Prosper Jolyot de Crébillon

Prosper Jolyot de Crébillon (Dijon, 13 de janeiro de 1674 - Paris, 17 de junho de 1762) foi um poeta trágico francês.

Prosper Jolyot de Crébillon
Nascimento 13 de janeiro de 1674
Dijon
Morte 17 de junho de 1762 (88 anos)
Paris
Cidadania França
Filho(s) Claude-Prosper Jolyot de Crébillon
Alma mater
Ocupação poeta, dramaturgo, escritor
Prêmios
  • rue Crébillon
  • rue Crébillon

Formou-se em direito em Dijon e a seguir empregou-se com um procurador parisiense que o incentivou a escrever. Sua primeira peça, a tragédia La Mort des Enfants de Brutus, foi um fracasso. Idimenée, de 1705 teve um pouco mais de sucesso e com Atrée et Thyeste, de 1707, Crébillon firmou sua inclinação para o terror, que seria sua caracterísitca. Em 1711 escreveu Rhadamiste et Zénobie, considerada sua melhor obra e que teve êxito até a época romântica. Em 1714 escreveu Xerxés, mas a obra não teve uma repercussão maior. Em vista disso, o poeta isolou-se da sociedade por nove anos. Inesperadamente, foi eleito para a Academia Francesa.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Prosper Jolyot de Crébillon
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.