Abrir menu principal
Portal A Wikipédia possui o
Portal Harry Potter

O Profeta Diário é um jornal fictício da série Harry Potter. Encontram-se nele as mais variadas notícias sobre o Mundo Bruxo. No mundo fictício de Harry Potter existem diversas publicações como revistas, e jornais, que são mencionadas ao longo dos livros, mas o grande veículo das notícias do mundo mágico é o jornal O Profeta Diário. A partir do quatro livro Harry Potter e o Cálice de Fogo percebe-se que o jornal bruxo apresenta versões distorcidas em suas notícias, principalmente sobre Harry Potter. No quinto livro, Harry Potter e a Ordem da Fênix o jornal serviu para difamar Harry Potter e Alvo Dumbledore, seguindo as ordens do Ministério da Magia. Durante a série noticia importantes fatos.

correio coruja

OrigensEditar

Não se sabe quando o jornal foi fundado mas, através do livro "Quadribol Através dos Séculos" de "Kennilworthy Whisp" (pseudônimo usado pela escritora da série, J.K. Rowling), há uma citação no capítulo seis que a inovação no jogo de quadribol com relação às cestas, por volta de 1883, foi anunciada no Profeta Diário.

Nos primeiros livrosEditar

O editor atual do Profeta é Barnabas Cuffe (que foi aluno de Poções do professor Horácio Slughorn), como consta no livro seis e seu escritório fica em Diagon-Al.

As edições são entregues todas as manhãs, pelo correio coruja. Pode-se fazer uma assinatura ou se desejar, pagar no momento em que recebe, colocando as moedas numa bolsinha presa à perna da coruja correio. Cada exemplar custava cinco nuques.
Inclusive em Hogwarts na hora do café da manhã costumam chegar as corujas mensageiras (às vezes derrubando a bebida ou pisando na comida sobre a mesa). São exemplares impressos, com fotos que se movem e parece que estão sempre no momento exato da notícia.
Quando Rony e Harry perdem o trem e são vistos pelos trouxas voando no Ford Anglia, Snape já tinha a cópia do jornal com a notícia no momento em que os garotos chegaram em Hogwarts (no livro dois). Também é possível que o texto do jornal mude conforme as notícias chegam, afinal é uma mídia mágica.

Nos primeiros três livros, a não ser uma ou outra menção, o Profeta fica um tanto obscuro. Apenas tomamos conhecimento de alguma notícia especial como a do carro voador. As edições tardias são chamadas de Profeta Vespertino e as edições de domingo são chamadas Profeta Dominical.

A partir do livro quatroEditar

Harry Potter e o cálice de fogo é o livro onde o jornal é parte importante e enfoca o jornalismo de forma bem curiosa.
Primeiro tomando o caso da repórter Rita Skeeter, que no verão de 1994 escreveu um artigo para o jornal, sobre a Confederação Internacional de Bruxos, no qual chamava Dumbledore de senil.
No outono de 1994 ela cobriu o Torneio Tribruxo e criou confusões até ser expulsa da escola pelo diretor.
Além disso, ela descobriu o fato de Hagrid ser meio gigante (e desta vez era verdade), mas transformou o fato em escândalo ao dizer que ele era um tipo brutal. Que colocava os alunos em perigo, que ninguém gostava dele, apenas Dumbledore o protegia.

O problema é que ela é o tipo da repórter tendenciosa, que inventa e escreve mentiras. Qualquer coisa por uma reportagem ainda que não seja verdadeira, ainda que possa prejudicar seriamente alguém.

Felizmente, em junho de 1995 Hermione descobriu que ela era um animago (um besouro que escutava tudo sem chamar a atenção) e soube como neutralizá-la, proibindo-a de escrever durante um ano.

Depois, vimos o Profeta Diário, tomar posição favorável ao Ministério da Magia no caso da volta de Lord Voldemort. O jornal obedeceu às diretrizes do ministro da magia, Cornelius Fudge ao negar sempre a volta do Lord das Trevas e lançou uma campanha difamatória contra Harry e Dumbledore.
Aproveitando a abertura de Rita Skeeter com suas reportagens mentirosas, o Profeta transformou Harry num adolescente com excesso de imaginação, em busca de constante atenção e um tanto perturbado. Dumbledore passou a ser mencionado como um velho gagá, um grande bruxo perdendo seus poderes e sua capacidade de discernimento.

A verdade prevaleceEditar

Após a batalha no Ministério da Magia, Fudge foi forçado a admitir que Voldemort retornara. Logo depois perdeu seu cargo para Rufus Scrimgeour.
Com essa reviravolta, o Profeta Diário também mudou sua linha editorial. Passou a dizer que Harry era a voz solitária da verdade.
Inclusive comprou do Pasquim (revista cujo editor é o pai de Luna Lovegood) a entrevista que Harry deu para a própria Rita Skeeter (que foi obrigada a entrevistá-lo por Hermione) contando toda a verdade sobre a volta de Voldemort.

