Puskás Akadémia FC

O Puskás Ferenc Labdarugó Akadémia, comumente conhecido por Puskás Akadémia FC ou simplesmente Puskás Akadémia, é um clube de futebol sediado em Felcsút, na Hungria, que disputa o Campeonato Húngaro de Futebol, a primeira divisão do futebol húngaro .

O Puskás Akadémia já está há cinco temporadas na primeira divisão do sistema do campeonato húngaro de futebol e chegou à final da Copa da Hungria 2017-18 .

HistóriaEditar

O objetivo dos fundadores é estabelecer uma academia para Videoton e estabelecer um memorial apropriado para o ex-jogador nacional húngaro Ferenc Puskás .

Na 30ª rodada da temporada 2015–16, Robert Jarni foi demitido devido à derrota frente ao Békéscsaba 1912 Elöre na Pancho Aréna, em 16 de abril de 2016, resultando na última posição do Puskás Akadémia e rebaixamento pela primeira vez na temporada.[1]

No dia 22 de dezembro de 2016, Attila Pintér foi contratado como treinador do clube. Pintér deixou o Mezőkövesdi SE, disputando na temporada 2016–17, pelo Puskás Akadémia.[2]

Em 21 de maio de 2017, o Puskás Akadémia venceu o Campeonato Húngaro da Segunda Divisão na temporada 2016–17, após um empate sem gols com o Ceglédi VSE, em Albertirsa . Como consequência, o Puskás Akadémia foi promovido para o Campeonato Húngaro de Futebol de 2017-18. O time conseguiu voltar à primeira divisão depois de passar apenas um ano na segunda.[3][4]

Em 12 de junho de 2017, András Komjáti, ex-gerente do Vasas SC, foi nomeado diretor do clube.[5]

Antes do início do Campeonato Húngaro de Futebol de 2017-18, o Puskás Akadémia assinou com Molnár, do Mezőkövesd [6] e Radó, do Ferencváros [7], tornando-se assim o terceiro time mais valioso na temporada 2017-18 do campeoanto.[8]

Em 4 de junho de 2018, Pintér foi demitido após terminar em 6º no Campeonato Húngaro de Futebol de 2017-18.[9] Vndo para o seu lugar Miklos Benczés.

Em 8 de dezembro de 2018, após um empate em 1-1 frente ao Paksi FC, Benczés foi demitido devido aos resultados negativos. O clube terminou em 9º antes da parada de inverno. Por isso, András Komjáti seria o treinador interino na última rodada do certame.[10]

Em 29 de dezembro de 2018, János Radoki, que nasceu em Mór, foi nomeado gerente do clube. Radoki atuou como jogador em 25 partidas na Bundesliga de 1999-2000 pelo SSV Ulm. Ele gerenciou a equipe sub-17 do FC Augsburg e a equipe Sub-19 do Greuther Fuerth.[11] A 7 de abril de 2019, Radoki foi substituído por András Komjáti, após uma derrota chocante (0-4) em casa frente ao Kisvárda FC .[12]

HonrariasEditar

Equipes juvenisEditar

TreinadoresEditar


Referências