Quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022

O quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 é uma lista que classifica os Comitês Olímpicos Nacionais de acordo com o número de medalhas conquistadas nos Jogos realizados em Pequim, na China. Foram disputadas 109 finais em 15 disciplinas de sete esportes.[1]

Oleksandr Abramenko (Ucrânia, prata), Qi Guangpu (China, ouro) e Ilya Burov (ROC, bronze) com as medalhas conquistadas no aerials masculino do esqui estilo livre.

A primeira medalha de ouro foi conquistada pela norueguesa Therese Johaug na prova dos 15 km de skiathlon do esqui cross-country. Natalya Nepryayeva, representando os atletas do Comitê Olímpico Russo, e a austríaca Teresa Stadlober, conquistaram as medalhas de prata e bronze, respectivamente.[2]

A Noruega foi a nação mais bem sucedida, tanto em termos de medalhas de ouro (16) quanto de medalhas totais (37). Ao conquistar sua 15ª medalha de ouro, quebrou o recorde de mais ouros em uma única edição de Jogos Olímpicos de Inverno, batendo o próprio recorde junto com a Alemanha, em 2018, e do Canadá em 2010 (todos com 14).[3]

Com nove medalhas de ouro e quinze medalhas no total, a anfitriã China conseguiu seu melhor desempenho em Jogos Olímpicos de Inverno finalizando pela primeira vez na terceira colocação.[4] A Nova Zelândia conquistou sua primeira medalha de ouro em uma edição de inverno com a snowboarder Zoi Sadowski-Synnott no slopestyle feminino,[5] enquanto Bart Swings conquistou a segunda medalha de ouro da Bélgica na história, a primeira desde 1948, na prova da largada coletiva da patinação de velocidade.[6]

O quadroEditar

O quadro de medalhas está classificado de acordo com o número de medalhas de ouro, estando as medalhas de prata e bronze como critérios de desempate em caso de países com o mesmo número de ouros. O Comitê Olímpico Internacional não reconhece a existência de um quadro de medalhas, alegando que isso cria uma competição entre os países, o que não é o objetivo dos Jogos.[7]

     País sede destacado.
Atualizado em 05h 30min de 23 de fevereiro de 2022 (UTC)
 Ordem  País        
1  NOR Noruega 16 8 13 37
2  GER Alemanha 12 10 5 27
3  CHN China 9 4 2 15
4  USA Estados Unidos 8 10 7 25
5  SWE Suécia 8 5 5 18
6  NED Países Baixos 8 5 4 17
7  AUT Áustria 7 7 4 18
8  SUI Suíça 7 2 5 14
9  ROC ROC 6 12 14 32
10  FRA França 5 7 2 14
11  CAN Canadá 4 8 14 26
12  JPN Japão 3 6 9 18
13  ITA Itália 2 7 8 17
14  KOR Coreia do Sul 2 5 2 9
15  SLO Eslovênia 2 3 2 7
16  FIN Finlândia 2 2 4 8
17  NZL Nova Zelândia 2 1   3
18  AUS Austrália 1 2 1 4
19  GBR Grã-Bretanha 1 1   2
20  HUN Hungria 1   2 3
21  BEL Bélgica 1   1 2
 CZE República Checa 1   1 2
 SVK Eslováquia 1   1 2
24  BLR Bielorrússia   2   2
25  ESP Espanha   1   1
 UKR Ucrânia   1   1
27  EST Estônia     1 1
 LAT Letônia     1 1
 POL Polônia     1 1
TOTAL 109 109 109 327

Referências

  1. «Athletes to compete in 109 events of 7 sports at Beijing Winter Olympics» (em inglês). Helsinki Times. 18 de dezembro de 2021. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  2. «Therese Johaug conquista o primeiro ouro das Olimpíadas de Pequim». Ge.globo. 5 de fevereiro de 2022. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  3. «Winter Olympics: Norway make history with 15th gold medal in Beijing» (em inglês). Yahoo!. 18 de fevereiro de 2022. Consultado em 21 de fevereiro de 2022 
  4. «The Olympics was a success inside China. And that's the audience Beijing cares about» (em inglês). CNN. 20 de fevereiro de 2022. Consultado em 21 de fevereiro de 2022 
  5. «Snowboarder amante de skate e surfe leva 1º ouro da Nova Zelândia em Olimpíadas de Inverno». Ge.globo. 6 de fevereiro de 2022. Consultado em 21 de fevereiro de 2022 
  6. «Alerta de medalha: Bart Swings vence ouro na saída em massa em Beijing 2022». Olympics.com. 19 de fevereiro de 2022. Consultado em 21 de fevereiro de 2022 
  7. «A Medal Count That Adds Up To Little» (em inglês). The New York Times. 18 de agosto de 2008. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 

Ligações externasEditar