Jornais e RevistasEditar

O Pasquim (The Quibbler)

 Ver artigo principal: O Pasquim

É uma revista cujo editor é Xenophilius Lovegood. Ele é totalmente contra o viés comercial do Profeta Diário, inclusive seus funcionários não recebem, são voluntários. Sem dúvida muitas das histórias são mesmo absurdas mas são dedicadas a um público curioso e de mente aberta.
Ele é frontalmente contra fazer propaganda do Ministério da Magia e tem suas razões. O problema é que sua revista é desacreditada por tratar de assuntos completamente inacreditáveis.
Graças a sua postura liberal, o pai de Luna aceita publicar a entrevista que Harry dá à Rita Skeeter contando toda a verdade sobre o retorno do Lord das Trevas. Depois da queda do ministro da magia, o Profeta Diário comprou essa entrevista por um bom preço.

Transfiguração Hoje

 Ver artigo principal: Transfiguração Hoje

É uma revista que Harry conheceu no Caldeirão Furado, no terceiro livro, quando fugiu da casa dos Dursley.

Qual vassoura?

 Ver artigo principal: Qual vassoura?

É uma revista sobre Vassouras Voadoras. Para aficcionados.

Semanário dos Bruxos (Witch Weekly)

 Ver artigo principal: Semanário dos Bruxos

É uma revista dedicada a variedades do mundo mágico. Isso inclui artigos, conselhos, jogos, inclusive quadribol. Menciona novidades sobre as celebridades, parece que publica artigos de Rita Skeeter.
Essa revista é mencionada no livro dois, quando conta que Gilderoy Lockhart ganhou durante cinco vezes seguidas o prêmio do Sorriso mais Atraente do Semanário dos Bruxos.

'O Preparador de Poções

 Ver artigo principal: O Preparador de Poções

Rede Radiofônica dos Bruxos

 Ver artigo principal: Rede Radiofônica dos Bruxos

Observatório Potter

 Ver artigo principal: Observatório Potter

Seções do Profeta DiárioEditar

Nas quartas-feiras há uma coluna sobre zoologia. Foi o motivo que Rita Skeeter usou para entrevistar Hagrid durante sua aula.
Há uma seção de quadribol, com os times e o ranking, além de artigos sobre o esporte.
Também existe a seção de cartas dos leitores. Geralmente publicam apenas uma carta marcada como Star Letter. Algumas cartas recebem respostas curtas.
A seção de classificados está dividida em: empregos, venda, corações solitários. A parte de nascimentos e falecimentos também é publicada nesta página.
No Profeta também existe a seção de Problemas, onde experts em diversos assuntos respondem as cartas com perguntas variadas, que podem ser, consultas médicas, problemas emocionais, problemas legais e qualquer outra dificuldade do dia a dia do mundo mágico.
Ocasionalmente se encontra no jornal, palavras cruzadas difíceis.

Funcionários conhecidos do Profeta DiárioEditar

Algumas manchetes do Profeta DiárioEditar

  • O Caso Gringotes
  • Inquérito no Ministério da Magia
  • Funcionário do Ministério da Magia ganha Grande Prêmio
  • Black ainda Foragido
  • Ford Anglia voador intriga Trouxas
  • Sirius Black escapa de Azkaban
  • Cenas de terror na Copa do Mundo de Quadribol
  • Novos erros no Ministério da Magia
  • Harry Potter e o Torneio Tribruxo
  • O romance secreto de Harry Potter
  • O maior erro de Dumbledore
  • Doença misteriosa de Bartolomeu Crouch
  • Bruxa do Ministério continua desaparecida - O Ministério da Magia está pessoalmente envolvido
  • Harry Potter "Perturbado e Perigoso"
  • Invasão no Ministério
  • Ministério quer reforma na educação: Dolores Umbridge nomeada Primeira Alta Inquisidora da História
  • Fuga em massa de Azkaban: Ministério teme que Black seja o "ponto de reunião" para antigos Comensais da Morte
  • Morte trágica de funcionário do Ministério da Magia
  • Retorna Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado
  • A última tentativa de Você-Sabe-Quem para assumir o poder
  • O que o ministro devia ter nos dito
  • Por que ninguém deu ouvidos a Alvo Dumbledore
  • Entrevista exclusiva com Harry Potter (comprada do Pasquim)
  • Harry Potter: Será ele o Eleito?
  • Scrimgeour substitui Fudge
  • Ministro garante a segurança dos estudantes
  • Preso condutor do Nôitibus Andante
  • Stanislau Shunpike detido (matéria do Profeta Vespertino, não foi dada a manchete)
  • As verdades e mentiras de Dumbledore
  • Em Memória de Alvo Dumbledore

Ligações externasEditar