Abrir menu principal

Wikipédia β

Protosebasto (em grego: πρωτοσέβαστος; transl.: prōtosebastos , lit. "primeiro sebasto") foi um alto título cortesão bizantino criado pelo imperador Aleixo I Comneno (r. 1081–1118).

Índice

HistóriaEditar

Embora o título apareça pela primeira vez em um documento de 1049, onde Domênico I Contarini, o doge de Veneza, usa-o junto com o título de patrício para referir-se a si mesmo, é comumente aceito que foi criado pelo imperador Aleixo I.[1] Foi primeiro conferido a seu irmão Adriano,[2] enquanto outro titular precoce, seu cunhado Miguel Taronita, foi logo elevado ao título ainda mais elevado de panipersebasto.[1] Foi também conferido a Sérgio VI de Nápoles e seu filho, João VI, aproximada na mesma época.[3] Mais tarde, durante o século XII, foi concedido a parentes próximos do imperador, como os filhos de um sebastocrator. No período Paleólogo foi conferido a importantes famílias aristocráticas, como a Tarcaniota, a Raul, etc.[1]

O Livro dos Ofícios de Pseudo-Codino, escrito após meados do século XIV, coloca o protosebasto na décima terceira posição na hierarquia geral após o imperador, entre o grande logóteta e o pincerna.[4] Suas vestimentas cerimoniais compreendiam um chapéu esciádio verde-dourado com bordados de seda, ou um escarânico abobadado numa cor damasco avermelhada decorado com bordado de fios de ouro, com uma representação de vidro pintado do imperador de pé na frente e entronado no verso. Uma rica túnica cabádio de seda também foi utilizada.[5]

Titulares notáveisEditar

Referências

  1. a b c Kazhdan 1991, p. 1747–1748.
  2. Magdalino 2002, p. 181.
  3. von Falkenhausen 2007, p. 107.
  4. Verpeaux 1966, p. 137.
  5. Verpeaux 1966, p. 155.

BibliografiaEditar

  • Kazhdan, Alexander Petrovich (1991). The Oxford Dictionary of Byzantium. Nova Iorque e Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-504652-8 
  • Magdalino, Paul (2002). The Empire of Manuel I Komnenos, 1143–1180. Filadélfia: Cambridge University Press. ISBN 0-521-52653-1 
  • Verpeaux, Jean (1966). Pseudo-Kodinos, Traité des Offices. Paris: Éditions du Centre National de la Recherche Scientifique 
  • von Falkenhausen, Vera (2007). «Proceedings of the British Academy». The South Italian Sources. 132