon}}
Cargos jurídicos {{s-jur}}
Séries literárias {{s-lit}}
Cargos na mídia {{s-midia}}
Cargos militares {{s-mil}}
Posições em ONGs sem fins lucrativos {{s-ong}}
Cargos maçônicos {{s-ong|maçom}}

Veja tambémEditar

Documentação para criar caixas de sucessão podem ser achadas em Predefinição:S-sucessão.

Predefinição:S-pausa/TemplateData