Pulmonoscorpius

(Redirecionado de Pulmonoscorpius kirktonensis)

Pulmonoscorpius kirktonensis é uma espécie de escorpião gigante extinto,[1] que viveu durante a época Viseano do Carbonífero. Seus fósseis foram encontrados em East Kirkton, West Lothian, na Escócia. Em vida, esta espécie crescia até 70 cm de comprimento.[2]

Como ler uma infocaixa de taxonomiaPulmonoscorpius
Ocorrência: Viseano
20210116 Pulmonoscorpius kirktonensis.png
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Arachnida
Ordem: Scorpiones
Família: †Centromachidae
Género: Pulmonoscorpius
Jeram, 1994
Espécie-tipo
P. kirktonensis
Jeram, 1994

A dieta do Pulmonoscorpius não é conhecida, mas artrópodes podem ter se formado parte de sua dieta, e sua picada pode ter sido capaz de derrubar pequenos tetrápodes.[3]

Referências

  1. Andrew J. Jeram (1998). «Phylogeny, classification and evolution of Silurian and Devonian scorpions». In: Paul A. Selden. Proceedings of the 17th European Colloquium of Arachnology, Edinburgh 1997 (PDF). [S.l.]: British Arachnological Society. pp. 17–31. ISBN 0-9500093-2-6. Consultado em 7 de outubro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 25 de julho de 2011 
  2. N. Scott Rugh. «Fossil Insects and Crustaceans. Armored beasts in the San Diego Natural History Museum's Paleontology Collection». San Diego Natural History Museum. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  3. Jennifer A. Clack (2002). «East Kirkton and the roots of the modern family tree». Gaining Ground: the Origin and Evolution of Tetrapods. Col: Life of the past. [S.l.]: Indiana University Press. pp. 212–233. ISBN 978-0-253-34054-2 

Ligações externasEditar