Província da Alta Silésia

   |- style="font-size: 85%;"
       | Erro::  valor não especificado para "continente"


Provinz Oberschlesien
Província da Alta Silésia

Província da Prússia

Flagge Preußen - Provinz Schlesien.svg
1919–1938
1941–1945
POL województwo opolskie flag.svg
 
POL województwo śląskie flag.svg
 
Flag of the Czech Republic.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Alta Silésia
Alta Silésia (vermelho)
dentro do Estado Livre da Prússia (amarelo).
Capital Oppeln (1919–1938)
Kattowitz (1941–1945)
Governo Não especificado
História
 • 1919 Fundação
 • 1938–1941 Fusão com a Baixa Silésia
 • 1945 Dissolução
Área
 • 1925 9 702 km2
População
 • 1925 est. 1 379 408 
     Dens. pop. 142,2 hab./km²
Atualmente parte de  Polónia
 Chéquia

A Província da Alta Silésia (em alemão: Provinz Oberschlesien; em alemão silesiano: Provinz Oberschläsing; silesiano: Prowincyjŏ Gōrny Ślōnsk; em polonês: Prowincja Górny Śląsk) foi uma província do Estado Livre da Prússia de 1919 a 1945. Ela compreendia grande parte da região da Alta Silésia e foi dividida em duas regiões governamentais (Regierungsbezirke), chamadas Kattowitz (1939–1945), e Oppeln (1819–1945). A capital da província era Oppeln (1919–1938) e Kattowitz (1941–1945), enquanto outras cidades importantes incluíam Beuthen, Gleiwitz, Hindenburg O.S., Neiße, Ratibor e Auschwitz, adicionadas em 1941 (o local do futuro extermínio de judeus na Segunda Guerra Mundial).[1] Entre 1938 e 1941, foi reunida com a Baixa Silésia como a Província da Silésia.

Referências

  1. Dwork, Debórah; van Pelt, Robert Jan (2002). Auschwitz. New York: Norton. ISBN 0-393-32291-2.