Abrir menu principal
Prolactinoma
Hipófise na sela turca
Especialidade oncologia
Classificação e recursos externos
CID-10 D35.2
CID-9 253.1
ICD-O: M8271/0
OMIM 600634
DiseasesDB 10735
MedlinePlus 000336
eMedicine med/1915
MeSH D015175
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Prolactinoma é um tumor benigno glandular (adenoma) da hipófise(glândula pituitária), que produz prolactina. É o tipo de tumor mais frequente na hipófise. mais frequente em mulheres em idade fértil. Causa infertilidade e disfunção sexual em homens e mulheres.[1]

Sinais e sintomasEditar

Os altos níveis de prolactina causam[2]:

Esse tumor pode causar perda da visão periférica (Bitemporal hemianopsia) quando cresce muito e comprime o quiasma óptico(por onde cruzam os nervos ópticos).

TratamentoEditar

O tratamento medicamentoso é feito cabergolina, um agonista dopaminérgico com boa eficácia e tolerabilidade. É a causa mais comum de hiperprolactinemia(excesso de prolactina).[3]

ReferênciasEditar

  1. Glezer A, Bronstein MD (2015). "Prolactinomas". Endocrinol Metab Clin North Am. 44: 71–78. doi:10.1016/j.ecl.2014.11.003. PMID 25732643.
  2. Baltzar MT, Anholm C, Petersen CD (June 2012). "[Hyperprolactin as cause of hypoactive sexual desire in men]". Ugeskrift for Lægerer. 174 (25): 1745–6. PMID 22713225.
  3. Glezer, Andrea; Marcello D. «Prolactinomas». Endocrinology and Metabolism Clinics of North America. 44 (1): 71–78. doi:10.1016/j.ecl.2014.11.003