Abrir menu principal

George Edward Challenger

(Redirecionado de Professor Challenger)

George Edward Challenger ou Professor Challenger é um personagem de contos de ficção científica criado por Sir Arthur Conan Doyle, conhecido principalmente por seus romances policiais do detetive Sherlock Holmes.

Resumo biográficoEditar

"Challenger, George, Edward, nascido em Largs em 1863, fez os seus estudos na Academia de Largs, e na Universidade de Edimburgo. Assistente no Museu Britânico em 1892. Conservador-adjunto na secção de antropologia comparada em 1893. Demitido no mesmo ano após uma correspondência acerba. Laureado com a medalha Crayston para pesquisas zoológicas. Membro estrangeiro de... Sociedade Belga, Academia Americana das Ciências, La Plata, etc. Ex-presidente da Sociedade de Paleontologia. Secção H, British Association... Publicações: 'Algumas observações sobre sobre uma coleção de crânios calmucos'; 'Grandes linhas da evolução dos vertebrados'; e numerosos artigos de revistas, entre os quais: 'O erro de base da teoria de Weissmann', que suscitou calorosas discussões no congresso zoológico de Viena. Distrações favoritas: a marcha a pé, o alpinismo. Morada: Enmore Park, Kensington, West."[1]

Em 2000, com a versão em seriado do livro, o personagem foi vivido por Peter McCauley.

Contos com o Professor ChallengerEditar

  • "O Mundo Perdido" (The Lost World) (1912)
  • "A nuvem envenenada" (The Poison Belt) (1913)
  • "A terra das brumas" (The Land of Mist) (1926)
  • "A máquina da desintegração" (The Disintegration Machine) (1927)
  • "Quando o mundo gritou (When the World Screamed) (1928)

Notas

  1. In: "O Mundo Perdido", cap. 2.

BibliografiaEditar

  • DOYLE, Conan. O Dia em que a Terra gritou. Lisboa: Livros do Brasil, 1987. (Coleção Argonauta, nr. 357)

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.