Província Autônoma da Bósnia Ocidental


Autonomna Pokrajina Zapadna Bosna
Província Autônoma da Bósnia Ocidental
Flag of SFR Yugoslavia.svg
1993 – 1995 Flag of Bosnia and Herzegovina (1992-1998).svg
Localização de Bósnia Ocidental
Continente Europa
Região Balcãs
Capital Velika Kladuša
Governo Província Autônoma
Governador (1993-1995) Fikret Abdić
História
 • 27 de setembro de 1993 Fundação
 • 7 de agosto de 1995 Dissolução

Província Autônoma da Bósnia Ocidental (em bósnio, croata e sérvio: Autonomna Pokrajina Zapadno, Bosna Аутономна Босна Покрајина Западна) foi uma pequena entidade não reconhecida localizada no noroeste da Bósnia e Herzegovina e composta pela capital e cidade principal Velika Kladuša assim como algumas cidades vizinhas. Surgida em 1993 como resultado das políticas implementadas pelo separatista Fikret Abdić contra o governo central bósnio de Alija Izetbegovic durante a Guerra da Bósnia. Por um curto período de tempo em 1995, ficou conhecida como República da Bósnia Ocidental.

Mapa da Iugoslávia durante a guerra, em 1993, mostrando a localização da Bósnia Ocidental

ResultadoEditar

O território da Bósnia Ocidental foi incorporado à Federação da Bósnia e Herzegovina, no atual Cantão de Una-Sana. Abdić, que mantinha relações amistosas com o então presidente croata Franjo Tuđman, havia adquirido a cidadania croata e morado na Croácia no exílio. Após a morte de Tuđman em dezembro de 1999 e a derrota da União Democrática Croata nas eleições croatas de 2000, Abdić foi preso e condenado por crimes de guerra contra bósnios civis leais à República da Bósnia e Herzegovina. O julgamento ocorreu na Croácia, onde Abdić foi condenado a cumprir 20 anos de prisão em 2002. Em 9 de março de 2012, ele foi libertado depois de cumprir dois terços da pena reduzida. [1] Em 2016, os cidadãos de Velika Kladusa o elegeram prefeito. [2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Bosnian Warlord Freed From Croatian Jail After Serving War-Crimes Sentence». Radio Free Europe/Radio Liberty. 9 de março de 2012 
  2. «War’s legacy and looming elections shape Bosnia’s response to migrants». www.irishtimes.com. Consultado em 24 de janeiro de 2019