Prenestino-Labicano

Prenestino-Labicano é o sétimo quartiere de Roma e normalmente indicado como Q. VII. Seu nome é uma referência à Via Prenestina e à antiga Via Labicana, hoje o trecho inicial da Via Casilina.

Quartiere Prenestino-Labicano

GeografiaEditar

 
Brasão do Quartiere Prenestino-Labicano.

O quartiere Prenestino-Labicano fica a leste da cidade, encostado na Muralha Aureliana e tem o formato triangular com o vértice na Porta Maggiore. Suas fronteiras são:

  • ao norte estão os quartieri Q. VI Tiburtino, separado pela Via Prenestina no trecho entre a Piazzale Labicano (Porta Maggiore) até o Largo Preneste, e Q. XXII Collatino, separado também pela Via Prenestina, mas no trecho entre o Largo Preneste até a Via Tor de Schiavi.
  • a leste está o quartiere Q. XIX Prenestino-Centocelle, separado pela Via Tor de Schiavi no trecho entre a Via Prenestina até a Viale della Primavera e por toda extensão desta última até a Via Casilina.
  • ao sul estão os quartieri Q. XXIV Don Bosco, separado pela Via Casilina, no trecho da Viale della Primavera até a Via di Centocelle, e Q. VIII Tuscolano, separado pela Via Casilina, no trecho da Via di Centocelle até a Piazzale Labicano (Porta Maggiore).
  • a oeste com o rione Esquilino, separado pela Piazzale Labicano (Porta Maggiore).

HistóriaEditar

Prenestino-Labicano estava entre os quinze primeiros quartieri criados em 1911 e oficialmente instituídos em 1921. Na época, a leste ficava o subúrbio homônimo S. IV Prenestino-Labicano. Em 1961, por deliberação do Comissario Straordinario nº 2453 de 13 de setembro, o trecho compreendido entre a Via Tor de Schiavi/Viale della Primavera e a Viale Palmiro Togliatti foi transformado no quartiere Prenestino-Centocelle. O quartiere está subdividido em duas regiões históricas: Marranella e Pigneto.

BrasãoEditar

A descrição oficial do brasão de Prenestino-Labicano é: Spaccato de argento e gules com cornucópia de or com frutas naturais[1].

Vias e monumentosEditar

Antiguidades romanasEditar

EdifíciosEditar

Palácios e villasEditar

Outros edifíciosEditar

IgrejasEditar

Referências

  1. Carlo Pietrangeli, p. 192
  2. ArchiDiAP, Pastificio Pantanella
  3. Abitare a Roma.net, La ex Serono sarà un albergo a 4 stelle

BibliografiaEditar

Collegamenti esterniEditar