Protomártir

artigo de lista da Wikimedia
O apedrejamento de Santo Estêvão.
1603-4. Por Annibale Carracci, atualmente no Museu do Louvre.

Protomártir (em grego: πρότος, prótos - "primeiro" + μάρτυρας, mártyras - "mártir") é um termo utilizado para designar o primeiro mártir cristão em um determinado país. Alternativamente, se utilizado sem nenhuma outra qualificação, refere-se a Santo Estevão, o primeiro mártir da igreja cristã, ou a Santa Tecla, a primeira mulher martirizada [1].

Todos os anos, no dia 30 de Junho, a Igreja Católica celebra a memória dos "Santos Protomártires" que, ano de 64, foram apresentados como culpados do "Grande incêndio de Roma" pelo imperador Nero que não quis se dar por culpado e os culpou para sair ilibado, servindo os seus interesses políticos. Entre os mártires mais ilustres estavam São Pedro e São Paulo[2].

Protomártires por regiãoEditar

ÁfricaEditar

ÁsiaEditar

EuropaEditar

América do NorteEditar

América do SulEditar

OceaniaEditar

Referências

Ver tambémEditar

Notas

  1. Executados em 1558, podem ser considerados os primeiros mártires cristãos em terras brasileiras, tendo sido mortos por confessar o Evangelho. Entretanto, não podem ser considerados santos no sentido católico do termo, já que eram protestantes calvinistas.